Destaque Nacional

0

A busca por produtos caracterizados por sua saudabilidade tem sido um destaque no Brasil. Somente para se ter uma ideia da dimensão desse cenário, o país já é o quinto maior mercado de alimentação saudável do mundo. Segundo um levantamento realizado pela Euromonitor, houve um volume de vendas, no ano passado, de US$ 27,5 bilhões em relação a esse tipo de produto. Desde 2012, esse setor tem crescido, em média, 20% anualmente, enquanto nos outros países esse crescimento gira em torno de 8%.
Muitas são as empresas que investem nesse tipo de item. Um exemplo disso é o Armazém Vale das Palmeiras, que comercializa produtos orgânicos oriundos da Fazenda Vale das Palmeiras e também de fornecedores parceiros. O estabelecimento foi inaugurado no ano de 2013 e oferece para os consumidores uma série de produtos, como hortaliças frescas, laticínios, congelados e itens de limpeza, sendo que tudo que é vendido conta com certificação.
O lugar é a realização de um sonho antigo do empresário e ator Marcos Palmeira, que se juntou aos amigos Diogo Pires e José Henrique Fonseca. O empresário e ator queria um negócio que fosse capaz de ofertar aos consumidores hortaliças e frutas frescas com a mesma qualidade que pode ser vista na hora em que elas são colhidas.
“Há muitas lojas de produtos naturais no Rio de Janeiro, mas o Armazém talvez seja a única que oferece produtos 100% orgânicos com certificação”, disse o ator.

Produtos

A Trebeschi Tomates tem como um de seus objetivos o de cultivar saúde. Conforme destaca Edson Trebeschi, diretor presidente, “os produtos Trebeschi possuem uma série de características que os tornam destaques no mercado. Dentre elas, destacamos a segurança do alimento, preocupação com meio ambiente, produção sustentável – por meio de um dos maiores reservatórios de águas de chuvas do Brasil, que é capaz de abastecer as plantações por até quatro meses em período de secas -, padronização – obtida através de rigoroso processo de classificação-, diversidade de embalagens, o que possibilita atender diferentes públicos, rastreabilidade, permitindo qualificação dos nossos fornecedores, melhor relacionamento com os compradores e aproximação dos consumidores, além da produção de tomates especiais, gourmets, que valorizam o prato na hora da apresentação. Os tomates Trebeschi vão direto do produtor para a mesa do consumidor e essa também é um diferencial importante”, afirma ele.
O diretor presidente ressalta que o mercado de alimentação atualmente está aberto e também em pleno desenvolvimento. Conforme ele frisa, as pessoas estão buscando qualidade de vida e, sendo assim, procuram produtos alimentícios que sejam frescos e saudáveis, mas que também não deixam a desejar quando o assunto é o sabor. “É preciso entender o mercado, suas necessidades e tendências para, assim, conseguir atender e satisfazer as expectativas dos consumidores”, salienta ele. “Além de todos os diferenciais dos nossos produtos, consideramos a credibilidade e transparência, a constante busca por inovações e a capilaridade no atendimento”, diz.
Trebeschi afirma que é gratificante trabalhar com produtos que fazem parte da rotina diária das pessoas, já que o tomate pode ser consumido em lanches, saladas, sucos, entre outras opções. “Além disso, o tomate é muito saudável e colabora diretamente com a saúde do consumidor, pois é um fruto, rico em nutrientes importantes como o licopeno”, salienta.
A respeito dos principais desafios de trabalhar com esse tipo de produto, o diretor presidente destaca que, por se tratar de um item que é perecível e que conta com um alto custo de produção, é um negócio de alto risco. “Portanto, precisamos de muita agilidade e investimento para garantir o frescor dos alimentos, uma vez que percorremos longas distâncias e contamos com as más condições da malha rodoviária”, relata ele, que finaliza falando a respeito dos planos da empresa em médio e em longo prazo. “Vamos continuar preservando e disseminando o conceito de produção sustentável de tomates. A ideia é sempre buscarmos a diversificação do nosso portfólio de produtos, para oferecer cada vez mais opções aos nossos clientes”.

