Olimpíadas. Corrida pelos ganhos

Preparativos para as Olimpíadas alertam para os desafios e oportunidades do evento

0

O maior evento esportivo do mundo já está com os dias contados e os preparativos para receber o evento já começaram. Para fazer o evento acontecer, muitas pessoas se candidataram a trabalhar, voluntariamente, durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Essas pessoas estão divididas em oito grandes áreas – comunicação e imprensa; apoio operacional; atendimento operacional; esportes; atendimento ao público; serviços médicos; tecnologia e transporte. Serão 50 mil voluntários divididos em 500 cargos. Alguns requisitos fazem toda a diferença para a execução das atividades, como comprometimento e bom humor.

Após fazerem a inscrição via internet para ser voluntário, os treinamentos começaram a ser iniciados. Serão 1.147 sessões de preparação feitas online e presenciais em 105 locais diferentes. Muitas pessoas se inscrevem pela oportunidade de poder participar de um grande evento, assim como a experiência profissional proporcionada.

Recentemente, o “Cidade Olímpica”, da prefeitura do Rio de Janeiro, divulgou alguns dados sobre o perfil dos voluntários. De acordo com o levantamento, a maioria dos participantes são mulheres (55%) e 40% dos voluntários têm faixa etária até 25 anos. Desses trabalhadores, sua maioria é brasileira (80%), com representantes de todos os estados e o Distrito Federal. Os lugares onde há maior número de voluntários são: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal e Rio Grande do Sul.

Lutosa

Pensando no valor das olimpíadas, a Lutosa, marca de batatas belgas, inovou em suas embalagens. A empresa lançou uma edição comemorativa, disponível nas embalagens de 2 kg e 400 g. Considerada uma das maiores exportadoras de batata belga do mundo, a Lutosa vem investindo pesado no mercado brasileiro. Em entrevista para a Food Service News (FSN), Luiz Lampert, diretor da Lutosa Brasil, falou que esse investimento em novas embalagens é antigo e aconteceu também com outro evento de grande repercussão, como foi a Copa do Mundo em 2014.

As embalagens amarelas estão em todos os produtos da América Latina desde o investimento no mercado brasileiro. “Em todos os países da Europa, nossas embalagens possuem combinações com vermelho. Aqui na América do Sul, todas as embalagens são amarelas. Queremos homenagear grandes eventos e também a presença brasileira no mercado da Lutosa. Acredito que os consumidores ficam mais próximos dos produtos oferecidos e, também, é uma chance de a Lutosa fazer uma homenagem para as Olimpíadas. Acredito que um detalhe nas embalagens pode gerar efeitos psicológicos muito positivos”, ressalta Lampert.

Com mais de 30 produtos oferecidos ao público brasileiro, a Lutosa segue inovando em novos produtos. De acordo com o diretor, o investimento tem valido a pena. “Acho engraçado porque, mesmo todo mundo falando em crise econômica, nós [Lutosa] estamos crescendo no mercado brasileiro. Tanto é que temos duas novidades de lançamento a cada ano. No último ano, por exemplo, foi a vez da batata palito 5.5, que é mais fina que as principais batatas de fast-food. No próximo ano, não posso falar quais vão ser as novidades, mas acredito que vão agradar bem os brasileiros. Estamos apostando em temperos brasileiros, em cima de uma receita. Assim, acredito que terá uma boa demanda”, explica.
Para este ano, a expectativa é que a empresa continue crescendo em relação à venda de produtos. Lampert explica que eventos de grande porte, como as Olimpíadas, geram grandes números na demanda de batatas, já que a Lutosa é conhecida em todo o mundo. Além disso, os estabelecimentos que oferecem batatas no cone precisam de oferecer mais produtos aos consumidores e procuram a Lutosa.

Parceria

Com a demanda alta na proximidade dos jogos, maquinários e tecnologias estão recebendo boa procura.

Os refrigeradores da Metalfrio, por exemplo, fecharam uma parceria com a Coca-C ola. Durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, a empresa será responsável por armazenar as bebidas da companhia e garantir uma boa temperatura. Serão 3.500 refrigeradores da empresa, que se firmou como fornecedora oficial.

