Todo ano a mesma coisa

0
4

Eu me lembro bem. Era agosto de 1998 e eu, na época, dirigia uma empresa ligada ao ramo supermercadista.

Já fazia alguns anos que me incomodava o fato de, todos os anos neste mesmo mês (setembro/outubro), ter que preparar editorialmente os informativos com parte do conteúdo praticamente abordando sempre os mesmos temas, ligados aos períodos de festas de fim de ano e férias de verão. O primeiro período, de longe, o momento mais importante para as vendas nos supermercados.

Apesar de entender a importância desse período para o varejo alimentar, por que sempre falar praticamente dos mesmos cuidados, dos mesmos processos, das mesmas ações, das mesmas promoções, das mesmas prioridades?

Após alguns ciclos muito parecidos desde 2005, reuni meu Conselho Editorial, formado por gente muito competente e experiente do mercado, e fiz exatamente essa pergunta.

A resposta me marcou bastante e continua válida até hoje, seja para o varejo alimentar, seja para o food service.

Em primeiro lugar, falamos de um mercado marcado por muita operação, muita transação, muita ação de dia a dia. Execução é uma alma do negócio e falhar na operação é a morte.

Outro ponto: a rotatividade de pessoas é muito alta, seja por contratações e demissões, seja por promoções e transferências. Além disso, tanto o supermercado quanto o restaurante são portas de entrada para o primeiro emprego, o que exige treinamento e capacitação constantes.

Só para colocar outro destaque: em ambos os mercados se aplica a frase “retail is detail”, ou “varejo é detalhe”. Mais do que nunca, em termos de competitividade e ênfase na experiência, isso é verdade. Bobear nos detalhes pode colocar a perder tudo de ótimo que se tenta fazer na operação.

Em resumo: o conhecimento é pouco estruturado, os processos são muito dependentes das pessoas e as pessoas são muito voláteis no negócio.

Assim, uma das formas de assegurar a melhor execução é preparar tudo de novo, como se fosse tudo novo, só que sempre.

Pense se isso não é verdade também para o seu negócio. Não diminua a importância que deve dar aos processos, mas não subestime a amnésia que caracteriza a gestão e a operação.

Uma ótima preparação para o período de festas para você também.

Forte abraço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

17 − doze =