Espaço

A Light Chef é, também, outra marca que preza pela saudabilidade de seus produtos. “Vemos neste mercado muitos espaços a serem explorados. A população está se conscientizando da importância de uma alimentação balanceada, mas, com a correria do dia a dia, comer de maneira correta se torna um desafio. Por isso, nosso serviço, alimentação congelada saudável por delivery, vem conquistando cada vez mais consumidores”, relata Felipe Dubau, sócio fundador da Light Chef.
Conforme o profissional ressalta, para se destacar nesse mercado, é necessário entender as necessidades do consumidor, disponibilizando um cardápio variado e com produtos que sejam de qualidade. “Na Light Chef, o cliente tem mais de 100 opções de refeições individuais, distribuídas em linhas para o público infantil, opções sem lactose, versões especiais para vegetarianos, pessoas que querem emagrecer, praticar esportes, entre outras. Outro fator importante para se destacar é o contato direto com o nosso público-alvo. Por isso, apostamos muito nas redes sociais. Assim, temos, em tempo real, o feedback do cliente e também passamos informações relevantes sobre alimentação por esses canais. Essa troca é muito enriquecedora e faz com que os consumidores se tornem também divulgadores da marca”, diz ele. “Na Light Chef, 80% são mulheres, entre 25 e 35 anos, das classes A e B, que buscam uma alimentação equilibrada, mas que não abrem mão da praticidade”, informa.
A respeito dos diferenciais que a marca oferece aos seus consumidores, Dubau frisa o fato de ofertar itens que são saborosos e que são nutritivos, sem conservantes, corantes ou aditivos. “O grande diferencial é o uso da tecnologia de ultracongelamento e a finalização das receitas no sistema “sous vide”, termo que significa “a vácuo”, e que impede a perda de nutrientes, conservando o frescor da comida por até seis meses. Também apostamos na agilidade e qualidade no atendimento como diferenciais”, afirma.
Trabalhar com esse tipo de produto também oferece desafios. Dubau destaca que um deles é manter o preço sem constantes repasses para os consumidores, em tempos caracterizados pela alta inflação. Ele também destaca que acabar com o preconceito ema relação à alimentação saudável, já que muitos defendem que não é saborosa e nem atrativa, é outro desafio. Já em relação aos benefícios, Dubau diz que “ver a satisfação dos clientes ao perceberem os benefícios ao corpo quando aderem a uma alimentação saudável”.
Em relação ao cardápio, Dubau conta que os principais pilares foram definidos como carnes, massas, peixes, aves, vegetariano e sem lactose. “A partir disso, nossa equipe de chefs e nutricionistas constantemente desenvolve novas opções, pensando em aumentar o número de combinações para os clientes. Também pensamos em aproveitar ao máximo os alimentos para diferentes refeições, evitando o desperdício”, afirma ele, que diz, ainda, que a empresa pretende aumentar a área de atuação, ampliar o ardápio e investir no m-commerce.

