Patrimônio Nacional

0

A coxinha, um dos salgados mais típicos do Brasil, conta com bastante espaço no mercado de alimentação. Antes, o produto era comercializado apenas em algumas lanchonetes e por meio de ambulantes, mas, aos poucos, as pessoas foram se profissionalizado na produção desse alimento e o item foi parar em diversos tipos de estabelecimentos, contando com vários tipos de recheios.
Algumas redes de franquias estão apostando na especialização, buscando sabores diferenciados e oferecendo um serviço de qualidade aos clientes. Mais do que nunca, o salgado mostra seu protagonismo, contando com muitos clientes cada vez mais apaixonados.
Durante o período em que aconteceram as Olimpíadas no Brasil, falamos sobre o sucesso da coxinha entre os turistas e como esse produto fez a diferença para o lucro de estabelecimentos na temporada. Agora, a Food Service News mostra como esse salgado conquistou empreendedores e vem crescendo no mercado. As coxinhas ganham destaque em lojas especializadas, em franquias e há até o serviço de delivery.
Coxinha Du Chef
A Coxinha Du Chef é um desses negócios, com uma rede de franquias especializada. De acordo com Renato Iarussi, chef e sócio da empresa, a ideia surgiu com o intuito de oferecer uma receita bem popular e com qualidade no sabor. E deu certo: o resultado é uma franquia que vem crescendo, cada vez mais, no mercado.
A empresa entrega diferentes sabores aos consumidores, desde a coxinha tradicional de frango até opções mais inusitadas, como, por exemplo, de feijoada. Também são oferecidos diferentes tamanhos, como a coxinha de 110 gr. e minicoxinhas servidas no cone. Quem deseja uma sobremesa vai encontrar mais coxinhas, só que com recheios doces, como panetone, doce de leite e brigadeiro.
“Oferecemos, principalmente, sabores diferenciados, com receitas especiais. Mas, além disso, nos preocupamos em oferecer os alimentos com ingredientes naturais, sem adição de produtos industrializados e conservantes”, pontua Renato.
Para o chef, a fórmula do sucesso combina com essa preocupação de ofertar produtos de qualidade, aliado ao fato de oferecer um bom atendimento aos clientes. A demanda por esse salgado tem crescido e, também, os sabores incentivam o consumo dos clientes. “É uma procura crescente, visto que é um produto que grande parte do público aprecia”, destaca Renato.
A ideia para criar esses sabores alia pratos tradicionais da culinária brasileira com receitas gourmet, por exemplo, todas bem conhecidas pela culinária brasileira. De acordo com o chef, os sabores de coxinhas surgem de vários estudos para entender a demanda dos clientes. “Estamos sempre realizando pesquisas em campo para saber o que atrai o público em relação aos sabores, e usamos de muita criatividade”, conta.
Franquia
A Coxinha Du Chef se expandiu no mercado brasileiro através do modelo de franquias. São dois tipos de unidades oferecidos aos consumidores. Uma delas é a loja express. Outra é a conceito, um tipo defunidade maior. Ambas têm prazo de retorno do capital estimado entre 24 e 30 meses.
O negócio já tem unidades nos estados de São Paulo, Goiás, Bahia, Paraíba, Santa Catarina, Piauí e Pernambuco. Além disso, algumas franquias estão sendo implementadas em Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro e Sergipe.
“Fornecemos todo o suporte necessário para a abertura da franquia Coxinha du Chef, além de oferecer produtos de qualidade. O resultado é o crescimento da rede, que pretende fechar o ano com mais oito unidades”, explica Léia Nascimento, responsável pela expansão da rede.
De acordo com Renato, esse tipo de negócio pode ser bem vantajoso para os franqueados, oferecendo bons rendimentos. “O negócio vem atraindo os empreendedores porque oferece um formato simples e de fácil operacionalização para quem resolve investir. Também é bastante lucrativo”, pontua.
O segmento de alimentação continua sendo um ótimo investimento para as franquias. Segundo informações da Associação Brasileira de Franchisig (ABF), em 2015 esse segmento obteve crescimento de 9,4% em relação ao ano anterior.
A empresa
A Coxinha du Chef nasceu em 2013 com os chefs Renato, Rodrigo e Roberto. De acordo com a empresa, os empreendedores identificaram uma carência de fast-food com qualidade e brasilidade em sua composição.
Assim surgiu a empresa, com desejo de entrar no mercado de alimentação oferecendo receitas nacionais de sucesso. “Esperamos ter reconhecimento da marca, em excelência dos produtos e atendimento”, disse Renato.
Além das coxinhas, carro-chefe da empresa, também são oferecidos outros lanches, como pão de queijo, cafés, bebidas, quiches, entre outros produtos. A ideia da empresa é oferecer lanches rápidos ao consumidor, sempre com referência nacional e unidades bem localizadas.
Santa Coxinha
Outra empresa especializada no salgado é a Santa Coxinha, localizada em Vila Zelina, São Paulo, com atuação no mercado desde 1982. Para se diferenciar, a empresa produz coxinhas com massas de batata e mandioca. Costela de bafo, cordeiro e siri são algumas das opções oferecidas no cardápio da casa, conhecida por ter mais de 50 sabores de coxinha em seu cardápio.
Além das coxinhas servidas na casa, a empresa também produz vários outros tipos de salgados e sanduíches para atrair os clientes. O ambiente, onde a coxinha ganha protagonismo através de mascotes e uma decoração diferenciada, chama a atenção dos visitantes.
Os sabores mais pedidos na casa são fritos na hora. A casa também chama a atenção pelo hambúrguer Ultra X-Tudão, com peso de 3 kg e que agrega 24 ingredientes. Além das comidas, o lugar também oferece uma grande variedade de bebidas para acompanhar as refeições que são servidas.
Delivery de Coxinhas
Longe de terras brasileiras, a coxinha também faz sucesso. Não é de hoje que receitas brasileiras conquistam o gosto internacional.
Nos Estados Unidos, um casal de brasileiros decidiu investir em um delivery de coxinhas e criou o Petisco Brazuca, fazendo entregas em Manhattan, Queens, Brooklyn, The Bronx e em alguns lugares de Nova Jersey.
De acordo com o site Catraca Livre, em 2014, os empreendedores faturaram 380 mil com o negócio. Para se ter uma ideia, o Petisco Brazuca já fez entregas para empresas de grande porte, como o Yahoo, a ONU e a New York University.

