Vodca brasileira tenta vencer o preconceito e produzir uma bebida premium

0

A Kalvelage, uma marca de vodca brasileira com proposta de oferecer uma bebida premium, teve dificuldade ao lançar seu produto. A marca foi lançada em novembro do ano passado e, como é conhecida como uma bebida tipicamente russa, causou desconfiança do público.

A ideia de produzir a bebida veio de uma brincadeira entre os irmãos Marcos e Maurício Kalvelage. “ Sempre gostamos muito de vodca, mas não achávamos uma que agradasse no mercado nacional e acabávamos caindo nas importadas. Por isso a gente falava: quando aposentar, vamos fabricar a nossa própria vodca”, disse Marcos.

Mas, o que era uma brincadeira começou a ser levado a sério durante um projeto de MBA de Marcos. “Vimos que não precisava se aposentar, que podia virar um negócio”, conta. As pesquisas sobre o tema e a formatação da empresa duraram aproximadamente quatro anos até o lançamento da marca, com o nome inspirado no sobrenome da família. “Não existe comprovação escrita, mas a história que minha avó contava era que Kalvelage era um clã viking do norte da Alemanha” afirma.

Para se consolidar como uma vodca premium fabricada no Brasil, a empresa promove degustações e participa de concursos. Em novembro, ela recebeu a medalha de prata no Hong Kong Internation Wine and Spirits Competition. A bebida já havia sido premiada durante o San Francisco World Spirits Competition.

Para o próximo ano, Marcos continua otimista. “Estamos começando a quebrar o preconceito e temos uma previsão de crescimento constante”. Atualmente a Kalvelage comercializa seus produtos pela internet e também trabalha com distribuidores na Bahia, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Santa Catarina. A previsão é que em 2015 a marca chegue em São Paulo, Ceará, Paraíba e Pernambuco.

Fonte: Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dez + um =