Ganhando tempo

Máquinas de lavar louças industriais consomem menos água do que a lavagem manual e proporcionam economia de tempo.

0

Elas podem atender desde uma pequena cafeteria até grandes indústrias, passando pelos restaurantes. Sustentáveis, gastam menos água do que a lavagem manual. As máquinas de lavar louças industriais são, muitas vezes, indispensáveis aos profissionais que trabalham no ramo da alimentação fora do lar. Além disso, dispensam parcialmente a mão de obra humana, permitindo realocar parte da equipe em outras tarefas e, assim, proporcionam uma economia de tempo, recurso tão precioso. Conheça algumas das principais marcas de máquinas de lavar louças industriais do mercado.

Profclean

Fundada em 1999, no Espírito Santo, a Profclean trabalha com lava-louças compactas, de médio e alto volume, com ciclos de lavagens que variam de 3 minutos a 17 segundos para cada 18 pratos, 41 copos ou 200 talheres.

Sustentáveis, as máquinas da marca demandam menos consumo de água e são mais econômicas do que a lavagem manual. “A Lava-Louças apresenta uma economia bastante considerável no processo de lavagem, usando o parâmetro do consumo de água. Por exemplo: para lavagem manual de cada prato, considera-se gasto aproximado de 5 litros de água. A lava-louças utiliza 2,9L de água para lavagem de 18 pratos. Temos como cálculo final que, só de água, a lavagem manual representa cerca de R$ 0,15 de custo para o estabelecimento, enquanto na lava-louças esse valor cai para R$ 0,02 e isso já considerando o gasto de material (detergente e secante), água e energia”, informa a empresa.

Além dessas economias, é preciso considerar outras: a diminuição na quebra de utensílios e a eficiência do processo de esterilização, uma vez que o uso da lava-louças dispensa a prática de higienização com álcool. “No pós-lavagem, o utensílio já sai esterilizado em função da alta temperatura da água no processo de lavagem, bem como do tipo de química utilizado durante o processo. Em termo de custo-benefício, a lava-louças pode representar uma economia de até cinco vezes no processo; sendo assim, costuma-se calcular que, após a compra, a economia que ela promove paga o custo do equipamento, em geral, num prazo de 6 meses a 1 ano”, completa.

Além de lavar, enxaguar e esterilizar, a máquina realiza “processo de lavagem e enxague a aproximadamente 90ºC, o que garante, também, a esterilização dos utensílios ao fim do processo. Higieniza qualquer tipo de material e utensílio (com exceção de utensílios de alumínio, devido à composição do detergente; nenhum equipamento lava-louça disponível no Brasil é capaz de higienizar alumínio)”.

Com durabilidade estimada em 25 anos, sendo a única do mercado com dois anos de garantia de fábrica, a Profclean oferece assistência técnica e reposição de peças direto de fábrica. Cada ciclo de lavagem demanda consumo de água equivalente a 2,9L, o que corresponde à higienização de 18 pratos, 41 copos ou 200 talheres.

A ProfClean parte da premissa de que produzir uma máquina econômica sem sustentabilidade no processo produtivo não representa avanço. Isso foi levado em conta na inauguração da primeira fábrica da empresa, “projetada segundo todos os parâmetros de sustentabilidade possíveis para uma linha produtiva. Hoje, contamos com recolhimento e armazenamento pluvial, dispositivo de separação água e óleo, trabalhamos sob regime de coleta seletiva, iluminação a led – garantindo menor consumo energético possível, aquecimento solar, além de um representante bacharel em Ciências Biológicas que realiza periodicamente projetos de conscientização de nossos colaboradores e clientes quanto à importância da sustentabilidade aplicada”.

Intellikit

O engenheiro José Carlos Dias Reis foi o responsável por trazer ao Brasil os fornos combinados da empresa alemã Rational em 2009, que revolucionou a alta gastronomia brasileira. Reis fundou a empresa com a proposta de entregar soluções inteligentes para todos os tipos de cozinhas, com processos mais eficientes e com a tecnologia que cada cozinha exige.

