Varejista usará drones em estoques e entregas

0

O varejista Wal-Mart, nos Estados Unidos, afirmou que deve começar a usar drones, em um período de seis a nove meses, para verificar estoques das unidades. A novidade demonstra um passo grande da empresa frente aos concorrentes, através do uso de tecnologias.

O maior varejista do mundo pediu autorização aos reguladores norte-americanos para testar drones em entregas dos produtos aos clientes e verificação de estoques em galpões. Os reguladores nos Estados Unidos estão analisando as regras para comercialização de drones responsáveis pela entrega de compras aos clientes.

Um dos vice-diretores do Wal-Mart, Shakar Natarajan, fez uma demonstração sobre o uso desses drones para jornalistas, em um centro de distribuição da empresa. “Ainda estamos nas fases iniciais de testes e compreensão sobre como os drones podem ser usados da melhor maneira em tipos diferentes de funções de negócios”, relata.

O drone captou 30 quadros de imagem por segundo nos corredores e emitiu alertas sobre os produtos que estavam esgotando no estoque ou armazenados de maneira incorreta. Para o vice-presidente, a ajuda dos drones pode reduzir o trabalho nesses estoques para um dia, já que atualmente são gastos três meses para conferir tudo manualmente.

De acordo com o Wal-Mart, o drone e sua câmera foram produzidos especialmente para a empresa.

Fonte: Folha de S.Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 + 18 =