Produtos sem lactose avançam no mercado

0

Empresas investem em itens diferenciados para atender à demanda cada vez maior

Com quase metade da população brasileira, quatro em cada dez pessoas, tendo algum grau de intolerância à lactose, de acordo com a Food Intolerance Network, e diagnósticos cada vez mais comuns, o mercado passou a ter que se adaptar para atender aos consumidores com restrição alimentar, aumentando muito a oferta de produtos sem lactose.

Saúde e felicidade

Produtos sem lactose avançam no mercado
“O mercado de produtos zero lactose é uma oportunidade para quem atua no segmento”, afirma Lisiane Guimarães, gerente de marketing da Piracanjuba

O mercado voltado aos intolerantes à lactose tornou-se mais do que simplesmente uma questão comercial, mas também de saúde. Lisiane Guimarães, gerente de marketing da Piracanjuba, uma das principais empresas de laticínios do país, destaca os números dos produtos sem lactose no país.

“Cerca de 40% da população adulta brasileira apresenta algum grau de intolerância à lactose. O aumento do número de casos diagnosticados, seja por haver mais investigação hoje em dia, ou porque, de fato, a prevalência pode estar aumentando, promoveu adaptação da indústria de alimentos, que passou a lançar opções de produtos derivados do leite, porém, zero lactose. O mercado de produtos zero lactose aumentou exponencialmente nos últimos anos não só no Brasil, mas também no mundo, justamente porque, nessa versão, o leite e seus derivados são muito bem tolerados pelos consumidores que possuem algum nível de intolerância à lactose”, diz.
Lisiane Guimarães também ressalta a satisfação de entregar produtos que possam deixar os consumidores mais saudáveis e felizes.

“Em 2012, fomos pioneiros com o lançamento do leite UHT Piracanjuba Zero Lactose. Nos anos seguintes, ampliamos o portfólio com a bebida láctea sabor chocolate, o creme de leite, o leite condensado, o doce de leite e a manteiga com sal. Além disso, trouxemos uma personalidade, a atriz Bruna Marquezine, para endossar a comunicação da linha zero lactose. Esse pioneirismo foi importante para divulgar a Piracanjuba em outros segmentos que não fossem commodities, agregou muito valor para a marca e demais itens do portfólio, assim, conquistamos novos consumidores, ampliamos nossa distribuição. No entanto, apesar de todos esses resultados, nos orgulhamos de termos feito tudo isso sem esquecer o princípio: a nossa Missão, que é estar presente na vida das pessoas, oferecendo produtos e serviços que as tornem mais saudáveis e felizes. E é isso que os produtos Piracanjuba Zero Lactose oferecem aos seus consumidores: qualidade, para terem um produto confiável na mesa; sabor, para não deixarem de aproveitar os pratos preferidos; e variedade, para que tenham opções no cardápio sem restringir as opções do dia a dia”, afirma.

A gerente de marketing da Piracanjuba destaca a expectativa de crescimento do mercado de produtos sem lactose, considerando que cada vez mais as pessoas têm se preocupado com sua saúde e com a qualidade e efeitos daquilo que consomem.
“O mercado de produtos zero lactose é uma oportunidade para quem atua no segmento, já que atende à demanda de algumas parcelas da população: a que tem intolerância à lactose, a que busca sua redução na alimentação de forma voluntária e aquela que procura uma alimentação mais leve e equilibrada. Considerando isso, acreditamos que o segmento de produtos zero lactose ainda vai continuar crescendo e conquistando novos consumidores”, diz.

Presente e futuro

Produtos sem lactose avançam no mercado
“Os produtos preferidos pelos nossos consumidores já existem na versão zero lactose, somando 7 SKU’s, para acompanhá-los desde o café da manhã até o jantar”, diz Tatiane Brandão, diretora de marketing da Polenghi

De acordo com Lisiane Guimarães, a pandemia da Covid-19 confirmou ainda mais essa tendência a uma alimentação mais saudável, o que impactou positivamente na venda dos laticínios da Piracanjuba.

“A pandemia provocou mudança no hábito de consumo da população, com isso, vimos um impacto positivo, com aumento no consumo de produtos lácteos. A população passou a preparar seus alimentos e refeições em casa, passaram a ingerir mais produtos lácteos para manutenção da saúde, ou utilizá-los nos preparos, e isso contribuiu com o crescimento do segmento no mercado”, afirma.

Lisiane Guimarães conta sobre os planos de expansão da marca, com novos produtos pensados, inclusive, para o momento atual. Além disso, ela cita criações zero lactose e anuncia que haverá ainda mais novidades até o fim do ano. “2020 está sendo um ano atípico para a população em geral e, pensando no atual momento, a Piracanjuba Health & Nutrition, Divisão Científica da marca, desenvolveu uma linha de produtos que contribui para manutenção da saúde e fortalecimento da imunidade, sem deixar de ser zero lactose.

Assim, chegou ao mercado o Imunoday, bebida com beta-glucana de levedura, zinco, e vitaminas C, B12 e D. Também, lançamos dois novos sabores do Piracanjuba Whey, 23g de proteínas, BCAA e colágeno: batata doce com gengibre e pasta de amendoim, além das bebidas com cereais Piracanjuba Quinoa Linhaça e Chia, nos sabores Chocolate Meio Amargo e Aveia, ambos zero lactose. Acreditamos muito nesse segmento e entendemos que, como pioneiros, temos que ter opções para os nossos consumidores, por isso, ainda teremos novidades até o fim do ano”, afirma.

