Festival Gastronômico Sabores de Socorro tem opções para vegetarianos e começa nesta sexta-feira

0

Ingrediente principal dessa edição é a abóbora cabotiá

São Paulo, setembro de 2021-   Começa na próxima sexta-feira, dia 01 de outubro, o Festival Gastronômico Sabores de Socorro, na Estância Hidromineral de Socorro – cidade turística localizada no Circuito das Águas Paulista e referência em aventura e ecoturismo. Durante todo o mês, será possível ir em restaurantes, bares, lanchonetes, cafeterias e sorveteria da cidade para experimentar as novidades feitas com a abóbora cabotiá, que é o ingrediente obrigatório desta edição. Entre as criações, inúmeras para os vegetarianos.

Se a ideia é petiscar, a dica é o Bolinho de abóbora cabotiá, recheado de queijo com molho de açafrão (R$ 35), do restaurante Ancestral, localizado no Parque Pedra Bela Vista. É servido de terça-feira a domingo, das 12h às 19h. A entrada no parque custa R$ 30 por pessoa.

Restaurante Monjolinho, dentro do parque que leva o mesmo nome, também aposta no bolinho de abóbora, mas dessa vez com cogumelos e acompanha molho gorgonzola ou maionese vegana (R$ 40). A opção vegetariana estará no cardápio no almoço de quarta a domingo, das 12h às 16h30. A entrada no parque tem o valor de R$ 10.

Quem gosta de lanche, precisa experimentar o Baguete de pão caseiro com ervas finas e provolone e Creme de abóbora com espaguete palmito temperos e especiarias e alface, tomate, cebola e rúcula, da London Cafeteria. O combo inclui o Gran gateau de abóbora e sorvete de sobremesa, licor de abóbora e custa R$ 32,90. Estão à disposição de terça a domingo, das 9h30 às 18h.

No HamburQueen a opção é o vegano “Abóbora Help Style” – Hambúrguer (feito com abóbora assada, shitake, grão de bico, carne de soja e queijo de caju), com mozarela vegan, tomates confitados, cebola roxa, pickles, mostarda honey e mostarda de jabuticaba, no pão integral; servido com guacamole (R$ 35). Para saboreá-lo, de segunda à sexta, das 18h às 23h e sábadodomingo e feriado, das 12h às 23h.

A redonda não poderia faltar, e no restaurante Casa Alfredo a Pizza de Cabotiá tem recheio de purê de abóbora, funghi secchi, palmito e parmesão (R$ 63,90), de quintasexta e sábado, das 19h30 às 23h.

Nectaria terá a Coxinha especial de abóbora, entre os recheios, dois queijos (R$ 8), todos os dias, das 09h às 19h.

Confira outros participantes do Festival:

restaurante do Hostel Cantinho Família Aventura criou a entrada Caldo de abóbora com linguiça de javali e como prato principal o Ravioli de abóbora ao contrário com recheio de linguiça de javaliacompanha arroz e salada. Os dois juntos custam R$ 42. Serão servidos nos dias 02, sábado, e 10, domingo, das 11h às 15h e das 19h até às 22h.

Entre os estabelecimentos que optaram por usar o ingrediente no prato principal está o Restaurante do Nicó, localizado dentro do Grínberg´s Village Hotel. A Abóbora Cabotiá recheada com camarão cremoso será servida no sistema de buffet, aos sábados das 12h às 14h30. O almoço, com outras opções de pratos inclusos, custa R$ 48 por pessoa e para não hóspedes precisa fazer reserva.

A opção do Villa Empório é o Purê de abóbora cabotiá cremosa ao parmesão e costelinha suína ao barbecue stout, feito com cerveja preta (R$ 28,90). O prato estará disponível no almoço de sábado e domingo, das 12h às 16h.

Quem gosta de risoto, precisa experimentar o de zucca com cubos de filé mignon (R$ 49,90). Ele é a opção do Ristorante D’Napoli, de segunda a sábado, das 18h30 às 22h, e de sextasábado e domingo das 12h às 15h.

No restaurante do Vale, dentro do Parque Vale Das Pedras, a abóbora vira nhoque com molho de tomate, queijo parmesão, acompanha costelinha suína frita (R$ 48), no Nhoque com costelinha do Vale. Estará no cardápio de quarta a domingo, das 9h às 16h.

Escondidinho de abóbora cabotiá com carne moída e provolone gratinado (R$ 18) é o prato da Cachaçaria Santo Mé, servido aos sábados e domingos, das 10h às 19h. O Restaurante Sal & Pimenta também optou pelo escondidinho de abóbora, mas com linguiça calabresa. O prato será um dos servidos no buffet (R$ 54,90), às quartas, das 11h15 às 14h30.