Expansão

A DNA Natural conta, atualmente, com mais de 60 unidades, presentes em 22 estados do Brasil, com um cardápio voltado para alimentação saudável e lifestyle. Jeane Moura, criadora e CEO da DNA Natural, ressalta que o mercado de alimentação saudável está em plena expansão. “Tivemos uma época de estagnação no começo de 2016, e acreditamos que foi pela diminuição dos dias em que o cliente sai para comer fora, mas, quando ele sai, está optando por se alimentar melhor. Percebemos uma melhora no último mês na frequência e no aumento do ticket médio consumido e estamos muito otimistas com o próximo trimestre”, afirma ela, que também explica como é possível se destacar nesse mercado. “Com lançamentos a cada três meses, sendo que as novidades precisam chegar ao cliente final antes dos nossos concorrentes”, diz.
A criadora da marca conta que a DNA Natural já nasceu como um restaurante que fala mais a respeito das funcionalidades dos insumos do que da restrição de calorias.
“Nosso cliente busca opções saborosas sem transformar o hábito de comer em uma tarefa. A maior característica está na busca pela qualidade de vida”, diz ela.
O cardápio da marca, segundo Jeane, é o mais completo do segmento, sendo que visa agradar a todos os tipos de paladares. “Acreditamos que, na era da influência, se não tivermos opções para todos os gostos, o cliente não atendido convence o outro a comer em outro lugar. Associado a um ambiente descolado, dividido em espaços para ir sozinho, com a família ou até uma reunião de trabalho”, frisa.
Para a profissional, os principais desafios de trabalhar com esse tipo de produto estão relacionados à sazonalidade das frutas e das verduras, “interferindo no valor e no sabor, e a durabilidade dos insumos frescos e a operação logística que não favorece a entrega de produtos frescos”, diz ela, que também destaca os benefícios.
“Facilidade de compra dos insumos e o pós-venda (o bem-estar do cliente após o consumo é nosso maior programa de fidelidade)”.
Ela explica que, para que o cardápio da marca fosse definido, foram levadas em conta pesquisas diversas no mundo, além de uma análise interna, realizada com clientes e com parceiros. Outro aspecto que foi pensado é a ambientação. Por isso, a marca busca sempre plantas e madeiras naturais, “que remetem à associação do cliente ao mais natural/fresco possível”.
Para Jeane, estamos no meio de um retorno do aquecimento da economia e a alimentação, além de ser algo necessário, é também uma forma de prazer para as pessoas. De acordo com ela, a alimentação pode, cada vez mais, ser comparada a um hobby, como o cinema ou um encontro com os amigos.
Entre os planos da DNA Natural estão o fortalecimento da marca nas cidades em que ela já se encontra, a expansão em novos formatos (container e delivery) e também a internacionalização.

Presença

Há oito anos no mercado, a Fevitto Integrais, localizada em Curitiba, no Paraná, é um destaque quando o assunto é alimentação integral. Julio Vavolizza, proprietário do estabelecimento, ressalta que o mercado de alimentação saudável é bastante promissor, “com grande tendência de crescimento, pois, a cada dia, aumenta o número de ,pessoas que estão procurando uma alimentação mais balanceada e saudável”, diz ele, que também fala sobre como é possível se destacar no mercado. “Existem diversas formas, depende muito do nicho que você quer atender, mas, basicamente, vejo que a melhor maneira de se destacar é oferecer produtos com qualidade, mantendo sempre o mesmo padrão, e estar atento às novidades do mercado, pois essa área apresenta mudanças constantes e, por fim, estar próximo dos seus clientes, atendendo suas necessidades”, salienta.
O público que busca por produtos com esse foco, segundo o profissional, são pessoas que estão mais atentas à alimentação, preocupadas com a saúde e com a beleza de um modo geral. “Na nossa experiência, os clientes são constituídos de mulheres e homens (60% e 40% respectivamente) e numa faixa etária entre 25 a 65 anos”, diz ele, que aponta os diferenciais da marca. “Desde 2009, sempre pensamos num ponto como premissa: ‘se vamos fazer, temos que fazer bem-feito”, ou seja, primeiramente, todas as receitas da Fevitto são únicas, elaboradas especialmente pela Chef Fernanda Rossi, visando ser sempre saborosas e mais saudáveis que receitas tradicionais. Importante dizer que valorizamos a não terceirização de fabricação, além de manter sempre o compromisso de produzir tudo de forma artesanal e saudável”, afirma ele.
Mas, de acordo com o proprietário do estabelecimento, nem tudo são só maravilhas. Ele salienta que há muitos desafios para enfrentar. “Não podemos nos esquecer que estamos vivendo uma das maiores crises econômica no país, que quem oferece alimentação saudável precisa sempre trabalhar com matéria-prima de qualidade, manter fornecedores confiáveis e idôneos, ter uma equipe de trabalho muito bem treinada e qualificada, buscar um equilíbrio rigoroso entre suas despesas e preço final justo”, diz ele, que também não deixa de falar acerca dos benefícios. “Os benefícios são diversos, tanto no lado profissional quanto pessoal, pois trabalhar com alimentos já é interessante por natureza. Trabalhar com alimentos saudáveis independente dos desafios é muito gratificante, pois vai além da alimentação, nos obriga a estar sempre aprendendo e buscando levar saúde e qualidade de vida para as pessoas”, diz.
O profissional explica que a ideia da marca é atender a todos os públicos que buscam uma alimentação saudável, desde aquelas pessoas que procuram apenas itens integrais até opções que sejam mais específicas, como, por exemplo, as vegetarianas, as sem lactose e tamabém as sem glúten. Investir na ambientação, segundo ele, também é muito importante, já que, para o profissional, a alimentação saudável pede um amabiente que seja tranquilo e agradável, “onde todos os elementos são desenhados para que realmente as pessoas curtam aquele momento”, diz. “A população brasileira nunca alimentou-se tanto fora de casa como nesses últimos anos. Cada vez mais, a dificuldade de se locomover nas cidades, as distâncias das residências dos locais de trabalho e também o aumento de novos negócios incentivam a alimentação fora do lar. Hoje, boa parte dos gastos totais com alimentação são realizados fora de casa”, salaienta ele.
Em médio prazo, a marca pretende abrir outras duas filiais em locais de Curitiba previamente mapeados. Mais para frente, pretende oferecer sociedades em novas lojas, em lugares que comportem o modelo de negócios utilizado pela Fevitto.

