Projeto que restringe sal em restaurantes é aprovado

Estabelecimentos de Porto Alegre não poderão colocar sal nas mesas

1

Foi aprovado na última semana, um projeto de lei da vereadora Sofia Cavedon (PT), que veta o uso de sal nas mesas de restaurante em Porto Alegre. A emenda n° 1, como foi chamada, não prevê a punição para os estabelecimentos que disponibilizarem o produto sobre a mesa.

De acordo com Sofia, a emenda tem caráter mais de conscientização. “O objetivo da emenda é diminuir a exposição dos consumidores ao consumo inadequado de sal”, explica Sofia.

A emenda faz parte de um projeto de lei do vereador Delegado Cleiton (PDT) e “Programa Menos Sal, Mais Saúde” e a “Semana Menos Sal, Mais Saúde”, que conscientiza os servidores municipais, alunos de escolas públicas e a população em geral sobre os efeitos do uso de sal na alimentação.

“Acreditamos que uma reeducação alimentar seja necessária no que diz respeito ao consumo, de sal e somos muito favoráveis a ações educativas e de conscientização do consumo. No entanto não apoiamos mais uma legislação que atribui a responsabilidade de consumo de sal ao empresário do setor de alimentação fora do lar. Por mais que ela não estipule uma punição ao estabelecimento entendemos que recursos públicos e legislações devam promover a reeducação alimentar e não apenas uma restrição no comércio.”, acrescentou Thaís Kapp.

Fonte: Diário de Canoa

1 Comentário

  1. Qual sal? O sal natural que possui 84 minerais e é excelente para a saúde ou esta porcaria que se diz sal que é vendida nos supermercados? Vocês deveriam fazer com que as empresas deixassem de produzir issa coisa chamada de sal. O verdadeiro sal, sim, deveria esta sendo estimulado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 + 19 =