Nova classe média deve ter menor poder de compra

0

A nova classe média deve diminuir o consumo temporariamente. Pesquisas relacionadas ao setor apontam que durante 2015 essas pessoas devem frear o poder de compra.

“Tivemos um aumento no número de novos itens na cesta de consumo até 2013. Havia expectativa de que esses produtos ‘entrantes’ permanecessem nos lares e sua frequência no carrinho de compras aumentasse. Mas com a piora do quadro econômico, interrompemos esse processo e demos um passo para trás” , afirma Christiane Pereira, diretora comercial da Consultoria Kantar Worldpanel.

A executiva afirma que a queda no volume de vendas apresentado pelas classes A e B foi de 3,1% em 2014, na classe C o recuo foi de 1,3%. Já na classe D, houve o aumento de 3,4%, com uma leve queda em relação a 2014 (0,2%).

Essa mudança no comportamento reflete diretamente na menor renda para as classes C e D, diretamente relacionadas às altas inflacionárias, principalmente em alimentos e bebidas, crédito mais caro e aumento nas tarifas públicas. “O consumidor tenta preservar, ao máximo, o status adquirido. Ele já fez trocas de marcas para não abrir mão do produto. Também já passou a comprar em novos canais, como o ‘atacarejo’. Ajustes mais drásticos podem acontecer se o mercado de trabalho se deteriorar, porque o varejo de bens não duráveis depende de renda” , conta Alberto Serrentino, sócio-diretor na Varese Retail.

Fonte: Valor Econômico Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 2 =