Mercado

A Terra Madre – Orgânicos e Saudáveis tem como objetivo promover uma boa alimentação. “O mercado de alimentação saudável está sempre em crescimento, média de 20% nos últimos 2 anos. Porém, esse crescimento deve aumentar muito a partir do meio de 2017 e devemos ter uma aceleração maior ainda a partir de 2019. As pessoas, a cada dia, tomam mais consciência da importância de uma alimentação saudável para prevenir e melhorar sua qualidade de vida. Essa conscientização unida com a redução de custo de produção e aumento da produtividade tende a acelerar o crescimento desse mercado”, avalia Hugo Cezar, gestor de negócios da marca. “Para se destacar nesse mercado, uma de nossas filosofias é fidelidade ao ‘estilo de vida saudável’, mantendo sempre um mix totalmente voltado para esse segmento. Como estratégias de crescimento como franquia, procuramos manter nossos diferenciais: o maior mix do mercado, ser a única franquia a disponibilizar granel e feira de orgânicos em todas as lojas. Além disso, sempre participamos das principais feiras do Brasil e realizamos um trabalho de marketing agressivo para nos destacar nesse mercado”, salienta.
Ele explica que, em geral, as características do público que busca por itens com esse foco são: “geralmente, mãe de primeiro filho, a partir dos 24 anos de idade, pessoas preocupadas com um saudável envelhecimento e atletas. Considerando, ainda, uma maior procura por parte das mulheres, cerca de 80% do público que hoje busca produtos saudáveis”, afirma.”Alguns dos benefícios para quem busca um estilo de vida mais saudável são: diminuição e manutenção do peso; aumento da disposição; melhora do humor; prevenção de doenças; fortalecimento dos ossos; equilíbrio hormonal; longevidade e vários outros”
O profissional destaca que alguns dos diferenciais da marca são ser a única franquia a disponibilizar granel e feira de orgânicos 100% certificados em todas as lojas.
Em relação aos desafios que são enfrentados, ele frisa a logística, a inovação para aumento sustentávela de mix e também exercer uma das funções da marca, que é proporcionar facilidade e disponibilidade de produtos para as pessoas.
O profissional explica que, mesmo havendo várias dicas de pratos nas unidades da marca, o foco não está em um cardápio pré-definido. “O que fazemos é manter um mix para que o cliente possa realizar todas as suas refeições com nossos produtos: café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. É muito importante que nosso cliente saiba que pode contar com a Terra Madre na sua rotina de alimentação diária e também nos momentos mais especiais, quando for receber convidados, por exemplo.
Nosso objetivo é ser o empório onde é possível encontrar todo tipo de produto para uma alimentação saudável completa, dos matinais às carnes e peixes, passando por legumes, frutas, verduras, cereais, entre outros itens”, diz ele, que frisa, ainda, que investir na ambientação é também importante. “Temos todas as nossas lojas padronizadas, trabalhando sempre os 5 sentidos. Isso faz com que a experiência do cliente em estar em uma loja Terra Madre seja inconfundível”, afirma.
Até o fim do ano, a empresa pretende alcançar 20 contratos assinados de franquia e chegar a 50 lojas em 2017, “sempre mantendo nosso foco e respeitando nossa proposta de estilo de vida saudável. Para isso, buscamos sempre nos aprimorar com a prática de melhoramento continuo de nossos processos, logística e inovação”, finaliza Hugo Cezar.

