Outubro registra queda na criação de empresas

Em relação a setembro, o mês teve queda de 8,5%

0

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, o número de novos empreendimentos nacionais teve queda em outubro. Em relação ao mês anterior, esses dados mostram o recuo de 8,5%, passando de 174.517 empresas criadas em setembro para 159.700 em outubro.

Os economistas do Serasa Experian apontam os motivos que levaram a queda na criação de empresas foram as taxas elevadas de juros, o fraco dinamismo na economia e as incertezas quanto ao processo eleitoral.

O número de novos empreendimentos criados no país entre janeiro e outubro teve o aumento de 1,1%, em relação ao mesmo período em 2013. O segmento que registrou o maior número de empresas criadas foi o dos microempreendedores individuais. Foram 113.682 em outubro, contra 125.728 em setembro, uma queda de 9,6%.

No segundo lugar ficou as sociedades limitadas, com criação de 20.324 empresas, queda de 4,5% em comparação ao mês anterior. Em seguida, ficaram as empresas individuais, com 16.009 empreendimentos( 9,8% a menos que em setembro).

A região que possui o maior número de empresas abertas foi o Sudeste, com 829.543 negócios criados entre janeiro e outubro. O Nordeste está em segundo lugar, com 289.505 empresas erguidas.

O setor mais procurado foi o de serviços, foram 953.145 empreendimentos abertos entre janeiro e outubro, 58,9% do total. Logo em seguida, estão as empresas comerciais com 513.919 negócios comerciais e o setor industrial, com 135.809 empresas.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × cinco =