Food Teenservice

0

No Brasil, crianças e adolescentes de até 17 anos representam aproximadamente 16% do food service. São 2,4 bilhões de visitas por ano (se considerarmos 12 meses terminados em junho de 2019) e R$ 28 bilhões em gastos.

Desde 2015 (início do Estudo Crest), esse público tem sofrido altos e baixos no food service, mas em 2019 retomou o crescimento por dois trimestres consecutivos, sendo que no último (2º tri de 2019), essa faixa etária cresceu 5%, trazendo 33 milhões de visitas (vs 2º tri de 2018). Esse crescimento foi impulsionado tanto pelo consumo no local quanto pelo delivery digital e, ao contrário do que se possa imaginar, isso não reduz o gasto do consumidor no restaurante, apenas proporciona mais um canal de fácil acesso.
Crianças e adolescentes aumentam o ticket médio, já que tendem a ir mais ao food service em grupos. Em números, o ticket médio do grupo com uma criança ou adolescente é de aproximadamente R$ 43, duas vezes maior do que o ticket de uma visita composta apenas por adultos. Isso porque um grupo com esse perfil tende a ser 2,6 vezes maior do que o público acima de 18 anos.

Eles não consomem sozinhos. Para se ter uma ideia, 45% do público de crianças e adolescentes vão ao food service em grupos de três a quatro pessoas, e outros 44% em grupos ainda maiores, com cinco pessoas ou mais. Essa proporção é ainda maior se considerarmos apenas crianças de até 14 anos, sendo 47% e 46%, respectivamente.
Quase metade (40%) das refeições de crianças e adolescentes no food service é realizada à noite e em fins de semana também, uma proporção 1,5 vezes maior do que o público mais velho.
Por trazer maior concentração em momentos de lazer, itens relacionados à indulgência ganham força; sobremesas têm aumento de 36%, refrigerantes crescem em média 22%, sucos 31% e fritas 21% na presença desse perfil.
Para atrair esse público, é importante comunicar-se com os pais, mas, sobretudo, com a própria criança e adolescente, pois são eles que, em cerca de 1/4 das refeições, influenciam na escolha do local.

Outras razões relacionadas às escolhas são preços e promoções. As propagandas ganharam importância entre as escolhas das visitas, com aumento de 13% (Crest 2018 vs 2017), especialmente no Fast Food Moderno, com crescimento de 2% do tráfico para crianças, justificado, entre outras, por questões ligadas ao espaço, como a oferta de playground.
O momento atual é marcado pela hiperconectividade e pela agilidade, com as redes sociais dedicadas a impulsionarem marcas, serviços e personalidades. O Instagram, que em 2018 introduziu vendas diretas no app, em geral é extremamente popular entre os adolescentes, com 90% de penetração entre as crianças de 14 a 18 anos (Piper Jaffray).
As gerações Alpha e Z são as primeiras nativas digitalmente e, embora os gostos musicais e as tendências de moda tenham mudado ao longo dos anos, assim como nós, eles ainda gastam seu dinheiro com o que parecer mais interessante no momento, só que estão cada vez mais livres e com forte decisão de escolha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − 5 =