Busca por uma alimentação saudável

Tatiane Brandão, diretora de marketing da Polenghi, destaca os diversos tipos de produtos sem lactose oferecidos pela empresa.

“Como forma de contribuir com uma solução para a alimentação equilibrada e saborosa de pessoas com intolerância à lactose, a Polenghi atendeu ao pedido dos consumidores trazendo diversas opções de queijos na versão zero lactose. Hoje oferecemos uma linha Zero Lactose diversificada, em Polenguinho, Cream cheese, requeijão, queijos fatiados e também na linha de queijos brancos Frescatino”, relata.

A diretora de marketing afirma que a Polenghi acredita numa maior preocupação da população com uma alimentação mais saudável.

“Sim, acreditamos que os consumidores estão se tornando mais conscientes a respeito desse tema e buscando opções no mercado para manter uma alimentação saudável, sem abrir mão das categorias preferidas. O atual momento que estamos vivendo também contribuiu para esse olhar mais voltado ao consumo de produtos saudáveis e o impacto que pode trazer à nossa saúde e bem-estar”.
Tatiane afirma que o mercado de queijos seguiu constante na pandemia da Covid-19 e que apesar de os produtos mais procurados já terem versão sem lactose, a empresa sempre está atenta a possibilidades e expansão de portfólio.

“A categoria de queijos é percebida pelo consumidor como saudável, versátil, prática e é muito desejada. Não somente a linha Zero Lactose, mas a categoria como um todo continuou sendo aliada do consumidor nesse momento da pandemia. Os produtos preferidos pelos nossos consumidores já existem na versão zero lactose, somando 7 SKU’s, para acompanhá-los desde o café da manhã até o jantar. De qualquer forma, sempre estudamos ampliar nossas linhas em diversas versões para poder atender a todos os tipos e perfis de consumidores que são apaixonados por queijos”, diz.

Mercado com boas perspectivas

Produtos sem lactose avançam no mercado
“Se considerarmos que os produtos sem lactose eram procurados por um grupo restrito de consumidores até pouco tempo atrás, a evolução é significativa e as perspectivas são bastante favoráveis”, afirma Elisa C. Rodrigues, Líder de Marketing e Comunicação para Culturas e Enzimas da DuPont Nutrition & Biosciences na América Latina

A lactase Bonlacta™ é a nova enzima para produtos lácteos sem lactose lançada pela DuPont Nutrition & Biosciences – companhia especializada no desenvolvimento e na fabricação de ingredientes para as indústrias de alimentos e bebidas. Elisa C. Rodrigues, Líder de Marketing e Comunicação para Culturas e Enzimas da empresa na América Latina, fala sobre o exponencial crescimento do mercado no Brasil e no mundo.

“A oferta mundial de produtos sem lactose é crescente. Segundo a Euromonitor, as vendas globais desse mercado movimentaram aproximadamente 6,3 bilhões de euros em 2017 e deverão alcançar 9 bilhões de euros em 2022, de acordo com a Euromonitor e M.J. Bruins et al, 2019. É importante destacar que a América Latina é a segunda região de maior evolução para esses produtos, atrás somente da Europa Ocidental. Se considerarmos que os produtos sem lactose eram procurados por um grupo restrito de consumidores até pouco tempo atrás, a evolução é significativa e as perspectivas são bastante favoráveis”, diz.
Segundo Elisa Rodrigues, a importância do trabalho da DuPont Nutrition & Biosciences é enorme, visto que boa parte da população brasileira apresenta intolerância à lactose.

“Diferentes estudos apontam que entre 60% e 70% dos brasileiros apresentam algum tipo de intolerância à lactose, de acordo com a Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG). Nesse sentido, é enorme a importância de oferecermos soluções para produtos livres de lactose, para atender a uma necessidade do consumidor e ajudar nossos clientes na indústria de leites e derivados a enfrentar os desafios de produção e de inovação”, afirma.
Elisa Rodrigues ressalta a busca cada vez maior dos consumidores por mais qualidade de vida, considerando que a intolerância à lactose prejudica o dia a dia daqueles que sofrem de hipolactasia.

“Sem dúvida. Existe um interesse cada vez maior dos consumidores não somente por saúde, algo mais ligado a ter os índices corporais sob controle, mas também ao bem-estar e à qualidade de vida. A intolerância à lactose provoca desconforto e problemas digestivos em muitas pessoas. Isso acaba prejudicando a produtividade e a disposição nas atividades diárias. O mercado irá crescer porque atende a um anseio do consumidor. Os leites e derivados fazem parte da cultura alimentar, são muito apreciados, e permitir que quem tenha qualquer tipo ou grau de intolerância possa consumi-los, sem efeitos adversos, é um benefício muito importante”, avalia.

Piracanjuba
www.piracanjuba.com.br
Polenghi
www.polenghi.com.br
DuPont Nutrition & Biosciences
www.dupontnutritionandbiosciences.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro − 1 =