Feitos por mãos de fada

Delicados e de bonita aparência, os cupcakes ganharam o mercado brasileiro e atraem a atenção dos fabricantes de ingredientes, restaurantes e padarias

0

Você sabe o que é bolo de xícara? Talvez não, mesmo porque existe um nome próprio para esse bolinho já muito conhecido e degustado no Brasil chamado cupcake. De origem inglesa, seu nome original é fairy cake (bolo de fada). Por serem pequenos, delicados e de bonita aparência, parece que realmente foram feitos por mãos de fada. Porém, o nome cupcake veio dos Estados Unidos por se tornar muito famoso nesse país, já que sua receita, tradicionalmente, é feita usando xícaras como medida. São parecidos com os muffins, mas os minibolinhos são mais leves e decorados. O doce tornou-se popular no Brasil, marcando presença vip em festas com os mais variados temas, em especial nas infantis. Em casamentos, nascimentos e outros eventos, o cupcake é usado como lembrancinha.

Com o passar do tempo, o cupcake foi sendo reinventado e, hoje, há muitas receitas, modos de preparo, sabores e recheios. Tem o clássico bolinho de chocolate harmonizado com diversos ingredientes, cupcakes de frutas, doces e salgados, veganos, integrais, com diversas coberturas e recheios. O doce tem vários formatos, e são as formas que dão o aspecto de um genuíno cupcake. Podem ser redondos, de corações, estrelas, flores, ovais e até natalinos. O mercado desse doce já virou moda no Brasil. Em meados de 2006, ele caiu no gosto popular e continua até hoje. Nos últimos anos, a sua fama fez com que o produto ganhasse lojas próprias nas principais cidades do país, sendo incluídos nos cardápios de grandes redes. A demanda pelos bolinhos ainda está aumentando no mercado nacional, já com preços acessíveis, especialmente em São Paulo e Rio de Janeiro. Em algumas partes do país, o doce ainda é novidade, e a procura dos consumidores tem sido alta, fazendo com que fábricas, distribuidores e revendedores incorporassem o cupcake em sua linha de fabricação e comércio.

Essencial

A Vigor Alimentos e sua linha de marcas food service possui ingredientes que compõem o bolinho, tais como a Margarina Amélia Bolos, Massas e Cremes, o Leite UHT Integral Leco e o Chantilly ao Leite Amélia – este último para decoração. São marcas que fabricam produtos essenciais no preparo do cupcake, que tanto vem enfeitando as sobremesas de milhares de consumidores. Para o preparo do doce, a receita é simples, segundo a Vigor, mas exige criatividade na decoração: o cupcake leva 600g de farinha de trigo, 300g de margarina, 600g de açúcar, 400g de ovos, 350ml de leite integral, 20g de fermento em pó, essência de baunilha a gosto e 1000ml de chantilly.

Criatividade em alta

O doce é uma ótima opção de negócio, mas sem apostar na inovação, ele cai na mesmice e não atrai os consumidores. Para se consolidar, o uso da criatividade é fundamental neste mercado. A Nestlé também investe nos quitutes, principalmente comercializando produtos para uso de recheios. A linha de sobremesas Moça conta atualmente com os sabores Brigadeiro, Beijinho e Chocolate Cremoso. Eles possuem consistência cremosa e são ótimos para cobrir e rechear bolos, tortas e cupcakes. A linha Moça, embalada em lata, é prática e versátil para consumo imediato além de possibilitar o preparo de diversos tipos de sobremesas.

Para fazer bem

A Qualimax possui uma linha especializada voltada para a área de food service, a Qualimax Food Service. São mais de 80 produtos diferentes que oferecem qualidade, custo-benefício e praticidade para seus consumidores. A linha de food service é composta por bases salgadas, doces, bebidas e vending machine. Para atender a demanda de fabricação de cupcakes, a companhia tem o Creme de Chantilly Qualimax Food Service, disponível em embalagens de 510g, de preparo rápido e fácil, com uma composição leve e consistente. O produto é ideal para confeitar sobremesas, rechear bolos e tortas e, claro, o minibolo, entre outras atribuições. O creme pode ser preparado com água ou com leite. Os Recheios Cremosos Qualimax têm produtos nos sabores chocolate, coco, maracujá e morango. São fáceis de fornear e espalhar, além de cremosos. Sua consistência impede que o recheio escorra, dando cor e brilho. Os recheios estão disponíveis em baldes de 4,5kg com tampa que veda hermeticamente, conservando suas características por mais tempo. Tem também os Recheios de Frutas Qualimax nos sabores damasco com polpa de damasco e morango com morangos e sementes. Estes possuem as mesmas características e tipo de embalagem mencionados nos recheios cremosos.

Várias opções de cupcake

O Grupo Festpan, também atuante no mercado brasileiro de food service, tem foco no segmento de panificação e confeitaria. A empresa tem um extenso portfólio com mais de 2,5 mil itens de panificação, confeitaria e culinária. A Festpan Alimentos distribui mais de 680 marcas além de próprias. Para a composição do cupcake, a empresa possui leite e derivados, preparos para chantilly, recheios forneáveis nos sabores ameixa preta, chocolates preto e branco, banana com canela, maçã com canela, goiaba, morango, baunilha, brigadeiro, frutas vermelhas, maracujá, coco, leite condensado, limão, nozes, uva e abacaxi.

Essa infinidade de recheios não é exagero quando se trata de rechear e confeitar cupcakes. O bolinho é um sucesso no mercado nacional justamente por ser de diferentes jeitos e sabores. Cada consumidor prefere de uma forma, e as empresas se adaptam para que o público seja atendido conforme deseja. O doce pode ser recheado com creme, geleia, entre outros tipos. De forma simples, quem estiver preparando-o corta o bolinho ao meio e espalha o recheio ou usa um saco de confeitar com uma ponta de metal ou plástico, enfiando a ponta no centro do bolo e apertando, inserindo o recheio. A “voltinha” que tem em cima do bolinho, sendo ela a cobertura, faz toda a diferença na visualização do doce. O uso de cremes, balinhas, confetes e alguns grãos dão um toque especial que não pode faltar.

No mercado

Os preços e os tamanhos do cupcake variam muito. Normalmente, são feitos os bolinhos de 25 a 110g. Grandes grifes e marcas usam o sua própria logomarca nos cupcakes por se tratar de um doce fino e atraente.

Esse quitute, de receita importada, ganhou uma adaptação brasileira, diferente das massinhas duras e cobertas de glacê, pasta americana ou creme de manteiga da versão norte-americana. O formato nacional é o mesmo, com belas e criativas coberturas, porém a massa é fofa, algumas com recheios, dispensando o gosto excessivo de manteiga que costuma ter lá fora. Há, assim, o cupcake feito com base de goiabada com canela e cobertura de merengue branco e lascas de castanha do Pará. Há também a versão clássica do “bolo de cenoura” no minibolo: massa de cenoura com merengue e cobertura de chocolate. Chocolate recheado com cocada cremosa, chocolate com doce de cupuaçu, de jabuticaba, são outros tipos nacionais.

A criatividade não tem limites tratando-se dessas gostosuras. Existem pacotinhos de pipoca, macarronada com almôndegas – só na aparência – porque a cobertura é de frutas vermelhas, maçãs, sushis, espigas de milho feitas com jujubas amarelas e brancas, pizza, xícara de café com marshmallow, caixinhas com yakissoba, sorvetes, hambúrguer, entre muitos outros formatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × 3 =