Varejo possui maior queda no consumo desde 2003

0

A queda na renda de brasileiros, a alta nos preços de combustíveis e a desaceleração do crédito são fatores que interferiram na queda do volume de vendas em fevereiro (3,1%), em relação ao mesmo período de 2014. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira (14).

Esse número é o menor já registrado desde agosto de 2003, quando chegou a 5,7%. Outro fator que interferiu foi número de dias úteis, considerando que o carnaval de 2014 aconteceu em março. “É mais um fator que vem complementar os fatores da conjuntura econômica”, afirma Juliana Paiva, gerente de serviços e comércio do IBGE.

Segundo o IBGE, a alta nos preços de combustíveis nos últimos 12 meses foi de 10,2%. No mês de fevereiro, o governo voltou a cobrar o Cide nos combustíveis e reajustou os valores da alíquota de PIS/Confins. Valores da gasolina e do diesel foram aumentados pela Petrobras em novembro. As vendas desses produtos tiveram queda de 10,4% , em comparação a fevereiro de 2014.

Nos últimos 12 meses, terminados em fevereiro, a renda do trabalhador caiu 1,5%. A diferença é grande se lembrarmos que, entre os 12 meses de 2013 a 2014, a alta na rena foi de 4,5%.

Se compararmos esse resultado com o de janeiro, a queda foi apresentada em sete das dez atividades. Dentre os setores, o que apresentou o menor resultado foi veículos, com queda de 5,3%.

Fonte: Economia O TEMPO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 + 20 =