Vendas em restaurantes cresceram até 5% em março

0

Por Redação FSN – 11 de abril de 2014

Segundo a Associação Nacional de Restaurantes (ANR), as vendas do setor cresceram entre 3% e 5 % em março em relação ao mesmo período de 2013.

O presidente da associação, Cristiano Melles, garante que esse aumento foi impulsionado pelo crescimento no número de pontos de venda. “Se formos comparar as vendas pelo conceito ‘mesmas lojas’, o faturamento mostrou-se estável em 2013. A abertura de novas unidades é que trouxe aumento da receita, mas a rentabilidade do negócio não está caminhando no mesmo ritmo”, explica.

Ainda de acordo com Melles, os restaurantes optaram por manter os preços nos primeiros meses de 2014, mas que, aos pouco, haverá reajuste. O presidente da ANR é sócio da rede de churrascarias Pobre Juan que, segundo ele, teve o último reajuste há 12 meses.

Na Fogo de Chão, rede com 10 churrascarias no Brasil, por exemplo, o preço do rodízio subirá 5%, passando de R$ 108 para R$ 112, sem considerar bebidas e sobremesas.

O setor de alimentação fora do lar, segundo dados do IBGE, acumulou alta de 9,8% entre fevereiro de 2013 e fevereiro deste ano. No mesmo período, a inflação oficial (IPCA) subiu 5,68%.

Para Melles, as empresas do setor precisam se reinventar, buscar maneiras de aumentar a produtividade. O cenário mais provável para o futuro do setor, de acordo com ele, é o de funcionários polivalentes, redução de funcionários no salão para atender aos clientes e mais tecnologia na cozinha.

O setor de restaurantes emprega cerca de seis milhões de pessoas no Brasil e representa cerca de 1,45% do PIB. Considerando-se toda a cadeia, incluindo os atacados que abastecem bares e restaurantes, esse mercado chega a 4% do PIB, segundo cálculos da ANR.

Fonte: Abrasel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove + 1 =