Doces resultados

0

Pesquisas indicam que os brasileiros apreciam muito comer doces. Mas, afinal, quais são os mais pedidos nos estabelecimentos hoje?

Um levantamento da Sucden, multinacional do ramo açucareiro, mostrou que o Brasil era o quarto país do mundo que mais consumia doces em 2014. Já em 2016, o Ministério da Saúde apontou que um em cada cinco brasileiros come doces cinco ou mais vezes na semana.

Doces resultados
“É preciso ficar atento ao mercado, pois ele é muito dinâmico e muda diariamente”, afirma Renato Dianese, sócio da cafeteria Lá Na Vó

Mais recentemente, a pesquisa ConVid, realizada pela Fundação Oswaldo Cruz em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apontou que durante a pandemia da Covid-19, o consumo dos produtos subiu, com 63% dos jovens adultos entre 18 e 29 anos ingerindo doces duas ou mais vezes na semana.

No food service, esse tipo de item é bastante importante para muitos estabelecimentos, que investem na produção dos doces favoritos da população.

Inovação e tradição andam juntos

Doces resultados
“O que determina o sucesso dos doces na padaria é a adoção de um padrão de qualidade elevado nos produtos, atendendo demanda dos clientes”, afirma Vinícius Dantas, presidente do Sindicato e Associação Mineira das Indústrias de Panificação (Amipão)

Vinícius Dantas, presidente do Sindicato e Associação Mineira das Indústrias de Panificação (Amipão), afirma que, apesar de serem dados variáveis, tortas doces e de aniversário, brigadeiros e pudins são costumeiramente os mais procurados nas padarias.

“Em geral, os doces mais procurados são as tortas doces e as tortas de aniversário, que acabam virando produtos para a sobremesa. Os doces como pudim e brigadeiro também têm grande demanda do consumidor. Esse levantamento pode variar conforme a região e também sofrer alterações devido ao que é implementado pelo empresário em seu negócio em termos de oferta de produtos ao consumidor. As padarias têm como característica a produção artesanal e possuem mix de produtos diversificados e, em muitos casos, receitas próprias”, destaca.

Dantas diz que o sucesso dos doces é algo cultural. “Os doces fazem sucesso devido ao hábito de comer doces, de comer sobremesa, natural da nossa população. O que determina o sucesso dos doces na padaria é a adoção de um padrão de qualidade elevado nos produtos, atendendo a demanda dos clientes”, afirma. “Quanto maior a inovação e qualidade de um produto, maior é o preço, pela mão de obra mais qualificada para execução da receita, pela matéria-prima utilizada na produção, entre outros fatores. A qualidade sempre vai impactar no preço. O mercado da panificação já percebe que não pode precificar no intuito apenas de vender. É preciso trabalhar com preços justos”, frisa.

Questionado sobre a causa do sucesso de determinados produtos, Dantas afirma que é algo bastante subjetivo. “Existem produtos que surgem e fazem mais sucesso que outros, alguns após estudos, análises para conquistar o mercado, como a chegada dos pães artesanais, que fazem grande sucesso na Europa, ao mercado brasileiro, um movimento planejado. Por outro lado, alguns produtos fazem sucesso por saudosismo, pelo valor afetivo. Por exemplo, a rabanada, o pudim de pão, a marta rocha, a maria mole. Outro fator de sucesso são as sazonalidades que trazem uma demanda por diferentes tipos de produtos. Os caldos doces, como canjica doce e mingau de milho verde, são sucesso na época de festa junina”, pontua ele.

Confort Food

Doces resultados
“O importante é conseguir se adequar à realidade que vivemos para conseguir o lugar no mercado”, afirma Renato Dianese, sócio da cafeteria Lá Na Vó

Renato Dianese, sócio da cafeteria Lá Na Vó, localizada em São Paulo capital, afirma que os doces mais pedidos no estabelecimento são o bolo de coco gelado embrulhado no alumínio, grapette e o banoffee. O empresário acredita que o sucesso dos dois primeiros se deve à proposta da casa de resgatar a nostalgia da infância e festinhas dos anos 90 e, no caso do último, à alta no mercado de doces atualmente.

Perguntado sobre a relação custo-benefício dos produtos e se é importante buscar oferecer preços acessíveis aos consumidores, Dianese afirma ser necessário se atentar ao mercado e às suas mudanças, para conseguir conciliar preço, qualidade e valorização.

“Com certeza! Percebo que cada vez mais as pessoas procuram produtos de qualidade e com um custo-benefício! É o que procuramos aplicar aqui no Lá Na Vó, com receitas clássicas simples e caseiras. É preciso ficar atento ao mercado, pois ele é muito dinâmico e muda diariamente, com muitos produtos de qualidade e de todos os valores, o importante é conseguir se adequar à realidade que vivemos para conseguir o lugar no mercado”, afirma.

O sócio da Lá Na Vó ainda explica a relação da “filosofia do estabelecimento” com a procura dos produtos, afirmando que a busca é por itens que remetam à infância dos clientes, trazendo sabores e memórias afetivas.

“Na verdade, o conceito da loja foi pensado justamente no momento que passamos, em que a tolerância com o próximo é mínima, em que as pessoas cada vez têm menos tempo para coisas importantes, como o contato com pessoas, familiares. Eu morei grande parte da minha infância com a minha avó, da qual só tenho lembranças de afeto, carinho e boas comidas. Com isso, quisemos trazer à tona produtos característicos das épocas passadas, os quais acreditamos que foram muito marcantes para muitas pessoas. E esses produtos são o que a maioria procura na loja”, relata ele.

Dianese afirma ainda que, em decorrência da pandemia da Covid-19, precisou adotar o delivery, sentindo algumas mudanças no público consumidor.

“Tivemos que nos adaptar começando a operação de delivery. Como a loja é muito recente, inaugurada em dezembro de 2019, o que aconteceu foi que o planejamento foi antecipado devido à pandemia. Percebemos que os produtos no delivery são um pouco diferentes, pois o público de aplicativos de delivery tem uma faixa etária mais baixa e muitos não viveram a história dos produtos. Tivemos o aumento de tortas, doces e salgadas, e kits para família também”, destaca.

Amipão
www.portalamipao.com.br
Lá Na Vó
www.instagram.com/vamoslanavo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezenove + três =