Mercado diet

0
Mercado diet

Novos tipos de produtos chegam ao mercado para atender às atuais demandas dos consumidores

Os produtos diet têm um espaço significativo no mercado brasileiro. Gislene Cardozo é diretora executiva da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad) e destaca que “produtos diet têm em sua composição a ausência total de algum ingrediente em particular, como açúcar, gordura ou sal. O produto usado, por exemplo, por diabéticos, é quando não contém açúcar”, diz ela.

A diretora conta sobre os investimentos das empresas que trabalham com produtos diet, apontando que as organizações têm buscado inovações.

“Com o aumento de peso e a obesidade crescendo em todo o mundo e atenta às mudanças nos hábitos de consumo dos consumidores, a indústria de alimentos e bebidas trabalha constantemente para oferecer inovações. Um exemplo na categoria de produtos diet são os edulcorantes mais recentes lançados no mercado: o Eritritol e o Xilitol, adoçantes naturais, encontrados na natureza em vegetais, frutas etc. e com baixas calorias. O Eritritol é obtido por meio da fermentação do açúcar, também é encontrado naturalmente em frutas (baixas concentrações) e em molhos de soja, vinhos, cervejas e queijos (concentrações mais elevadas). Possui cerca de 60 a 70% do dulçor em comparação ao açúcar e sem sabor residual. E o Xilitol tem sabor muito semelhante ao do açúcar. Geralmente, é usado na composição de outros edulcorantes para atenuar o sabor residual amargo e tem o diferencial de deixar uma sensação refrescante na boca”, afirma ela.

De acordo com Gislene Cardozo, “a tendência de mercado mundial em relação à saúde e bem-estar é considerar soluções alternativas para a redução do açúcar, incluindo novas tecnologias, perfis de sabor menos doces, oferecendo aos consumidores opções de níveis de doçura. Os edulcorantes estão entre as substâncias mais estudadas por órgãos reguladores e científicos de todo o mundo. E, por isso, são alternativas seguras e eficazes nos esforços para reduzir a ingestão total de açúcar. Eles são utilizados há mais de um século em alimentos e bebidas, não alteram o apetite dos consumidores e podem ser utilizados em diversas receitas, sendo indicados, de maneira geral, a todas as pessoas, sem restrições”, diz.

Expansão do mercado

Ana Carolina Gadotti, proprietária da Doce Vida Diabetes, loja especializada em produtos para diabéticos no Brasil, afirma que a busca por produtos diet vem crescendo no país.
De acordo com ela, a Doce Vida Diabetes tem investido no mercado digital e de entregas.

Mercado diet“O cenário atual do mercado nos leva a crer que o canal on-line não será apenas uma opção, mas uma mudança forçada do consumo na sociedade. Nosso comércio eletrônico está evoluindo ano a ano, graças à tecnologia, criação de novos canais de vendas e à confiança que os clientes adquiriram na compra on-line. Nossos investimentos atuais se baseiam principalmente em desenvolver nosso negócio no meio eletrônico, primeiramente criamos parcerias com transportadoras com entrega ‘Express’. Mesmo nossa loja física sendo localizada no Sul do país, conseguimos entregar pedidos na maioria da região Sudeste em apenas dois dias. Além das entregas através dos correios firmamos contratos com transportadoras de abrangência nacional que nos possibilitam ofertar alternativas de entregas para todo Brasil de modo mais ágil. Também tivemos investimentos em alternativas para suprir as necessidades de nossos clientes locais, mostrando que soluções digitais, apesar de serem constituídas de componentes tecnológicos, se constroem a partir de pessoas. Deste modo, contratamos mais um funcionário somente para atender pedidos via telefone e criamos nosso WhatsApp comercial (47 3042-0771) onde os clientes podem tirar todas suas dúvidas e realizar pedidos de forma prática, rápida e segura”, diz.

Perguntada sobre as mudanças no mercado de produtos diet nos últimos anos, Ana Carolina Gadotti diz que “devido ao aumento considerável de pessoas diabéticas no Brasil e no mundo ao longo dos anos e a busca de produtos saudáveis, o consumo de produtos diet também teve um aumento gradativo. O aumento do número de diagnósticos e a informação sobre a doença fizeram com que as pessoas diabéticas buscassem produtos que pudessem suprir suas necessidades de consumir algo sem açúcar. Há alguns anos atrás, a variedade de produtos sem açúcar era muito limitada e poucas empresas trabalhavam com esta linha, pois o custo era alto e a procura era muito pequena. Com o aumento da população diabética e cada vez mais a exigência por produtos de qualidade e sabor próximo ou até melhor que o original (com açúcar), empresas nacionais e internacionais tiveram que se adaptar à atual situação do mercado e criaram produtos novos sem açúcar. Atualmente há uma infinidade de empresas fabricantes em produtos deste segmento e que desenvolvem novos produtos para atender a este público que necessita de variedade e qualidade. Uma enorme variedade de produtos é criada a cada ano e nossa empresa sempre está atenta a novidades do mercado, por este motivo ela se destaca na comercialização de produtos nacionais e importados de diversas marcas e sabores. Hoje somos considerados no Brasil uma das lojas de comércio eletrônico com maior diversidade de produtos voltados para o público diabético ou que tenha alguma outra restrição alimentar”, afirma ela.

Abiad
abiad.org.br
Doce Vida
www.docevidadiabetes.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze − treze =