Consumidores

A rede Yoggi também investe em produtos que sejam saudáveis. Um exemplo disso é que, no mês passado, o frozen yogurt de Coco ganhou uma nova versão, com calda cremosa de abóbora. O produto tem como base o iogurte 100% natural, não conta com glúten e nem com conservantes. Para Alexandre Tenenbaum, o mercado de alimentação saudável é bastante promissor, “com tendência de crescimento de longo prazo, e que veio para ficar. Ao passo que novos consumidores entram no mercado, mais jovens e com outras características e comportamentos de consumo, o perfil do mercado vai mudando em longo prazo, enquanto esses novos consumidores vão ganhando mais representatividade de consumo” afirma ele.
Para se destacar no mercado, de acordo com o profissional, é necessário ser verdadeiro, “entregando produtos e propostas mais legítimas e alinhadas com valores que são importantes hoje em dia, como ingredientes de verdade, procedência, foco nas pessoas e em suas vidas. Os consumidores querem, cada vez mais, se relacionar com as marcas e com a pessoas, terem relações de trocas verdadeiras”, diz ele. “só usamos ingredientes de verdade e naturais em nossos produtos, sem aromas, corantes, aditivos sintéticos e artificiais. Dessa forma, oferecemos ao cliente produtos mais próximos do artesanal, como nossa linha de iogurtes, feitos com frutas in natura, cookies com farinha integral e chocolate belga de verdade”, diz.”Para nós, isso tudo é mais do que um posicionamento. É nossa filosofia, nossa forma de enxergar as relações de consumo no século XXI”, afirma.
Para ele, alguns dos principais desafios de trabalhar com esse tipo de produto, além de conseguir comunicar os valores aos consumidores, é encontrar parceiros e fornecedores que sigam as mesmas premissas da marca, buscando insumos que estejam dento de seus valores. O profissionala também fala sobre os benefícios de trabalhar coam esse foco. “Saber que estamos transformando as relações de consumo, influenciando consumidores e gerando uma sensação de pertencimento e relacionamento com os fiéis consumidores, que enxergam a grande diferença entre o que oferecemos e o setor de food service como um todo”, salienta.
Para ele, é muito importante ser leal à essência e proposta de valor que o negócio possui, contando com um grande diferencial para que possa ser reconhecido como único pelos consumidores. Segundo o profissional, sem isso, os negócios caem em um lugar comum. “Queremos ser uma referência em snacks e sobremesas feitas com ingredientes de verdade, saudáveis, sem ingredientes artificiais. É um mercado em franca ascensão e temos tudo para virar referência nesse segmento”, finaliza.

Armazém Vale das Palmeiras
www.armazemvaledaspalmeiras.com.br/armazem
Trebeschi Tomates
www.trebeschi.com.br
Light Chef
www.lightchef.com.br
DNA Natural
www.dnanatural.com.br
Fevitto Integrais
www.fevitto.com.br
Terra Madre – Orgânicos e Saudáveis
terramadresaudaveis.com.br
Yoggi
www.yoggi.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

6 − seis =