Inflação sob controle depois de redução do preço dos alimentos

0

A disparada do dólar não terá impacto significativo sobre a inflação se a instabilidade for momentânea, disse hoje (19) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Segundo ele, as pressões sobre a moeda norte-americana são passageiras e não deverão permanecer nos próximos meses.

“É claro que a valorização cambial causa pressão inflacionária adicional, mas se for passageira, a pressão se dilui. As compras de insumos no mercado futuro já estão feitas. Se a valorização amainar, não haverá efeito sobre inflação”, declarou o ministro. Ele também disse acreditar que as turbulências deverão cessar depois que o dólar se acomodar em um novo nível e os investidores tiverem mais certeza sobre as ações do Fed (Federal Reserve – Banco Central norte-americano).

De acordo com o ministro, a inflação está sob controle depois que os preços dos alimentos caíram. Ele, no entanto, reconheceu que os índices subirão no acumulado de 12 meses por algum tempo, antes de recuarem.

“No acumulado de 12 meses, a inflação deverá subir porque estão entrando [no cálculo] meses em que a inflação foi maior. Mas a inflação mensal está sob controle. A cada mês menor que no anterior. Os índices de junho foram menores que em maio e os preços de praticamente todos os alimentos estão caindo”, ressaltou Mantega.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × um =