Food Service deve fechar 2014 em alta

0

O mercado de alimentação fora do lar deve fechar o ano em alta. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o setor deve movimentar R$ 140 milhões em 2014, com crescimento médio de 3% ,em relação ao mesmo período do ano passado. No próximo mês o setor espera aumentar o fluxo de caixa entre 10% e 40%.

De acordo com Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, o aumento está relacionado com o poder de compra da classe C. “Com o encarecimento do trabalho doméstico e a maior inserção de mulheres no mercado profissional, mais brasileiros estão fazendo refeições fora de casa”, conta. Para os próximos anos, economistas acreditam que o setor deve continuar em alta devido a redes mais estruturadas que vem surgindo a á regulamentação de negócios informais.

Solmucci afirma que os estabelecimentos do segmento de food service que mais crescem são do estilo “à la carte”, ou serviço oferecido a partir do cardápio. Com a concorrência, o especialista afirma que o segredo é inovar.

Uma mudança que deve interferir no setor em 2015 é o modelo de tributação Super Simples. Luiz Barreto, presidente do Sebrae, afirma que atualmente o setor de alimentação fora do lar possui 890 mil optantes por esse plano.Um levantamento feito pelo Sebrae mostra que o setor cresceu 18 vezes em cinco anos.“Além disso, há uma grande busca por alimentação saudável, valorização de produtos regionais e aumento de gastos em municípios do interior do país”, conta Barreto.

Fonte: Valor Econômico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × quatro =