Jovem paulista é criador de duas franquias

0

O paulista Bruno Queiroz, 24, foi o pioneiro no comércio de cupcakes. Depois da tendência de gourmetização de produtos, Bruno investiu em uma segunda rede com bolos caseiros. Começou com o investimento de R$ 20 mil e atualmente vende 100 mil produtos por mês.

A trajetória do empresário começou aos 17 anos quando seu pai se aposentou. “Ele disse que a gente tinha que começar a trabalhar logo” conta. Bruno começou analisando o mercado e, em 2009, abriu sua primeira rede. Foram R$ 20 mil investidos na The Original Cupcake, loja que comercializava bolos ingleses com coberturas coloridas, em São Paulo.

No começo o negócio não engrenou, mas Bruno resolveu abriu uma outra unidade na Avenida Paulista. “Com a abertura da segunda operação, a empresa estourou. Hoje, são 30 unidades da The Original Cupcake”, afirma. As unidades são feitas em quiosques, e custam R$ 50 mil para abrir uma franquia.

Além da loja de cupcakes, o empresário resolveu investir em bolos caseiros. A The Original Cake começou em 2013 e já possui três unidades. A previsão é que esse número suba para 30 até o fim desse ano.”Em vez de apostar na sofisticação, resolvemos vender um produto prático e acessível e com valor agregado baixo. Podemos atingir qualquer classe social, porque ninguém precisa fazer contas para comprar o nosso bolo”, conta.

A loja possui dois formatos: um com o espaço mais completo com área para os clientes consumirem os bolos e com o cardápio mais completo. A segunda, chamada de express, possui o cardápio menor e um espaço reduzido também. Os custos para abrir uma franquia são parecidos. Segundo Queiroz, o que influência é o tamanho do imóvel.

Fonte: Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 1 =