Paixão nacional e internacional tem novos formatos e recheios

0
Por Redação FSN – 7 de julho de 2014
No dia 10 de julho, o mundo comemora o dia da pizza, a atração principal de diversas comemorações que acontecem no Brasil e no mundo. A pizza é considerada paixão nacional e internacional da gastronomia. Aniversários, festas, encontros, happy hour… Tudo acaba nesse delicioso prato que alegra tantas pessoas.
De acordo com o chef do restaurante Italiano Provincia Di Salerno, Remo Peluso, a pizza é tradição na Itália e no Brasil. “Eu, particularmente, sou apaixonado por pizza. Minha família, italiana, sempre teve o costume de se reunir e cozinhar em casa e esse prato não podia faltar”, pontua.
São várias as hipóteses da história e origem da pizza. Algumas contam que três séculos antes de Cristo, os fenícios tinham o costume de acrescentar ao pão uma cobertura de carne e cebola. O pão na época era parecido com um pão sírio, redondo e fininho. Outras já contam que há milhares de anos foi inventado na China uma massa assada que fazia parte da alimentação desse povo.
Sendo uma história ou outra, a verdade é que anos mais tarde, os italianos aperfeiçoaram a ideia inicial, acrescentando molho de tomate e queijo à receita, pois eram os maiores produtores desses produtos na época. Peluso conta que a mais antiga pizzaria que se conhece está em Nápoles, na Itália, e foi fundada em 1870, com a pizza já nesse formato que conhecemos hojeNo Brasil, o prato chegou no início do século XX, trazido pelos imigrantes.
Depois desse surgimento, vários foram os ingredientes que incrementaram esse prato. Hoje, existem opções para todos os estilos, momentos e gostos: doces ou salgadas, com ou sem queijo, com carne de boi, frango, porco e peixe, vegetariana, massa fina ou grossa, ou ainda, com ingredientes a sua escolha.
De acordo com pesquisa realizada pela Revista Super Interessante, os sabores são vários, mas os mais comuns e procurados no Brasil são calabresa, marguerita, muçarela, portuguesa e frango com catupiry, nessa ordem. Em Belo Horizonte, as mais pedidas são marguerita, frango com catupiry e calabresa, sendo que a paixão do mineiro pelo queijo faz com que ele não dispense esse ingrediente na pizza. O queijo se tornou essencial em qualquer sabor.
A forma de apresentação da pizza também se diversificou. Hoje, vemos a redonda tradicional, mas também encontramos em outros formatos, como o calzone, que é a pizza fechada, e com outros tipos de massa, como a focaccia. De acordo com Peluso, a focaccia é uma receita de pizza caseira italiana muito prática. “Tradição na minha família, essa massa lembra um pouco a do pão, é alta e fofa. O seu recheio ou cobertura dispensa o molho presente na pizza. A massa fica tão saborosa, que para algumas pessoas, dispensa até o próprio recheio. É um ótimo prato para comemorar o Dia Mundial da Pizza”, declara.
Peluso aproveita para lembrar que o mais interessante da pizza é ser um prato que une pessoas, feito para comer em família, com amigos, em comemorações. “Talvez, seja esse o poder da pizza, unir a gastronomia à afetividade”, ressalva.
RECEITA – FOCACCIA
(serve duas pessoas)
Ingredientes:
– 1 xícara de chá de água morna
– 1 xícara de azeite
– 2 colheres de sopa de açúcar
– 1 colher de sobremesa de sal
– 1 colher de sopa de fermento biológico seco
– 2 ovos
– 400g de farinha de trigo
– 3 dentes de alho triturado
– ervas secas / orégano
Modo de preparo:
Para a massa, dissolva o açúcar, o fermento e o sal em água morna. Coloque azeite, ovos e, por último, a farinha. Sove a massa, caso fique mole, acrescente farinha até descolar da vasilha. Deixe 15 minutos descansando. É necessário sovar mais para abrir. Abra a massa em formato circular ou oval, acrescente as ervas secas e o alho triturado. O recheio é à gosto. Assar em 180° até dourar.
Focaccia ok (2) (1)
Foto: Jô Moreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × quatro =