Whatsapp e a conexão instantânea

De atendimento a dúvidas cotidianas até serviço de personal sommelier, whatsapp mostra sua força em ações diferenciadas de empresas

0

Pesquisa inédita da agência nova/sb indica que o whatsapp lidera o ranking de assuntos mais populares entre os brasileiros neste ano; sendo a primeira opção de uso de aplicativo para comunicação. Dos quase 7.500 entrevistados, 73% admite que o utiliza o dia todo. O motivo é a rapidez na comunicação (33%), a economia na conta do celular (19%) e facilidade de falar com várias pessoas ao mesmo tempo (17%). Além de serem usuários frequentes do whatsapp, 79% dos brasileiros recomendam o uso para amigos e familiares.
“Os brasileiros já mostraram ao mundo que são apaixonados por se comunicar e compartilhar experiências, vide a nossa liderança em várias redes sociais. E o whatsapp não é mais apenas um aplicativo; tornou-se quase um serviço essencial para facilitar a vida nas cidades. Portanto, a decisão de bloquear o whatsapp só poderia dar nisso, mais gente falando sobre o aplicativo. Hoje, ele faz parte da vida do brasileiro, popularizou-se e integrou as relações sociais também no trabalho. Além disso, o consumidor do país está mais atento às possibilidades de economia, sobretudo em momento de crise. Ou seja, ninguém quer abrir mão do direito conquistado de falar com mais gente de forma quase gratuita”, destaca Bob Vieira da Costa, sócio fundador da agência nova/sb e autor do livro ‘Comunicação de interesse público – ideias que movem pessoas e fazem um mundo melhor’.

Whatsapp
“Os brasileiros já mostraram ao mundo que são apaixonados por se comunicar e compartilhar experiências, vide a nossa liderança em várias redes sociais. E o whatsapp não é mais apenas um aplicativo; tornou-se quase um serviço essencial para facilitar a vida nas cidades”, destaca Bob Vieira da Costa, sócio fundador da agência nova/sb e autor do livro ‘Comunicação de interesse público – ideias que movem pessoas e fazem um mundo melhor’

Para essa pesquisa, o índice Popsynergy da nova/sb teve fases qualitativas, com grupos focais, e depois quantitativas em entrevistas online com pessoas acima de 18 anos, moradoras das cinco regiões do país.

Estratégias de consumo presente no ranking

Depois do whatsapp, em segundo lugar entre os temas mais populares medidos pelo índice popsynergy estão os aplicativos de táxi e depois o Waze (3o.). Em um ano de crise econômica, o brasileiro também se interessou por assuntos que estão diretamente relacionados a estratégias de consumo: compras de mês (4o.), pontos/milhas (5o), comércio por dispositivos móveis (6o.), comparadores de preços (8o.) e crédito em banco (14o.).

“Em parceria com uma equipe de acadêmicos internacionais e o instituto Ilumeo, criamos uma metodologia de direcionamento de marketing. Estes achados através de estatísticas conferem um caráter científico, e não mais empírico ou intuitivo, para a tomada de decisões. Agora os números demonstram para a gente como pensam os brasileiros e quais são as tendências”, explica Sérgio Silva, diretor de Planejamento da nova/sb e professor de graduação e pós-graduação na FAAP e ESPM, em São Paulo.

Metodologia – Na primeira etapa, entrevistas com 60 grupos focais definiram 18 temas mais populares entre os brasileiros em 2015, segundo critérios de informação, importância e impacto. Em seguida, foram feitas entrevistas com quase 7.500 pessoas, acima de 18 anos, distribuídas no Sudeste (45%), Nordeste (20%), Norte e Centro-Oeste (20%) e Sul (15%).

