Restaurantes em shoppings disputam clientela

0

No período de festas natalinas, a concorrência para atrair clientes em restaurantes vem aumentando. Para chamar a atenção dentro de shopping, restaurantes fazem promoções e recorrem a prêmios.

Em São Paulo, comer fora de casa ficou menos caro que se alimentar em casa. No mês de novembro, esse setor registrou uma alta de 0,45%, enquanto a alimentação doméstica subiu 1,87%, é o que afirma o IPCA. Porém, em 19 dos 24 meses avaliados, o gasto para comer fora foi mais alto que preparar algo em casa.

De acordo com uma pesquisa feita pelo Detafolha, os paulistanos estão indo menos aos restaurantes para o lazer. No levantamento, 60% dos entrevistados reduziram as idas em restaurantes este ano, em relação a 2014. Para 25%, a frequência foi aumentada e 14% mantiveram a frequência.

Mesmo com a redução, o hábito de ir em restaurantes continua forte. Para 67% dos entrevistados da capital paulista, essa prática foi mantida. A maioria das pessoas, porém, preferem fazer isso nos fins de semana (81%).

“As casas mais afetadas pela crise foram aquelas com tíquete médio entre R$ 30 e R$ 70, que atendem a classe média. Esse público passou a procurar locais com preço mais baixo”, diz Percival Maricato, presidente da Abrasel em SP.

Para melhorar esse cenário, o marketing agressivo foi uma das decisões tomadas por restaurantes. O McDonald’s, por exemplo, lançou uma cartela com R$180 em descontos nos produtos. Já a Pizza Hut, lançou um tamanho menor de fatia com o custo de R$7,90.

Nos shopping Iguatemi e JK Iguatemi, o Arabia serve, de segunda a sexta-feira, um combinado diferente por dia, com custo de R$27,90 no almoço. Outro exemplo é o América do shopping Villa Lobos, que possui prato executivo de R$39,90.

Fonte: Folha de S.Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

sete + oito =