Divisor de águas

0

Ações sustentáveis em torno da preservação de recursos hídricos têm sido um marco importante na história

Várias campanhas de conscientização e movimentação em torno da preservação da água têm sido realizadas no Brasil. Muitas empresas têm feito ações nesse sentido.

Preocupação com o consumo

Érika Felícia Araújo, supervisora de meio ambiente da Bem Brasil Alimentos, conta que a empresa reutiliza 90% da água utilizada em seus processos, além de tratar os 10% restantes. Ela detalha o método utilizado.

“A Bem Brasil Alimentos tem se preocupado muito com os processos industriais em relação ao consumo de água, pois sabemos que o recurso é finito e temos que trabalhar de forma sustentável. Hoje conseguimos reutilizar 90% da água por meio de tanques de decantação no processo de lavado, sendo que os outros 10% é água tratada pelo sistema da ETA – Estação de Tratamento de Águas e esta repõe quando necessário os tanques, e clarifica a batata no último estágio do processo para linha produtiva. Dentro do próprio processo já temos equipamentos que consomem menos o recurso e há uma recirculação de água em algumas fases do processo. No processo da caldeira, conseguimos reutilizar 60% de água através do retorno do condensado da turbina e condensado da produção, tendo como consequência um consumo menor de água tratada pelo processo de desmineralização, consumindo 40% deste em toda atividade. São feitos treinamentos e orientações para uso consciente de água com os colaboradores nos nossos processos e atividades”, afirma ela.

A supervisora fala ainda sobre os equipamentos usados no processo de reutilização e tratamento da água utilizada na Bem Brasil. “Os condensadores são equipamentos auxiliares na reutilização e economia de água na atividade da caldeira e instalações de medidores de água serão instalados em todo o processo produtivo”, ressalta.

Divisor de águas
“São feitos treinamentos e orientações para uso consciente de água com os colaboradores nos nossos processos e atividades”, afirma Érika Felícia Araújo, supervisora de meio ambiente da Bem Brasil Alimentos

Érika Araújo também cita os benefícios de adotar políticas sustentáveis em relação à água, destacando vários ganhos com as ações, como economia energética, produtividade e eficiência.

“Os benefícios da otimização e redução do consumo de água na indústria nos trazem vários resultados sustentáveis, como aumento da competitividade, produtividade e eficiência dos processos, economia de outros insumos (energia elétrica, por exemplo) e do próprio recurso natural – água, redução de custos, melhoria da imagem corporativa frente à sociedade (consciência ambiental). Outro fator importante é que no processo da caldeira tem-se o retorno de uma água de melhor qualidade no condensado, mais pura pelo processo de evaporação, e por consequência temperatura mais elevada, resultando em uma economia energética da caldeira”, detalha ela.

Perguntada sobre a existência de novos projetos em fase de implantação na Bem Brasil, Érika Araújo afirma que a empresa trabalha com ideias que vão de captação de chuva à reutilização da água em processos da empresa.

“Sim, estamos com projetos de captação de água de chuva para limpeza das nossas áreas internas e jardinagem para garantir um uso mais nobre para este insumo, reúso de água na lavagem dos filtros da estação de tratamento de água, economia circular, reúso do efluente tratado na Unidade de Araxá”, afirma.

A profissional finaliza contando sobre projetos de fertirrigação. “Temos também a fertirrigação em Perdizes, que consideramos uma prática como um dos métodos mais eficientes na utilização sustentável dos recursos hídricos com o objetivo de economia de água. Trabalhamos temas como uso racional de água e consumo consciente nos treinamentos de reciclagem e Educação Ambiental com todos os colaboradores e comunidade (principalmente escolas) enfatizando práticas ambientais, buscando através da sensibilização e conscientização ambiental um futuro sustentável e a garantia da longevidade do negócio”, destaca ela.

Uso econômico e racional

Simone Figueira Guimarães, gerente de vendas e marketing da Libre Alimentos, comenta sobre as ações da empresa visando a economia de água e seus principais benefícios, tanto interna quanto externamente. Ela ainda conta os principais desafios em relação ao assunto.

“Designamos métodos e boas práticas para nossa equipe de produção. Fazendo treinamento para sempre termos um uso econômico e racional da água. Os principais benefícios são a economia dos gastos internos e a sustentabilidade gerada pela economia. Os maiores desafios são sempre de infraestrutura e adaptação de logística interna”, afirma ela.

Para Simone Guimarães, o público consumidor se preocupa cada vez mais com a origem dos produtos que consome e se a produção agride ou não o meio ambiente.

“Vivemos em uma sociedade em que o consumidor está cada vez mais preocupado com o meio ambiente e essa questão virou uma das prioridades na Libre. Essa prática ajuda a empresa a entender cada vez mais o nosso consumidor e influenciá-lo a adotar estilos mais saudáveis e sustentáveis”, diz.

Bem Brasil
www.bembrasil.ind.br
Libre
comprelibre.lojaintegrada.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 2 =