Unilever promove evento de Política de Fornecimento Responsável para os seus fornecedores e especialistas

Na ocasião, a companhia reiterou a importância da integração dos direitos humanos e a terceirização responsável em seus negócios

0

Presente há 85 anos no Brasil, a Unilever, maior empresa de bens de consumo do país e uma das maiores do mundo, possui um modelo de negócios centrado em sustentabilidade, para garantir o cumprimento de uma meta global ambiciosa: dobrar de tamanho até 2020 reduzindo pela metade a pegada ambiental e aumentando o impacto positivo na sociedade.

Diante deste desafio, a companhia promoveu, em São Paulo, o evento de Política de Fornecimento Responsável para os seus principais fornecedores. “O intuito deste encontro foi apresentar os princípios fundamentais que compõem a base da Política de Compra da Unilever, as perspectivas que a empresa vislumbra para atingir as metas globais do Plano de Sustentabilidade, bem como reforçar a importância da cadeia de fornecedores para o crescimento da companhia de modo responsável”, ressaltou Seref Alptekin, diretor de compras para América da Latina da Unilever, em sua apresentação de abertura.

“A Unilever considera seus fornecedores como parceiros no desenvolvimento de negócios produtivos e responsáveis. Por isso, a companhia é extremamente criteriosa ao escolher os profissionais e empresas que nos atendem e contribuem para o nosso desenvolvimento”, explicou Juan Parada, vice-presidente de Supply Chain para América Latina da Unilever.

Segundo Parada, todas as empresas que negociam com a Unilever devem concordar com a política estabelecida, pois é neste documento que estão definidos quais são as expectativas da empresa sobre práticas comerciais éticas, práticas de emprego e conformidade com requisitos de segurança ambiental e do trabalhador.

Os princípios fundamentais que compõem a base da Política de Compra da Unilever são: negócios conduzidos dentro das leis com integridade; trabalho ser conduzido com base nos termos documentados e acordados livremente; todos os funcionários são tratados igualmente e com respeito e dignidade; o trabalho é realizado voluntariamente; todos os funcionários têm idade apropriada; todos os funcionários recebem salários justos; as horas de trabalho para todos os funcionários são razoáveis; todos os funcionários são livres para exercer seus direitos de formar e/ou se unir aos sindicatos ou deixar de fazê-lo e de negociar coletivamente; a saúde e a segurança dos funcionários são protegidas no trabalho; os funcionários têm acesso a procedimentos e recursos justos; o direito à terra das comunidades, incluindo os povos indígenas será protegido e promovido; e o negócio é conduzido de modo a incorporar a sustentabilidade e reduzir o impacto ambiental.

“Todos nós temos um importante papel a desempenhar. Juntos, podemos e faremos a diferença nas condições de trabalho na nossa cadeia de fornecimento”, finalizou Traci Hampton, diretora de Suplier Excellence da Unilever.

Fonte: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 − 5 =