Em constante evolução

0

O setor de padarias cresce e se desenvolve, apresentando inovações que buscam atrair o cliente e se destacar no mercado

J á passou a época em que as padarias ofereciam apenas pão e café. Hoje, esses estabelecimentos se tornaram referência no food service, servindo pratos para todas as refeições do dia e contando com um espaço próprio para a alimentação fora do lar.
Esse setor está em constante crescimento e a palavra de ordem é inovação, que diferencia as padarias no mercado e atrai consumidores. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (Abip), o faturamento do setor de panificação cresceu 11,6% em 2012, em comparação com o ano anterior, para R$70,29 bilhões.
O presidente da entidade, Alexandre Pereira, informou que, apesar do resultado positivo, o consumo per capita de pão do brasileiro está estacionado nos 33,5 quilos por habitante ao ano, o que corresponde a pouco mais da metade dos 60 quilos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), da ONU (Organização das Nações Unidas), o que mostra o enorme potencial desse mercado.
De acordo com Pereira, o crescimento do setor de panificação pode ser explicado pelo processo de modernização que ele atravessa, com oferta e diversidade maior de produtos e serviços, além de avanços nos processos de gestão. “A padaria soube se reinventar, transformando-se num autêntico centro de conveniência para o consumidor”, diz.
As padarias apostam na reinvenção constantemente, agregando valor aos seus serviços, sem deixar de oferecer o pão, produto querido pelos brasileiros, e parte da rotina da população.
Pioneira nos orgânicos
A Molino D’oro é a primeira panificadora orgânica certificada pelo IBD (Instituto Biodinâmico de Desenvolvimento) no Brasil. Situada no Sítio do Moinho, empresa produtora e importadora de alimentos orgânicos localizada em Itaipava, no Rio de Janeiro, a panificadora produz e vende pães orgânicos assados e semiassados desde 2004.
Entre os tipos de pães assados fabricados estão o integral, o pão de forma, a torradinha, o bolo e o panetone; já na linha dos semiassados estão o francês, o italiano, as minibaguetes, a foccacia, a diabatta, o filone, os croccantes, o pane romano e o disco de pizza. Os pães da Molino D’oro não contêm conservantes, corantes ou umectantes, e passam pela consultoria da chef italiana Elena Ruocco.
Os pães produzidos pela Molino D’oro são compostos por farinha orgânica importada da Itália, água pura da Serra, açúcar orgânico e fermento natural. De acordo com Ângela Thompson, sócia do Sítio do Moinho, a farinha italiana foi escolhida devido ao seu maior potencial de panificação. “Os componentes aqua-solúveis da farinha são essenciais para a produção de um pão com volume, textura, maciez, paladar e frescor adequados ao padrão Sítio do Moinho, idêntico ao padrão italiano”, afirma.
Além da certificação do IBD, o Sítio do Moinho implantou também o Selo Ecossocial, em 2006, que garante aos consumidores a origem orgânica dos produtos, além de ampliar as práticas de preservação ambiental e as melhorias sociais aplicadas no dia a dia em beneficio dos funcionários e do meio ambiente.
Área para food service
A Confeitaria Romana, fundada em 1996 em Campinas, une confeitaria – com enorme variedade de bolos, tortas e doces –, pastifício e rotisseria – oferecendo salgados, patês, antepastos, carnes, massas, molhos, azeites e vinhos importados – e panificadora, preparando pães nos mais diversos tipos e formatos, além de sanduíches quentes e frios, sucos, vitaminas e sorvetes.
Além de ser aberta para encomendas e compras, a Confeitaria Romana conta com um espaço próprio para alimentação fora do lar, onde os consumidores podem saborear os produtos no café da manhã, almoço, chá da tarde e happy hour.
Em 2012, a empresa inaugurou uma nova unidade em Itatiba, com o objetivo de atender famílias, jovens, casais e pessoas em busca de momentos agradáveis. O restaurante da loja acomoda 100 pessoas sentadas e possui balcões de pães, doces, guloseimas e uma área com jornais diários e revistas.
Foco em todo perfil
de consumidor
A Uno&Due, rede de padarias fundada em São Paulo em 1993, tem como principal objetivo a revolução na metodologia de produção e venda de pães e lanches. Todas as lojas da empresa possuem um estilo arrojado e moderno, que possibilitam que os consumidores identifiquem a marca imediatamente.
As padarias da Uno&Due permitem que os consumidores acessem diretamente os produtos escolhidos ao mesmo tempo em que possibilitam o atendimento no balcão ou nas mesas para uma refeição rápida, além de disponibilizarem alimentos para serem preparados em casa.
Atenta às tendências de mercado, a rede de franquias Uno&Due recentemente incrementou o cardápio, implantando mais de 10 novas linhas de produtos, como massas, pizzas e vinhos, além de lançamentos sazonais, como sopas e sucos exóticos. De acordo com Eguiberto Rissi, máster franqueado da companhia, o crescimento pode ser explicado pela evolução do setor de padarias, que aderiram ao segmento do food service. “Já foi o tempo em que o cliente parava na padaria apenas para um cafezinho. Hoje em dia, ele quer encontrar uma variada gama de produtos sem abdicar do acolhedor clima de uma padaria tradicional”, afirma.
A Uno&Due apresenta três diferentes tipos de lojas, a fim de atender as necessidades de todos os tipos de consumidores e mercados. Há a Padaria Express, voltada para as regiões empresariais e comerciais, onde existem serviços de fast food para café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar; a Cafeteria, uma versão menor de padaria, que funciona em diversos locais – como centros empresariais, corredores de shoppings centers – e conta com mix mais reduzido de produtos; e a Padaria, em um ambiente mais amplo, objetivada em atender principalmente aos consumidores residenciais, que têm mais tempo para fazer as refeições.
Para todos os paladares
A Padaria Bella Paulista, casa de pães que une restaurante, lanchonete, pizzaria, bar, confeitaria e conveniência, é localizada em São Paulo e recebe mais de seis mil pessoas por dia. Além desses serviços, a loja ainda oferece boulangerie, gelateria, laticínios e adega.
Com toques modernos e refinados, o ambiente amplo da Bella Paulista faz do food service um de seus principais mercados, com um restaurante que fornece desde sanduíches rápidos a pratos mais elaborados como risotos, massas, carnes, peixes e saladas.
Durante a noite, são oferecidos, além de sanduíches, lanches e pratos, pizzas de quase 10 tipos diferentes. Há ainda um buffet de sopas com cinco alternativas de sabores, que agradam os mais variados paladares dos consumidores que buscam refeições mais leves durante toda a madrugada.
A padaria conta, ainda, com um sistema de buffet, que, durante o café da manhã, dispõe de grande variedade de pães, frios, minissalgados, bolos, tortas e sucos. Para o almoço, há duas variações de pratos – mineirinho e brasileirinho – e uma sugestão do dia com preço mais acessível.
A adega da Bella Paulista conta com rótulos que prezam o bom custo-benefício, além de um sommelier de plantão que tira as dúvidas dos clientes. A boulangerie da casa oferece pães, tortas, bolos e docinhos árabes, portugueses e brasileiros tradicionais, e, ainda, o carro-chefe da casa, o brownie de chocolate. Ao lado, há uma estação de queijos nacionais e importados, que divide espaço com uma estação de hortifruti, garantindo boas opções aos clientes.

Molino D’oro:
www.sitiodomoinho.com
Confeitaria Romana:
www.confeitariaromana.com.br
Uno&Due:
www.unoduerj.com.br
Bella Paulista:
www.bellapaulista.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × dois =