Segmento premium rende lucro a Ambev

0

Cervejas diferenciadas, premium e à base de malte, são o segredo para o crescimento na receita da Ambev. No primeiro trimestre do ano, o lucro foi de R$2,97 bilhões, com aumento de 14% ante o mesmo período do ano anterior.

Embora o volume de vendas brasileiro tenha crescido apenas 0,4% no primeiro trimestre de 2015, comparado com o mesmo período do ano passado, as receitas obtiveram alta de 10,7%.

O preço de produção de cervejas premium é mais elevado que os demais, porém o preço final também é maior. “O preço [do segmento premium] influencia o crescimento da receita”, conta o diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Nelson Jamel.

Recentemente, a Ambev lançou a Skol Senses, bebida à base de cerveja, que é um dos exemplos nesse segmento. Além disso, a empresa adquiriu durante o ano passado a Walls, suporte para montar sua primeira cerveja artesanal.

Outras cervejas já começavam a mostrar a entrada da Ambev no mercado premium, como a Bohemia Reserva, a Jabutiba, a Bela Rosa e a Caà-Yari.

Além disso, a ampresa começa a investir no mercado de bebidas não alcoólicas, que possam ser fabricadas em casa. ““No futuro, a Guaraná Antártida pode ser preparada em casa, na máquina B.Blend”, comenta Jamel. Mesmo em segmento diferente, o diretor explica que a empresa ainda não saiu de seu produto principal, que é cerveja.

Fonte: EXAME

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × 4 =