Setor de Alimentação busca por profissionais

A alimentação no Brasil cresce cerca de 14,7% por ano e por isso, é um dos setores que mais precisam de profissionais qualificados.

0

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia), em 2013 o consumo alimentício brasileiro correspondia a 32,9 %,número bem superior ao de 1995, cerca de 19 %. O IBOPE prevê que esse ano o consumo fora de casa possa chegar a 38 %.

Na cidade de Umuarama (PR) vários restaurantes, bares e lanchonetes começaram a se expandir. Somente no último semestre foram abertos três novos restaurantes. Edison Gimenes, professor no Senac Umuarama ,conta que é uma ótima época para se profissionalizar na área. “Esta questão de alimentação fora do lar em Umuarama cresceu 42%. Com isso, abrimos mais vagas de empregos em novos comércios e todos restaurantes, padarias, confeitaria, mercados precisam de profissionais”, disse.

De acordo com Silvana Santos, ex-aluna do Senac, o setor de alimentação cresce cada vez mais na cidade, precisando de mais profissionais.”Foi muito bom fazer o curso, pois aprendemos muitas técnicas que no dia a dia não estudamos” conta.

No início desse ano, o Instituto Federal de Brasília (IFB) realizou uma pesquisa com cinco mil consumidores desse setor. Em seus dados, a pesquisa mostra que cerca de 70 % das refeições ocorre em dias de semana, sendo o almoço a principal refeição. Outro fato relevante é que na hora de escolher o local para as refeições, o cliente leva em conta a conveniência e o relacionamento com o comércio.

Fonte : Umuarama Ilustrado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × 3 =