GS1 Brasil incentiva a profissionalização de ONGs

0

O Programa Sustentabilidade em Código, criado no ano passado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, concluiu seu primeiro caso de sucesso com foco na automação e apoio à profissionalização de negócios sociais através dos padrões GS1.

O primeiro projeto foi realizado em apoio com Associação Saúde Criança, oferecendo o apoio para implantação de padrões e soluções GS1. Uma das formas foi a padronização no código de barras (EAN-13), que permitiu reconhecer os produtos de forma exclusiva. O projeto também facilitou a gestão e o controle dos produtos, através do registo de Cadastro Nacional de Produtos (CNP). Além disso, a ong teve certificação de código de barras, o que gerou maior rapidez na leitura dos produtos e melhorou a experiência na hora da compra.

Para que todo esse projeto ganhasse vida, a GS1 contou com a ajuda de outro parceiro: a Seal. A empresa, que é integradora de soluções, forneceu três leitores de códigos de barras.

Os principais benefícios para a Saúde Criança foram na automação de processos, controle de informações e produtos, estoque, expedição e vendas, segurança e rapidez nas operações.

De acordo com João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, “o apoio às ONGs visa oferecer os melhores recursos para tornar seus processos produtivos automatizados e consequentemente potencializar seu desempenho”.
A Associação Saúde Criança tem o objetivo de reestruturar famílias de crianças com doenças crônicas e vítimas da desigualdade social e promover o seu auto-sustento. A instituição foi eleita a 21ª ONG mais relevante do mundo e a primeira na América Latina, título dado pela entidade suíça Global Geneva.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 + 7 =