Empresas de produtos vegetarianos crescem na crise

0

Os estabelecimentos que oferecem produtos vegetarianos, sem carne, ou veganos, sem nenhum produto de origem animal, tem aumentado entre os que buscam um estilo de vida saudável. De acordo com empresários do setor, consultados pela Folha, houve um aumento de aproximadamente 40% no último ano.

A Mr. Veggy, especializada em produtos congelados, tinha um faturamento de R$ 15 mil em 2009, e agora tem estimativa de R$ 1,9 milhão até o fim desse ano. “No Brasil, é forte o consumo de carne, mas já se ouve falar mais do vegetariano”, diz Mariana Falcão, fundadora da empresa.

A Surya, empresa de beleza e cuidados pessoais, se tornou vegana há dez anos devido ao estilo de vida adotado pela proprietária, Clélia Angelon. De acordo com ela, recentemente a marca viu aumentar a procura por produtos desse gênero. “Naquela época, isso não fazia diferença para o cliente. Foi agora que começamos a ver uma procura, até por questão de saúde”, conta.

O empresário Alexandre Borges comprou a Mãe Terra, marca que produz farinhas, cereais e biscoitos orgânicos com mel, e viu a empresa crescer 40% no ano passado. “Tenho uma paixão muito grande pelo segmento, e vi que era uma grande oportunidade de negócio”.

A Mãe Terra agora oferece seus produtos nos voos da Gol. “A gente quer atingir um público que não é vegetariano, mas pode ser simpático a uma alimentação baseada em plantas”, afirma Borges.

Fonte: Folha de S.Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × 3 =