O bolo agora está no palito

0
Produto
produto

Novo formato faz a alegria de crianças,
adultos e investidores

Mais uma novidade no mundo da confeitaria tem atraído cada vez mais os consumidores: os bolos no palito. Esses produtos já estão sendo bastante solicitados pelos clientes em confeitarias, cafeterias, lanchonetes, lojas especializadas em doces e chocolates, entre outros locais.
A forma como o item é feito desperta, em geral, curiosidade e muita vontade de degustá-lo. Em um palito, o bolo, de forma normalmente arredondada, fica na ponta, parecendo um pirulito.
Como os consumidores estão mais acostumados a ver e a se deliciar com bolos em formatos tradicionalmente maiores, redondos, quadrados, de várias camadas e sabores, tamanhos, cobertos ou pelados, os no palito, de fato, são considerados novidade entre os apreciadores de sobremesas.
Esses itens são muito solicitados em festas, principalmente as infantis, ou em outros eventos comemorativos, como casamentos, formaturas, chás de bebê, chás de fraldas, entre outros.

Expansão

Além de produções locais, a produção industrial de bolos no palito também já é realidade no mundo da confeitaria mundial e nacional.
A gastrônoma da LC Restaurantes, Adriana Pera, explica que bolo no palito tem sua origem nos Estados Unidos. “Eram usados geralmente para chás de bebê ou em festas infantis e caíram no gosto das pessoas por alguns aspectos, como sua apresentação colorida, por parecerem mesmo pirulitos característicos da infância e pelo sabor delicioso. Podem ser pequenininhos como os que tínhamos na infância que tanto gostávamos ou um pouco maiores, fazendo a vez da sobremesa da refeição”.
Na LC Restaurantes, já foi utilizado nos últimos anos bolo no palito como sobremesa das festas de Dia das Crianças ou em pedidos especiais de seus clientes. A gastrônoma elucida também que o modo de preparo é simples.
“Pense num bolo – geralmente de chocolate – ‘desmontado’ (esfarelado), com um garfo ou mesmo com as mãos, misturados a um pouco de leite condensado, creme de leite ou creme de chocolate com avelã, enrolados na forma de um brigadeiro. Após umedecer a massa, o pirulito enrolado é levado ao resfriamento por duas horas e depois passado em chocolate meio amargo derretido ou envolto em pasta americana. Depois do chocolate, usamos confeitos variados, como granulados de formas diversas, estrelinhas, açúcar colorido e o que mais possa vir à imaginação. Para apresentação, o bolo no palito pode ser ensacado e colocado espetado em um bolo falso de isopor. Fica lindo”.
Adriana diz que não há uma fatia de mercado específica que prefira esse bolo. “Todos se divertem com a experiência de um pirulito de chocolate”, comenta.
A profissional destaca que todos querem ser bem servidos e o mais importante hoje é pensar na comfort food (comida que fornece um valor nostálgico ou sentimental a alguém), ou seja, oferecer ao cliente a melhor experiência que ele possa ter dentro do restaurante, com uma comida gostosa, bem apresentada, com gosto de receita de mãe ou de avó.

Sobre

A LC Restaurantes, com sede em São Paulo, nasceu em 1989 de uma parceria com o Grupo Pão de Açúcar e atualmente tem mais de 250 unidades em todo país, oferecendo alimentação para empresas dos mais diversos portes e segmentos. Por dia, já são mais de 125 mil serviços, atendendo 100 mil pessoas.

Infância

A Malu Brigadeiro abriu suas portas em novembro de 2014. A proposta é trazer de volta os sabores da infância.
Gisele Oliveira, sócio-propietária da marca, diz que bolo no palito, mais conhecido como cakepop, é um bolo já com recheio e pode ser produzido com diversas coberturas (chocolate, fondant, entre outras). “Aqui na Malu Brigadeiro oferecemos a versão com bolo de chocolate e cobertura de chocolate belga – uma versão mais simples”, apresenta Gisele. O público-alvo da loja, para esse produto, são as crianças, embora muitos adultos também apreciem essa novidade. Segundo Gisele, o investimento nesse tipo de produto vale muito a pena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 5 =