Empreendedora potiguar é premiada por criar maquina de biscoito de baixo custo

0

Por Redação FSN – 26 de fevereiro de 2014

Nesta terça-feira (25), o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) realizou, em Brasília, a 10ª edição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, que  homenageia fundadoras de empresas inovadoras, capazes de modificar a sociedade em que estão.

Na categoria Pequenos Negócios, a vencedora foi Rosângela de Melo, de Pontegi (RN), por desenvolver um aparelho de baixo custo que consegue produzir 40 tipos de biscoitos sem o consumo de energia elétrica.

A iniciativa surgiu quando Rosângela percebeu que existia uma grande demanda por biscoitos de polvilho em sua cidade. Como não tinha dinheiro para adquirir uma máquina pingadeira, usada para fabricar o alimento, a potiguar uniu-se com um mecânico para construir o aparelho de menor custo.

Com o sucesso de sua criação, Rosângela deixou o emprego em uma padaria e criou a “Produtos Regionais”, que atualmente conta com uma venda de 60 mil biscoitos por mês. Segundo a empreendedora, o sucesso de sua marca está nas características caseiras de seu produto. “Propositalmente, os biscoitos não têm um formato padrão, o que torna um diferente do outro e garante as características artesanais”, afirma.

A Produtos Regionais já está presente em 40 municípios e, de acordo com Rosângela, a expectativa para os próximo anos é expandir a área de atuação da empresa para 167 cidades no Rio Grande do Norte. Para isso, ela aposta em locais onde as demais empresas do ramo não chegam. “Enquanto meus concorrentes estão brigando entre si pelo mercado da capital, estou trabalhando minha expansão para o interior com tecnologia de ponta”, diz a empreendedora.

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios começou em 2003 com menos de mil inscritas. Já para a edição deste ano, cerca de sete mil mulheres enviaram suas histórias. Na primeira etapa da seleção, 66 trabalhos de cada estado foram selecionados. Destes, nove foram escolhidas por um júri para a fase final da premiação – sendo três de cada categoria.

Além de Rosângela, Maria de Fátima Mota Barbosa ficou com a primeira colocação da categoria Produtora Rural (por estimular a economia pesqueira de Sumé (PB), criando uma técnica para retirar espinhas de uma espécie de peixe), e Regina Célia de Oliveira levou a melhor na categoria Microempreendedora Individual (por descobrir uma maneira de reaproveitar lixo inorgânico para produzir sabão).

img_1449
As três vencedoras do prêmio Sebrae: Rosângela de Melo, Maria de Fátima e Regina Oliveira

Fonte: PEGN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

vinte + 1 =