A Metalfrio Life-Cycle, empresa responsável pela logística dos refrigeradores, será responsável pela logística dos equipamentos no evento esportivo. Serviços como o de transporte, instalação e remoção dos refrigeradores serão feitos pela empresa, além de manutenção preventiva e corretiva de eventuais problemas.

Os refrigeradores foram feitos em parceria com a Coca-Cola, que adicionou algumas particularidades ao maquinário. Foram feitas inovações e soluções no pós-vendas, como no gás refrigerante, que proporciona menor impacto ambiental. Os equipamentos também foram desenvolvidos pensando no consumo de energia que, de acordo com a empresa, é mais econômico que os tradicionais. O design dos refrigeradores ficou por conta da Coca-Cola, que é conhecida por sua expertise na área.

Olimpíadas
Fábio Figueiredo, da Metalfrio, destaca a importância da empresa ser fornecedora oficial das olimpíadas

“Estamos muito satisfeitos em ser o fornecedor oficial da Coca-Cola em um evento tão importante. Esta escolha atesta o sucesso da parceria estabelecida em 2014 para o evento Copa do Mundo”, afirma Fábio Figueiredo, Chefe de Operações da Metalfrio Brasil. “É também o reconhecimento da liderança da Metalfrio no desenvolvimento de refrigeradores inovadores e sustentáveis. Temos muito orgulho em ter a Coca-Cola como nosso cliente, nos permitindo apoiar este ícone da indústria mundial de bebidas em diversas partes do mundo”, ressalta Fábio Figueiredo.

A Metalfrio Solutions é uma multinacional de origem brasileira, considerada uma das maiores empresas de refrigeradores comerciais do tipo plug-in. Fundada em 1960, a empresa é líder no fornecimento desses equipamentos na América Latina e no Brasil, onde a empresa está presente em 90,5% dos estabelecimentos.

A empresa possui cinco plantas industriais no mundo, sendo duas no Brasil, uma na Rússia, uma na Turquia e outra no México. São dois centros de distribuição localizados nos Estados Unidos e na Dinamarca. Com todos esses números, a Metalfrio possui capacidade para fabricar um milhão de refrigeradores por ano. Para o fornecimento desses equipamentos, a empresa conta com distribuidores em aproximadamente 80 países e cinco continentes.

Skol

Embarcando na onda das Olimpíadas, a Skol lançou sua primeira campanha voltada para o evento esportivo. Para anunciar a cerveja como “oficial” dos jogos, a marca embarcou no ritmo de curtição em vídeos de 30 e 60 segundos.

Nos vídeos, os atletas são vistos se alongando e se preparando para fazer alguns movimentos típicos de esportes olímpicos. A Skol é uma das apoiadoras oficiais do evento e decidiu desenvolver uma propaganda falando não apenas dos esportes, mas tratando dos jogos como uma grande festa. Por enquanto, a Skol disse que não vai associar as imagens dos atletas nas propagandas até a realização do evento.

A Skol foi escolhida pela Ambev para ser a cerveja vendida nas instalações dos Jogos e das ações de marketing no período do evento, diferentemente da Copa de 2014, em que a Brahma foi a marca escolhida pela companhia de bebidas. A grande diferença entre as marcas está nas associações. Enquanto a Skol está mais ligada à diversão, a Brahma está mais próxima do futebol.

É importante realçar que a Skol está na primeira posição do ranking da BrandZ, como a marca mais valiosa do mercado brasileiro.

Robô

Preocupada com a segurança do país durante o evento, a equipe do Esquadrão Antibomba da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Polícia Civil, terá um reforço nas Olimpíadas. Trata-se do iRobit, doado ao Governo do Rio em 2013, pela Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça e Cidadania.

O robô é de origem norte-americana e já foi usado anteriormente, durante a Copa do Mundo de 2014. De pequeno porte, o equipamento possui uma câmera acoplada e alguns instrumentos para identificar, remover ou desativar a bomba com um canhão de ruptor – item que dispara um tiro de água para fazer desestabilizar o explosivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × dois =