Sucesso sem cobertura

0

Nada de pasta americana, glacê, merengue ou ganache. A tendência agora são “bolos pelados”, sem cobertura alguma, que permitem ver todas as camadas e recheios sem serem partidos e apresentam, como toque final, flores e frutas.
Os naked cakes têm sido muito utilizados em eventos como casamentos e aniversários e, além de despertarem vontade de comer, fazem parte da decoração. Bonitos, leves e saborosos, é uma moda que vem para ficar.
Expectativas positivas

A Bunge, empresa que atua nas áreas de agronegócio e logística, açúcar e bioenergia e alimentos e ingredientes, possui em seu portfólio uma linha com 13 sabores de bolos – abacaxi, aipim, banana, baunilha, cenoura, chocolate, coco, fubá, laranja, limão, milho, neutro e pão de ló. “Todos estes itens podem ser usados com ou sem cobertura e o cliente também pode acrescentar ingredientes e incrementar a receita”, diz Elis Regina Nisa, gerente nacional de Marketing e Trade Marketing da Bunge Brasil.
Os produtos da linha Mistura Pré-Mescla de Bolos da empresa já vêm com a correta dosagem de todos os ingredientes para o preparo de bolos, o que gera mais praticidade e rapidez na produção. De acordo com Elis, a linha é diferenciada e se destaca no mercado, devido à qualidade e ao rendimento acima da média.
As misturas para bolos da Bunge são feitas nas fábricas de bolos da empresa. “O processo consiste na adição dos insumos – farinha, açúcar, gorduras etc – aos misturadores, que homogeinizam os ingredientes, e posterior envase em sacos de 5 kg”, explica Elis.

Os principais públicos das misturas de bolo da Bunge são, segundo ela, todos os tipos de padarias – das tradicionais àquelas localizadas dentro de lojas de supermercados. Elis conta, ainda, que a procura por esse produto tem crescido. “A Confeitaria tem crescido no Brasil nos últimos anos e a demanda por bolos acompanha essa tendência”.

Na categoria de produtos para panificação, a Bunge tem crescido nos últimos quatro anos, conforme diz Elis. “A expectativa é crescer ainda mais este ano”, conclui.

Qualidade em primeiro lugar

Com mais de 120 anos de tradição, a Selmi conta com um extenso portfólio que inclui diversos tipos de massas, farinhas especiais, bolos, bolinhos, misturas para bolos, café, queijo ralado, azeite e biscoitos, por meio das marcas Renata e Galo.
De acordo com Marília Raquel Sulinski, Coordenadora de Relacionamento da Selmi, todas as misturas para bolos da empresa são indicadas para o preparo de bolos sem cobertura. “Temos misturas para bolos de diversos sabores, para atender a todos os gostos. Inclusive, pensando na alta procura por produtos saudáveis, o último lançamento da empresa nessa categoria foi a Mistura para Bolo Integral”, diz. Esse produto, conforme ela explica, possui sabor natural, é elaborado com grãos de trigo integrais, que preservam mais vitaminas e minerais do grão, e contém fibras de trigo. “Além disso, é o único no mercado que contém linhaça, substância que auxilia o sistema digestivo e o funcionamento do intestino, contribuindo para a redução do peso”, completa Marília.

As Misturas para Bolos Renata possuem, segundo ela, um grande diferencial quando comparadas às demais. “Mesmo possuindo 50g a menos, rende a mesma quantidade que as concorrentes. A Mistura é elaborada com a tradicional e puríssima Farinha de Trigo Renata, um produto que é amado e muito utilizado por donas de casa de todo o Brasil, no preparo de pães, bolos, tortas e doces a seus familiares”, diz. Além disso, a Selmi preza sempre por qualidade na preparação de todos os seus produtos. “Utilizamos em nossas fábricas equipamentos modernos com tecnologia de ponta e, na elaboração dessas misturas, todos os ingredientes são selecionados, testados e analisados, antes da sua utilização”, completa Marília.

O público-alvo da Selmi inclui consumidores das classes A, B, C, D e E. De acordo com Marília, as Misturas para Bolo Integral são as mais procuradas pelas classes A e B, mas já começam a ter mais presença nas mesas dos brasileiros da classe C também. “Por ser um produto que facilita a vida das pessoas, prático e fácil de fazer, as Misturas para Bolos da Selmi têm uma grande procura por parte dos consumidores. Outro ponto positivo é que é uma receita que nunca vai dar errado”, afirma.

Profissional dos bolos

A cake designer Rosangela Marinho tem uma rotina bastante agitada. Atua em cursos e workshops, nos quais leciona para profissionais e iniciantes; presta serviços e consultoria para a Árcolor, empresa especializada em panificação e confeitaria, na área de confeitaria artística; cria novos projetos e modelos exclusivos de bolos para clientes e eventos; leciona e demonstra técnicas de confeitaria artística em feiras, eventos e congressos no Brasil e exterior e ministra treinamento e consultoria para grupos e empresas do ramo. “Enfim, uma loucura que amo e faço com paixão”, afirma.

Especialista na produção de bolos artísticos com modelagens e bolos esculpidos, Rosangela também fabrica bolos sem cobertura, que exigem diferenças no preparo. “Os naked cakes são bolos que devem ter uma massa perfeita, assada no ponto e retirada da forma sem danos. Os recheios são leves e cremosos. A decoração também é leve, à base de flores e frutas”, explica.

