A vez do camarão

Ingrediente ganha destaque em restaurantes e contribui para movimentação do setor

0

Um dos pescados mais famosos do Brasil, o camarão ficou ainda mais acessível aos consumidores. A demanda crescente por esse produto tem tornado-o acessível e feito com que muitas empresas invistam em tipos específicos de negócios com esse ingrediente.

Os restaurantes especializados em frutos do mar se tornaram mais comuns dentro do mercado de alimentação e têm apostado em ações para continuar crescendo. Promoções e pratos assinados por chefs são alguns dos projetos que viabilizam o ingrediente na rotina dos brasileiros.

Além de restaurantes especializados em camarão, quiosques e ambulantes próximos à praia já movimentavam o setor de alimentação. Não é de hoje que o famoso “espetinho de camarão” já fazia sucesso com os visitantes e deu ideia para que outros negócios surgissem.
Esses números começaram a crescer com uma maior abertura de brasileiros para comidas derivadas de camarão. Agora, esse produto vai além das praias e chega às praças de alimentação das grandes cidades.

camarãoElaborados

A Vivenda do Camarão tem mais de 170 unidades espalhadas pelo Brasil e uma operação no Paraguai. Com pratos elaborados com frutos do mar, a empresa surgiu com o intuito de oferecer qualidade e sofisticação nos pratos, através de preços acessíveis para os consumidores. O destaque da empresa está no camarão, que está presente no nome da empresa.

De acordo com Rodrigo Perri, sócio-diretor da organização, o camarão antes era um ingrediente mais destinado às classes com maior poder aquisitivo, mas isso foi mudando com o tempo. Através da demanda crescente por esse produto, seu valor conseguiu se tornar mais acessível. “Depois de um tempo, o camarão começou a ser um produto mais popular. Hoje podemos notar que o consumo cresceu muito no Brasil”, explica.

Embora a procura por esse produto tenha aumentado, o mercado brasileiro ainda consome
poucos frutos do mar em comparação a outros países. Rodrigo explica que esses fatores refletem no preço e, por isso, esses insumos costumam ter um preço um pouco maior.

Com um cardápio amplo de pratos com camarão, Rodrigo explica que atualmente existem chefs que são responsáveis por desenvolver essas receitas. Alguns petiscos, massas, grelhados e risotos compõem as variedades no portfólio da empresa. Por ser uma das poucas empresas especializadas em camarões e frutos do mar, a diversidade pode fazer a diferença.

Para que o padrão de qualidade se mantenha, a rede de restaurantes conta com parceiros responsáveis pelo fornecimento de camarões. Segundo Rodrigo, existem fazendas próprias para oferecer esses produtos. Porém, a intenção é que no futuro a Vivenda do Camarão tenha sua criação de camarões.

“Por uma questão logística, pretendemos ter o controle de toda a produção da Vivenda. Além disso, queremos ser uma exportadora de camarões 100% naturais”, explica o sócio-diretor.

Para casa

Há algum tempo, a Vivenda do Camarão começou a disponibilizar os produtos para levar para casa. Rodrigo explica que essa decisão foi tomada após vários pedidos dos clientes. Ao consumirem os pratos dentro das unidades, muitas pessoas sentiram a necessidade de ter a matéria-prima em sua cozinha. “A experiência com esses produtos têm sido muito positiva. Os clientes realizam a compra através do site e já consegue visualizar a data e hora agendada para a entrega”, conta.

A Vivenda do Camarão atua também no mercado de food service, através da Great Food, uma fornecedora exclusiva da empresa. O cardápio da empresa contempla mais de 30 produtos semielaborados, embalados e congelados em porções individuais.

A padronização é um dos critérios essenciais para garantir a qualidade dos pratos. A empresa também garante uma rigidez na preparação dos pratos, o que pode resultar na fidelidade dos clientes.

De acordo com a Vivenda do Camarão, outras vantagens oferecidas pela empresa são a rastreabilidade do produto e a garantia de matéria-prima de qualidade.