Entre os principais clientes que abraçaram a Intellikit estão os restaurantes D.O.M. e Dalva e Dito, do chef Alex Atala; Centro Educacional de Referência do Senac São Paulo, responsável pela formação dos principais profissionais na área gastronômica no país; Hotel Renaissance; a Rede D’Or, de hospitais e medicina diagnóstica no Brasil; Vale; Embraer; Google; Barry Callebaut; Olímpiadas, entre outros.

Além dos fornos, a Intellikit comercializa outros produtos como fogões, refrigeradores, micro-ondas e lavadoras de louças. Em parceria com a marca JEMI, fabricada na Espanha, a Intellikit desenvolve no mercado nacional os seguintes modelos de máquinas de lavar-louças industriais: Cargas Frontais GS-5, GS-16 e GS-18; Cúpulas GS-83M, GS-85 e GS-105M e Utensílios GSP-46, além de túneis de lavagem para demandas acimas de 1.800 pratos/hora.
De acordo com Ciro Nardi, representante comercial da empresa, as máquinas garantem a higienização correta através das temperaturas de segurança, lavagem a 65°c e enxague a 85°c. São máquinas simples de operar e que demandam baixo custo de manutenção, além de baixo consumo de água, detergente e energia.

Sustentáveis e práticas, as máquinas da Intellikit proporcionam economia de tempo às equipes de cozinhas industriais. A capacidade das máquinas vai de 200 pratos/hora até 5.000 pratos/hora. “Dependendo do modelo, as máquinas de cargas frontal, em média, consomem 2,4 litros por ciclo em aproximadamente 2 minutos, o que equivale a lavagem de 18 pratos, enquanto uma torneira aberta gasta 17 litros por minuto”, compara Nardi.
Externamente, as máquinas são constituídas de aço inox AISI 304 e internamente de aço inox AISI 316 (Aço Utilizados em Laboratório) com cantos arredondados e sem soldas, evitando a corrosão através do químico. “Facilita a higienização interna da máquina e evita o acúmulo de resíduos. A parede dupla isola a temperatura da máquina para o ambiente da cozinha e o nível de ruído”, explica.

Cada máquina dura aproximadamente de oito a dez anos. Após a aquisição, a empresa pode repor peças, fazer a manutenção e o treinamento operacional.

Netter

Fundada em 1991 e focada exclusivamente no desenvolvimento e na fabricação de lavadoras profissionais e totalmente nacionais, a Netter comercializa 12 modelos de lavadoras Profissionais. “Em nossa linha, temos lavadoras que atendem desde uma pequena cafeteria até grandes indústrias”, destaca Sergio Martinez, Diretor Comercial da empresa. “A questão principal não é o volume e, sim, o compromisso que qualquer operador do food service deve ter com a higiene e a segurança alimentar oferecidas aos seus clientes. Os utensílios podem se transformar em vetores de contaminação se não estiverem corretamente higienizados – esse é o ponto! Usando lavadoras Netter, essa questão fica resolvida”.

São vários os benefícios que as máquinas proporcionam. Dentre os principais, é possível ressaltar a garantia da correta desinfecção das louças e utensílios, organização e rapidez das tarefas na copa de lavagem e a economia de água, além do controle dos custos operacionais e economia de tempo de mão de obra. “Geralmente, o retorno do investimento vem após um ano ou um ano e meio”, diz o diretor.

As máquinas ainda possuem funcionalidades como agilidade no serviço de lavagem de louças e utensílios, ocupando pouco espaço. “Os diferencias das lavadoras Netter são a robustez, alta produtividade e alta eficácia na higienização de louças e utensílios, além do suporte técnico permanente, inclusive para os modelos antigos”, afirma.

As máquinas da Netter demandam baixo consumo de água. “O modelo NT 210, por exemplo, lava, enxágua e desinfeta 18 pratos, consumindo apenas 2,5 litros de água, ou seja, menos de 150 ml por prato”, explica Martinez.

De acordo com o diretor, as máquinas da Netter “representam claramente o conceito de ecoeficiência, ao agregar qualidade de vida e ganhos de saúde enquanto preservam recursos naturais”. Assim, as máquinas proporcionam ao operador menor esforço físico em relação ao processo manual e à redução do risco de contaminação através dos utensílios. Cada máquina dura em média dez anos e são praticamente 100% recicláveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze + 20 =