O diferencial dos naked cakes é, de acordo com Ronsagela, a possibilidade de usar massas de pão-de-ló ou algumas bem aeradas, com camadas de recheios mais generosos. Segundo ela, a princípio, os bolos sem cobertura são voltados para adultos, mas têm sido bastante requisitados em casamentos e cerimônias informais. “É uma tendência internacional que chega ao nosso mercado com muita aceitação”, afirma.
Ela diz, ainda, que no segmento de bolos sempre há novidades. “No momento, são os bolos mais elaborados, principalmente os esculpidos sobrepostos com formas variadas em cada andar, chamados torres”.

Foco em panificação

A Dona Benta, marca lançada no final da década de 1970 pela J. Macêdo, é especializada na produção de bolos, farinhas, fermentos, lasanhas, macarrão, macarrão instantâneo, pães e pão de queijo.
De acordo com a empresa, toda a linha de misturas para bolo Dona Benta Profissional – que é composta pelos sabores Chocolate, Laranja, Neutro, Aipim, Milho, Milho Cremoso, Brownie e Pão de Ló – é indicada para o preparo de bolos sem cobertura. “Elas permitem ao cliente um preparo versátil em diversas receitas, garantindo maior praticidade, uniformidade, além de um excelente volume, maciez e sabor”, informa. Para a linha de consumo, a empresa também possui misturas que podem ser utilizadadas na receita desse tipo de bolo, nos sabores Abacaxi, Aipim, Baunilha, Cenoura, Chocolate, Coco, Festa, Fubá, Laranja, Limão, Milho Verde, Maracujá, Integral, Chocolatíssimo, Chocolate Suíço, Brownie e Cremoso.

A fabricação das misturas para bolos da Dona Benta tem foco em qualidade e utiliza ingredientes exclusivos e selecionados, segundo a empresa. “Sempre pensando na saudabilidade e sustentabilidade dos produtos, garantindo a nossos consumidores e clientes itens inovadores, mas que ressaltem a cultura nacional, garantindo a confiança e tradição de nossos produtos”, afirma.

A demanda pelas misturas para bolos da Dona Benta é crescente e, de acordo com a empresa, parte principalmente das panificadoras – que são cada vez mais relacionadas aos serviços de conveniência – e dos consumidores finais, principalmente as donas de casa. O avanço do food service também contribui com as vendas. “Atualmente difundido, o consumo fora do lar tem crescido ano a ano e, junto a esse crescimento, é percebido também o aumento da preocupação com a saúde e a busca por alimentos saborosos, a chamada ‘indulgência sem culpa’, e isso tem impulsionado a demanda por produtos especiais como bolos”, afirma.

Voltada para o mercado de panificação, a Dona Benta tem boas expectativas de crescimento. “O crescimento deste setor se deve ao aumento da diversidade de serviços oferecidos pelas padarias que, além da panificação, se dividem em confeitaria, lanchonete e mercearia, atendendo à necessidade de conveniência cada vez maior entre os brasileiros”, informa. A empresa também vê com otimismo a linha de consumo. “A marca Dona Benta está por vir com muitas novidades e para 2014 tem muito mais”, conclui.

Base nos naked cakes

Com uma rotina incerta – algumas semanas muito intensas, outras mais tranquilas –, a confeiteira Heloisa Viggiano trabalha por meio do sistema de encomendas. Ela faz qualquer tipo de bolo, mas atualmente tem se especializado nos naked cakes.
O modo de preparo desses, conforme ela explica, é diferente do preparo dos bolos tradicionais. “São massas amanteigadas assadas uma a uma. Os recheios são mais trabalhados do que os de um bolo comum, podendo ser de várias cores, afinal eles fazem parte da decoração. Por cima, são colocadas flores e frutas para dar o toque final”.

Os bolos sem cobertura têm, ainda, muitos diferenciais e benefícios, que os destacam dos demais. Uma característica é o uso de frutas e flores no lugar da cobertura de pasta americana, o que, segundo Heloisa, torna os produtos mais atrativos e menos calóricos. “Além disso, eles são mais saborosos, já que são mais leves e têm recheios mais cremosos”, afirma.

De acordo com ela, a novidade dos naked cakes é indicada, principalmente, para casamentos e aniversários, e a procura por eles tem aumentado bastante. “As pessoas tiveram uma boa impressão dos primeiros que fiz. Inclusive, muitos clientes regulares estão pedindo o naked cake ao invés do bolo tradicional”.

Doces naked cakes

A Soul Sweet, especializada na produção de bolos, doces, macarons e chocolates artesanais especialmente para eventos, fabrica bolos sem cobertura há quase três anos. “Trabalhamos com uma base de massa pão de ló, creme patissiere de diversos sabores. Priorizamos o produto fresco com ingredientes de qualidade sem qualquer conservante”, explica a proprietária da empresa, Maria Cecília.

Ela diz que a escolha do bolo é uma questão particular, mas indica e vende os naked cakes para qualquer tipo de ocasião, desde festas infantis até casamentos. Esse produto representa 80% das vendas de bolo da Soul Sweet e, segundo Maria Cecília, é, sem dúvida, a atual moda do mercado.

A Soul Sweet começou em agosto de 2010, servindo apenas a amigos e, em 2012, teve um crescimento três vezes maior do que no ano anterior. Maria Cecília, responsável pela produção, contabilidade, compras e atualização de redes sociais e site da empresa, diz que a rotina é puxada, mas compensa. “Estamos ainda conquistando espaço. Para 2013, a expectativa é de crescimento duas vezes maior que 2012”, conclui.

Bunge:
www.bunge.com.br
Selmi:
www.selmi.com.br
Dona Benta:
www.donabenta.com.br
Soul Sweet:
www.soulsweet.com.br
Rosangela Marinho:
www.rosangelamarinho.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 + 17 =