Empreendedores

A venda de frutos do mar pela internet pode, também, ser uma fonte de recursos para muitos empreendedores. De acordo com a Vivenda do Camarão, a microfranquia é uma opção mais barata, segura e com a credibilidade do nome da marca.

A venda desses produtos através da internet ainda é um negócio pouco explorado no Brasil. No fim de 2015, a Vivenda do Camarão deu início ao projeto e tem alcançado bons resultados. A franqueada pode vender os produtos da marca para o consumidor final e, também, para estabelecimentos de food service e hotéis, que são cerca de 30% mais baratos que os valores tradicionais.

As opções de investimento variam de R$ 27 mil a R$ 69 mil, com prazo de retorno estipulado para aproximadamente 12 meses. O faturamento mensal pode alcançar R$ 100 mil.

Campanha

A Vivenda do Camarão lançou, no mês de maio, uma campanha com o chef Guga Rocha. A proposta permite que os visitantes experimentem os pratos assinados pelo cozinheiro, dentre cinco opções. Intitulada “Sabores do Mundo”, a campanha mostra pratos de cinco países: Noruega, Itália, Portugal, França e Brasil.

O objetivo da empresa é oferecer opções gourmet aos clientes, com ingredientes selecionados, preço acessível e qualidade. “A intenção é agradar todos os públicos e paladares, com iguarias que vão além do tradicional camarão servido no restaurante há mais de três décadas”, conta Vivian Donatelli, gerente de marketing da Vivenda do Camarão. Dentre as opções, camarões empanados ao molho brie e risoto de quatro queijos com camarões são alguns dos pratos propostos.

Outra novidade da marca foi o e-commerce. O portal comercializa a gama de produtos da marca, como camarões in natura e pescados. Além das vendas, a empresa afirma que deverá ser, com o tempo, uma fonte de informações sobre frutos do mar e pescados.

Expansão do camarão

Outra empresa especializada em pratos com frutos do mar é a Camarão & Cia, criada no ano de 1999, com o objetivo de oferecer pratos com alta qualidade, serviço ágil e preço acessível. Esse restaurante faz parte do Grupo Drumattos, que possui experiência com outros empreendimentos de alimentação, como o Camarada Camarão.

Atualmente, são 56 unidades espalhadas pelo Brasil, sendo que a empresa planeja expansão para os próximos anos. A primeira parte dessa ampliação aconteceu em 2002, com a abertura das duas primeiras franquias: uma no Rio de Janeiro e outra no Recife.

No cardápio da empresa encontram-se saladas, crepes, petiscos, estrogonofe, entre outras opções para agradar os clientes. Há pouco tempo, a Camarão & Cia lançou uma promoção para valorizar os pratos da marca e oferecer preços mais acessíveis aos clientes. São quatro receitas que têm como característica principal o uso de camarão nas receitas.

A marca explicou, em sua página virtual, que os preços dos pratos variam de acordo com as regiões e o shopping onde estão instaladas as unidades da empresa. Porém, esses preços são menores do que o cardápio fixo.

Consumo

De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), o consumo mundial de camarões alcançou a marca de 170,3 milhões de toneladas em 2014, movimentando US$ 600 bilhões. As exportações chegam a US$ 140 bilhões todos os anos.

O camarão também chama a atenção por seu potencial nutritivo, com baixo teor de gordura e fonte de Selênio, que neutraliza os radicais livres, que causam câncer e outras doenças degenerativas. O camarão tem Vitamina D, Vitamina B12 e Ômega 3.

Festividades

O Festival do Camarão chegou a sua 21ª edição neste ano, com 42 restaurantes participantes. O evento é organizado pela Associação Comercial e Empresarial de Ilhabela (ACEI) e movimenta o setor turístico da região.

Neste ano, o evento contou com a presença do Chef Erick Jacquin, além do concurso Chef Amador, Cozinha Caiçara e Cozinha Amador. O Festival do Camarão também teve muita música ao vivo com artistas. Os estabelecimentos participantes têm receitas assinadas com preços promocionais a partir de R$ 8.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois + 6 =