História
Apesar de não haver uma história concreta sobre o salgado, há algumas versões acerca do seu surgimento. A coxinha pode ter sido originada em São Paulo, como uma opção mais barata para substituir a coxa de frango vendida na porta de fábricas. Com a massa, era gasta pouca quantidade de carne na produção da receita.
Outra versão da história mostra o surgimento da coxinha através da princesa Isabel para agradar seu filho, que amava comer coxas de frango. Em um dia, não tendo carne suficiente para o almoço, a cozinheira fez uma massa e produziu uma receita com o frango que restava. Pelo jeito, o prato agradou tanto que se espalhou por várias regiões. A história pode ser encontrada no livro da jornalista Nadir Cavazin, em “Histórias e Receitas – Sabor, tradição, arte, vida e magia”.
Seja qual for a verdadeira história, a coxinha conta com ingredientes na sua massa como batata, caldo de frango e farinha de trigo. O salgado também é conhecido em Portugal, como um quitute tradicional no país.
O salgado tem o formato de uma gota e recheio tradicional de frango ou frango com cutupiry. Além de ser bem conhecida em lanchonetes, padarias, pastelarias, entre outros estabelecimentos comerciais, a coxinha também é servida em buffets de festas, em um formato menor.

Coxinha du Chef
www.coxinhaduchef.com.br
Santa Coxinha
www.santacoxinha.com.br
Petisco Brazuca
www.petiscobrazuca.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

sete − 6 =