Sacola plástica em São Paulo pode ser cobrada

0

Consumidores em São Paulo poderão ser cobrados por sacolas plásticas a partir dessa semana. Isso deve acontecer devido às novas medidas, estipuladas pela Prefeitura de São Paulo ,que proíbe sacolas brancas em estabelecimentos.

As novas regras começaram a valer a partir deste domingo (5), com as propostas de padronizar as sacolas plásticas, nas cores verde e cinza. O material utilizado para a fabricação é renovável, baseado na cana-de-açúcar, além de ser mais resistente. Dessa forma, as sacolas terão o custo mais elevado para os estabelecimentos.

Supermercados como Carrefour, Walmart, Pão de Açúcar e Extra vendem as sacolas plásticas por R$ 0 ,08 cada unidades. A Associação Paulista de Supermercados (Apas) “sugere” que os preços devem ser comunicadas ao consumidor, que poderá escolher pela compra ou utilização de outros meios, como embalagens reutilizáveis. A SOS consumidor afirma que entrou na justiça e aguarda liminar para barrar a cobrança.

Haddad anunciou o projeto em janeiro e afirmou que decisão de cobrar ou não pelo produto ficaria a cargo do estabelecimento. As novas sacolas também têm o objetivo de facilitar a reutilização para descartar o lixo: as verdes para lixo seco e as cinzas para o lixo comum.

Fonte: Folha de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × quatro =