Food trucks exigem cuidados com segurança

0

Os food trucks, carros equipados para comercializar comidas e bebidas, se mostraram como uma boa alternativa para empreendedores, tanto pelo preço acessível ao investidor, quanto pelo público. De acordo com especialistas, esse modelo de negócio exige cuidados redobrados pela tecnologia envolta ao veículo.

Sem os devidos cuidados, o risco de acidentes pode ser bem maior. Recentemente, um restaurante da Zona Oeste pegou fogo após a explosão de um botijão de gás, quando o funcionário encerrava o expediente.

Fernando Mincarone, dono da oficina Icebox, que adaptou 12 food trucks no ano passado, alerta para os riscos: “Imagina você pegar uma cozinha industrial, encaixotar dentro de uma caminhão e sair sacolejando por ai. O dono de um food truck e a pessoa responsável por sua operação precisam tomar muito cuidado e ficar atento principalmente com o sistema do gás da cozinha. Se não, pode dar problema mesmo”.

Para Marcos Palumbo, capitão do corpo de bombeiros de São Paulo, o que preocupa é a grande quantidade de food trucks surgindo. Ele alerta para a estrutura que integra os fogões nesses veículos. Alguns cuidados como pedir certificações nas oficinas, não fazer outras adaptações nas estruturas e ficar atento a validade de alguns produtos- válvulas, extintores e outros.

“O que acontece com muita gente que vende comida na rua, seja os pipoqueiros, o dogueiro ou aqueles ambulantes que fazem amendoim doce, é que eles não observam e nem sabem do perigo que é burlar certas regras de segurança. Normalmente, eles usam aquele fogareiros e não compram o botijão adequado. Isso é um risco, já que a distância da panela ao botijão pode causar incêndios”, alerta Palumbo.

Fonte: Estadao PME

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

oito − quatro =