Reino Unido aumenta impostos de refrigerante em medida contra obesidade

0

O Reino Unido anunciou que cobrará taxas maiores sobre o preço de refrigerantes e destinar a arrecadação para programas que cuidam da saúde e bem-estar de crianças e adolescentes. Essa é uma das medidas que visa diminuir a obesidade na região.

Os fabricantes de refrigerantes não gostaram do plano, que prevê também a redução de açúcar em bebidas destinadas ao público infantil. A justificativa da proposta é que quase um terço de crianças e adolescentes entre 2 e 15 anos estão obesas.

Em um comunicado sobre a estratégia, o governo se pronunciou dizendo que o combate a doença com bilhões de libras por ano do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês).

Para o professor de medicina cardiovascular e presidente do conselho do grupo Ação contra o Açúcar, Graham MacGregor, a estratégia não ajuda a resolver a questão. De acordo com ele, a crise de obesidade e diabetes precisa que algo mais radical seja feito pela NHS.

O Reino Unido têm planos para a aplicação de impostos em bebidas com teor de açúcar superior a 5 gramas por 100 ml, com a possibilidade de aumentar a taxa refrigerantes com mais açúcar. O departamento de saúde do governo justifica que apenas uma lata pode suprir a quantidade ideal de açúcar diário, já que contem nove colheres.

Já para o diretor da Associação Britânica de Bebidas Leves, Gavin Partington, o imposto pode gerar consequências negativas na economia e destruir vagas de emprego.

Fonte: G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 − 3 =