Trilha Café oferecerá várias delícias com a cabotiá: Coxinha de abóbora recheada com brisket e queijo – detalhe, o peito bovino é defumado com lenha de café – (R$ 10) e Cerveja artesanal de abóbora cabotiá com especiarias 6,2% de álcool (R$ 35). Tem até biscoito de abóbora para Pet (R$ 12). Todas essas opções estão disponíveis todos os dias, das 9h às 18h. Ainda tem sobremesa, de sábado e domingo, das 9h às 19h: Panqueca de abóbora cabotiá defumada, servida com sorvete de nata e melaço de figo (R$ 20). Já no Shopp Café a inusitada empanada “Caiçara”, com massa e recheio de abóbora e camarão (R$ 12), todos os dias, das 09h às 19h. Sorvete de creme de abóbora com coco (R$ 3 a casquinha com duas bolas); de segunda-feira a domingo, das 9h às 19h, é a sugestão da Sorveteria do Paraná.

O Festival Gastronômico Sabores de Socorro é uma iniciativa da Associação de Turismo da Estância de Socorro (ASTUR) e o objetivo é valorizar a gastronomia da cidade, incentivar a produção local e estimular o turismo.

Nesta edição haverá premiação para três estabelecimentos que serão avaliados pelos próprios visitantes. Serão três categorias: destaque do ano, melhor apresentação e criatividade.

Todos os locais estão cientes e comprometidos em colocar em prática os protocolos de higiene para prevenção da Covid-19. De forma geral, as medidas de segurança tomadas são obrigatoriedade no uso de máscara, disponibilização de álcool em gel e distanciamento das mesas.

Abóbora Cabotiá   –    Também conhecida como abóbora japonesa, pertence à família das cucurbitáceas e é um legume híbrido, resultado da união entre espécies. É rica em antioxidantes, contribui para a saúde dos olhos e da pele, mantém o bom funcionamento do intestino, ajuda a emagrecer com saúde e a manter a saúde do coração.

Arredondada, de casca verde escura, resistente e rugosa (que pode ser consumida e ainda é fonte de fibras, ferro e vitamina C) e polpa amarelo alaranjada (devido ao alto teor de betacaroteno presente) e sabor adocicado, a cabotiá serve de base para inúmeros preparos.

Quem participa e os telefones para contato ou acesse: www.socorro.tur.br 

– Cachaçaria Santo Mé – Tel.: (19) 99769 1349

– HamburQueen – Tel.: (19) 97107 9267

– London Cafeteria e Bistrô – Tel.: (19) 99859 0387

– Nectaria Good Foods – Tel.: (19) 99730 8628

– Restaurante Ancestral (dentro do Parque Pedra Bela Vista) – Tel.: (19) 9 9175 7600

– Restaurante Cantinho Família Aventura – Tel.: (11) 9 9825 4042

– Restaurante Casa Alfredo – Tel.: (19) 99722 3182

– Restaurante do Nicó (dentro do Grínberg´s Villa Hotel) – Tel.: (19) 3895 9500

– Restaurante do Vale (dentro do Parque Vale das Pedras) – Tel.: (19) 97172 4260

– Restaurante Monjolinho (dentro do Parque Monjolinho) –  Tel.: (19) 99898 8118

– Restaurante Sal & Pimenta – Tel.: (19) 99332 2615

– Ristorante D’Napoli – Tel.: (19) 99191 3785

– Shopp Café – Tel.: (19) 99778 1114

– Sorveteria Paraná – Tel.: (19) 99931 1231

– Trilha Café – Tel.: (19) 99997 8173

– Villa Empório – Tel.: (19)  99438 9006

 

Descubra Socorro: Estância Hidromineral de Socorro, a “cidade aventura”, é um dos nove municípios a integrar o Circuito das Águas Paulista. Já é referência nacional em turismo de aventura e turismo acessível e se dedica para se tornar também um destino sustentável e pet friendly. Para isso, diversas ações de conscientização são criadas e envolvem moradores, empresários e turistas.

Gastronomia variada, lazer para toda família e a melhor experiência em atividades culturais e passeios cercados pelas belezas naturais da Serra da Mantiqueira. Visitas guiadas ou autoguiadas em mais de 1300km de caminhos rurais disponíveis ao público. A mais recente certificação do município aconteceu no fim de abril, quando recebeu o selo Safe Travels (viagens seguras) concedido pela World Travel & Tourism Council (WTTC).

ASTUR – A Associação de Turismo da Estância de Socorro – SP, que tem como objetivo a promoção de ações para o desenvolvimento sustentável das empresas associadas e o fomento do turismo de Socorro, sempre em consonância com o COMTUR (Conselho Municipal de Turismo) da cidade. Na “Estância Hidromineral” – status conquistado por cumprir determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual, o que também dá o direito ao município de agregá-lo ao nome -, atualmente, são 70 empresas associadas de diversos setores turísticos como hospedagem, ecoturismo, atividades de aventura, turismo rural, gastronomia e compras.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro + dezoito =