Prefeito de São Paulo sanciona a lei que regulamenta os ‘Food Truks’

0

Por Redação FSN – 10 de janeiro de 2014

Em dezembro do ano passado, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, sancionou a lei que regulamenta a comercialização de comida de rua da cidade. A permissão de vendas serão emitidas para veículos automotores de até 6 metros de comprimento, os chamados food trucks.

Antes da lei, São Paulo só permitia venda de cachorros-quentes na rua, porém, com a nova medida até restaurantes da alta gastronomia paulistana poderão aderir aos food trucks, vendendo assim seus pratos à preços mais populares.

O projeto, de autoria dos vereadores Andrea Matarazzo (PSDB), Arselino Tatto (PT), Floriano Pesaro (PSDB), Marco Aurélio Cunha (PSD), Ricardo Nunes (PMDB) e Goulart (PSD), agora tem 60 dias para ser regulamentado pela Prefeitura via decreto, definindo quais tipos de alimentos poderão ser vendidos nos furgões e como será a emissão das licenças.

Adri Vicente Junior, diretor da Food Service Company, empresa de planejamento, concepção e execução de empreendimentos gastronômicos, relata que o momento é bastante oportuno, pois os comerciantes poderão se preparar para receber os turistas da Copa do Mundo, em junho. “Nas grandes cidades do mundo, os carrinhos de rua são muito comuns, por isso os estrangeiros estão acostumados com este tipo de alimentação e poderão saborear novidades tipicamente brasileiras. E a entrada dos ‘food trcuks’ parece que será organizada, respeitando conceitos de higiene e bom atendimento”, ressalta o empresário.

A regulamentação da lei que permite a venda de comida de rua pode ser a chance para novos talentos gastronômicos despontarem no mercado, segundo o especialista. “Os ‘food trucks’ podem ser montados por R$150 mil”, finaliza Vicente Junior.

Fonte: Administradores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × dois =