O food service precisa sempre de marketing

0

O sucesso ou o insucesso das organizações depende cada vez mais da sua gestão. Ela se relaciona com a prática dos conceitos da ciência da administração no dia a dia, sendo assim fundamental para toda e qualquer empresa.

No food service, a empresa por menor que seja — bar, lanchonete ou restaurante —, precisa ser estruturada para alcançar os seus objetivos. A estruturação das atividades organizacionais pode ser feita em áreas funcionais. Essa divisão tradicional se guia pelas tarefas e agrupa atividades relacionadas que são desempenhadas pelos departamentos da organização.

Em geral, as principais áreas de uma organização são operações, recursos humanos, marketing e financeiro. As operações respondem pela elaboração dos produtos e serviços, os recursos humanos pela contratação, treinamentos e desenvolvimento dos colaboradores; marketing faz a ponte entre a empresa com o mercado tendo os clientes como foco, e o financeiro cuida do dinheiro, contas e investimentos do negócio.

Nestes períodos de transformações cada vez mais rápidas, duas grandes forças devem ser analisadas sempre pelo marketing, sendo a primeira a globalização da economia e as novas concorrências decorrentes disso. E a outra força neste contexto são as intensas mudanças tecnológicas que afetam e influenciam a relação da empresa com o mercado.

Assim, o marketing deve desenvolver processos que vão muito além das atividades tradicionalmente delimitadas como um departamento específico. A prática profissional do marketing deve se disseminar por toda a empresa fazendo parte do dia a dia através de comunicação (folhetos, anúncios, site, políticas diferenciadas de preço, atendimento e produtos de qualidade etc.), visando uma melhoria contínua com foco no cliente no desempenho de toda a organização.

E dentro desse marketing tão importante e específico para o food service, aconselho cada vez mais desenvolver experiências personalizadas ou adaptar as campanhas que a empresa fizer para seus segmentos de mercado, criando uma experiência verdadeiramente pessoal para cada cliente. Pense: o que um cliente deve lembrar e apreciar mais? Um e-mail genérico de pós-compra ou ofertas pessoalmente adaptadas às suas preferências e estilos de vida?

Assim, o marketing, suas aplicações e várias facetas são cada vez mais importantes e fundamentais para a gestão do food service. Sugiro neste início de ano que o ponto de partida pode ser a atenção aos processos de atendimento aos clientes da sua empresa. Boa gestão para você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 4 =