Hambúrguer EcoFriendly

0

Com a iniciativa de agradar os consumidores que não abrem mão de carne vermelha, cientistas do Vale do Silício, nos EUA, criaram o Impossible Burger, com o objetivo de desbravar o multibilionário mercado de carne sem matar os animais.

Pretendendo ser a resposta do setor de tecnologia ao tradicional Big Mac, o hambúrguer, feito à base de trigo, óleo de coco e batatas, surge como mais do que apenas um hambúrguer vegetariano qualquer. Graças à adição de hemoglobina, molécula rica em ferro produzida em quantidade, pela empresa, usando levedura fermentanda, o hambúrguer foi inventado para parecer, ter sabor, cheiro, além de ser frito, como o de carne.

Ressaltando que matar bilhões de animais para produzir alimentos coloca em sério risco alguns ecossistemas, Patrick Brown, fundador e diretor executivo da Impossible Foods, atua na linha de que a agricultura, pesca e produção de ração para gado e aves restringem os limitados recursos da terra. Isto é, consomem combustível fóssil, produz emissões de gases com efeito estufa, se apropriam de terra cultivável e poluem nossos cursos d’água.

A Impossible Foods arrecadou mais de US$ 180 milhões de investidores como Google Ventures, UBS e Bill Gates e integra uma nova safra de empresas alimentícias, como Soylent, Hampton Creek e Juicero, que pretendem revolucionar a maneira como comemos. O mercado para esses produtos vem crescendo. As vendas de substitutos de carne aumentaram 18% nos últimos anos, de US$ 850 milhões em 2012 para mais de US$ 1 bilhão este ano, nos Estados Unidos.

Crédito da imagem: https://goo.gl/p5GUbY

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × quatro =