Sucesso remoto

0
Sucesso remoto

Home office ofereceu vários resultados positivos em diversas empresas. Organizações já estudam adotar modelo remoto ou híbrido mesmo no pós-pandemia

O home office foi intensificado durante a pandemia da Covid-19. Em muitos casos, empresas e colaboradores enxergaram vários benefícios na adoção do regime e há aqueles que já cogitam ou estão iniciando um processo para adotar o modelo remoto ou híbrido mesmo no pós-pandemia.

Desempenho e bem-estar

A Pif Paf Alimentos foi uma das empresas brasileiras que aderiram ao home office rapidamente após o início da pandemia. Para a companhia, o modelo de trabalho trouxe não só bons resultados profissionais, como também bem-estar aos colaboradores.

Sucesso remoto
A Pif Paf Alimentos foi uma das empresas brasileiras que aderiram ao home office rapidamente após o início da pandemia. Para a companhia, o modelo de trabalho trouxe não só bons resultados profissionais, como também bem-estar aos colaboradores

“A Pif Paf adaptou-se rapidamente ao modelo de trabalho remoto, com grande avanço em tecnologia e novas ferramentas de trabalho, ações de orientação com suporte para gestores e colaboradores também continuaram constantes. Todos os colaboradores do escritório central e parte dos administrativos das unidades foram direcionados para o home office desde março de 2020. Valorizamos nossas relações interpessoais que são bastante ativas e transparentes, conseguimos manter o desempenho adequado e atingimento de bons resultados. O foco no Bem-Estar e Saúde de todos foi destaque desse período com diversas ações, gerando confiança e segurança emocional”, destaca.

A empresa também detalha seu plano de retomada ao trabalho presencial, informando que a ideia é a adoção de um trabalho híbrido, que una o presencial ao home office.

“O plano de retomada ao escritório está respeitando cada um dos nossos colaboradores. Fizemos um importante investimento em consultoria técnica especializada, os gestores tiveram conversas individuais com suas equipes para entender a realidade de cada um e planejar os próximos passos que possibilitará adotarmos um modelo híbrido. Realizamos também pesquisa interna com todos os colaboradores em home office para entendimento das condições atuais e sentimentos frente à pandemia. Possuímos aplicativo para agendamento de utilização dos postos de trabalho no escritório, seguindo protocolos de segurança assim que a retomada puder ser efetivada. O futuro ainda é incerto, mas sabemos que os aprendizados que tivemos nesse período tão desafiador servirão para nossa nova forma de trabalhar e fazer a Pif Paf evoluir cada vez mais”, diz.

A empresa conta mais sobre sua atuação neste período de pandemia, destacando a importância da comunicação adotada. A Pif Paf também relata que realizou campanhas de conscientização e ações voltadas à saúde dos colaboradores.

“Cuidado e respeito com nossa gente são essenciais no jeito Pif Paf de ser. A transparência na comunicação durante este período foi fundamental para tranquilizar e aproximar nossos colaboradores. Ampliamos a rotina de comunicação direta do presidente com a liderança para reforço dos protocolos de segurança. Intensificamos a comunicação através dos diversos canais com os colaboradores, destaque para TVs nas unidades, WhatsApp corporativo, cartazes, faixas, e-mails, podcasts e jornais impressos. Conduzimos ampla campanha educativa e focada na prevenção dentro e fora da empresa. Adotamos medidas rígidas de segurança e implementamos de forma disciplinada uma série de ações para preservação da saúde dos colaboradores diretos e indiretos, inclusive com adoção do serviço de telemedicina que facilita muito o acesso rápido e seguro aos serviços de saúde”, afirma.

Foco e união

Gerente de vendas e marketing da Libre Alimentos, empresa voltada à área de alimentação saudável, Simone Figueira Guimarães conta como foi a adoção do regime de home office da organização, afirmando que a experiência foi positiva, com a equipe conseguindo realizar um bom trabalho no período de pandemia.

Sucesso remoto“Sim, adotamos o home office logo no começo da pandemia, em março. Aqui na Libre valorizamos a autonomia dos nossos colaboradores. Cada um tem a sua flexibilidade de horários para trabalhar e incentivamos bastante os valores de responsabilidade com as metas individuais e com o crescimento da empresa. Acreditamos que a confiança e a comunicação da equipe são muito importantes para que o home office seja eficiente, então temos muita transparência do que cada um está fazendo para que a gente esteja sempre alinhado no nosso planejamento estratégico. Assim, conseguimos manter a nossa equipe unida e focada nos objetivos de trabalho, mesmo nesse período de pandemia”, diz.

A gerente de vendas e marketing da Libre Alimentos também conta que “ao adotar o sistema home office, percebemos que a equipe da Libre se tornou mais produtiva e ainda mais unida, nos mantendo alinhado em nosso planejamento estratégico e comprometido com o crescimento da empresa. O home office não influenciou na situação financeira da Libre, nos mantemos organizados e com metas em todos setores da empresa”, destaca.
Simone Guimarães diz ainda que, pelos bons resultados da adoção do regime de home office na Libre, depois da pandemia a ideia da empresa é trabalhar remotamente em alguns dias da semana.

“Acreditamos que durante a pandemia o home office foi eficaz na empresa, mantivemos a colaboração, transparências e comunicação em todas as áreas. No pós-pandemia, pretendemos adotar o sistema presencial, com a possibilidade de termos alguns dias da semana remotos também”, afirma ela.

Pif Paf
www.pifpaf.com.br
Libre
comprelibre.lojaintegrada.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

7 − quatro =