Índice popsynergy – Criado pela agência nova/sb, mede popularidade de comportamentos, temas de opinião pública, causas, marcas, instituições, produtos e negócios. Foram dois anos de trabalho para desenvolver este índice, reunindo 22 especialistas de universidades do Brasil, Reino Unido, Portugal e Espanha. Ranking completo:1. Whatsapp. 2. Aplicativo de táxi. 3.Waze. 4. Compras de Mês. 5. Pontos / milhas. 6. Comércio por dispositivos móveis. 7. Combate à Homofobia. 8. Comparadores de Preços. 9. Ciclofaixas. 10. Faixas Exclusivas. 11. Marcas Próprias. 12. Educação Formal. 13. Consumo de álcool por menores de idade. 14. Crédito em Banco. 15. Descriminalização da maconha. 16. Ampliação de rodízio de carro. 17. Pedágio urbano. 18. Economia de água nova/sb – tradição em  Comunicação de Interesse Público  – Está entre as maiores agências de publicidade do país, sendo 100% nacional. Conta com escritórios completos em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Até hoje é a única agência brasileira convidada pela OMS para participar de suas concorrências e a escolhida pela OIT para a campanha mundial ’50 For Freedom’. Acaba de lançar o projeto  ComunicaQueMuda, que segue a tradição pioneira da nova/sb de se posicionar diante de temas de interesse público. Para saber mais sobre a agência, visite site.

Vinho Marques de Casa Concha, da vinícola Concha y Toro, lançou serviço de Personal Sommelier via WhatsApp. Ação esclareceu dúvidas de consumidores sobre o universo dos vinhos.

Cada vez mais, os brasileiros estão bebendo vinhos. Espera-se que até 2018, o consumo passe dos atuais 2 litros per capita, por ano, para até 3 litros. Hoje, o Chile é a origem de importação preferida dos apreciadores da bebida (52%) e a Concha y Toro, a maior vinícola chilena do mundo, é líder desse mercado, com 28% de participação do total de vinhos importados consumidos no Brasil. Pensando na crescente popularidade da bebida, a Concha y Toro, lançou, no dia 20  de  novembro do ano passado, o serviço exclusivo de Personal Sommelier via WhatsApp. A ação terminou no dia 20 de dezembro.

O projeto disponibilizou um sommelier para esclarecer qualquer dúvida sobre vinho, indicando as melhores combinações, formas de consumo, onde comprar, como consumir e as demais dúvidas dos consumidores de São Paulo, Curitiba, Florianópolis e Rio de Janeiro.
Na mesa brasileira, Cabernet Sauvignon e Merlot são os campeões nas variedades de vinho tinto, já o Chardonnay e o Sauvignon Blanc são os preferidos nas versões de vinho branco. Quem bebe vinho sabe a potência, elegância, maciez e frescor que a bebida pode trazer a uma refeição e ocasião. Porém, dúvidas como armazenamento, consumo, safras e harmonia norteiam a cabeça dos consumidores que querem ter uma refeição perfeita.

A ação digital de Marques de Casa Concha contou com sommeliers formados pela ABS (Associação Brasileira de Sommeliers) com larga experiência no mundo do vinho, prestando consultorias, palestras e eventos com o objetivo de compartilhar o conhecimento sobre a bebida.

O projeto Personal Sommelier Marques de Casa Concha contou com especialistas para responder as dúvidas de seus consumidores até o dia 20 de dezembro de 2015, de quarta a sábado, das 12h às 23h, e aos domingos das 10h às 18h.

“Esta iniciativa reforça a preocupação da Concha y Toro com os consumidores e permite ajudá-los a entender que ‘complexo mundo do vinho’ é mais fácil do que parece. Queremos compartilhar com os consumidores a expertise adquirida nesta trajetória de mais de 130 anos com vinhos. A bebida é peça-chave para tornar uma refeição completa o qualquer encontro muito mais agradável. Poder fazer parte deste momento, auxiliando os clientes e dividindo o conhecimento que temos, é motivo de orgulho para nossa marca“, diz Francisco Torres, diretor comercial da Concha y Toro.

Para todas as horas

Marques de Casa Concha faz parte do portfólio Super Premium da Concha y Toro. A linha, lançada em 1970, é uma das mais famosas e tradicionais da empresa e apresenta rótulos que expressam o caráter e nobreza das cepas chilenas. Seus vinhos vêm dos vinhedos mais antigos da Viña Concha y Toro, como Pirque e Peumo, e seu enólogo é o premiado Marcelo Papa, que busca desenvolver produtos com personalidade e fieis à origem. Desta forma, sempre é reconhecido por pontuações altíssimas em revistas do segmento.

“Além de toda tradição, a linha Marques de Casa Concha se manteve contemporânea, utilizando os mais modernos métodos de produção e pesquisas disponíveis no mercado vitivinícola. Isso nos ajuda a atender a uma demanda de clientes cada vez mais exigentes e que buscam mais informação. A tecnologia é a nossa aliada”, diz Michele Carvalho, gerente de marca da Concha y Toro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

oito + 5 =