Fipan mostra novidades que devem movimentar a economia

0

Negócios resistentes à crise econômica são o foco da Fipan 2016, que deverá mostrar as novidades para continuar fazendo esses setores se desenvolverem. Só na última edição da feira, foram feitas parcerias em torno de R$ 1 bilhão.

“A panificação está sofrendo com a alta do custo da energia elétrica e da água e, como em quase todos os setores, com a crise que se abateu sobre o Brasil, teve crescimento negativo no ano passado. Em São Paulo, várias panificadoras fecharam e outras passaram por reformas, oferecendo mais produtos e serviços prestados a seus clientes, passando a servir refeições no horário do almoço, rodízio de sopas e pizzas no jantar, além de um café da manhã com várias opções, principalmente nos finais de semana. E toda essa mudança de serviços se reflete nos produtos que as indústrias trarão para a FIPAN 2016, incluindo um espaço especial para pizza”, diz Antero José Pereira, presidente do SAMPAPÃO – sigla que congrega o Sindicato e Associação dos Industriais de Panificação e Confeitaria de São Paulo, organizador do evento.

O mercado de panificação brasileiro é responsável por 2% do PIB nacional, enquanto o food service representa 10,8% PIB. Atualmente, vários empresários fizeram alterações no negócio para acompanhar as tendências de mercado.

“Já fazemos parte do mercado de food service há anos e queremos incrementar esse serviço nas panificadoras, assim como aumentarmos o serviço de pizza em fatias. Para isso, preparamos espaços especiais tanto o Espaço Pizza Roldão, com palestras e performances, como cursos rápidos, para capacitação profissional, além de doces criativos e pães com alternativas para quem não pode se alimentar com glúten ou pães rústicos de qualidade com fermentação longa, de massa madre”, explica o presidente.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze + onze =