Culinária mineira movimenta setor em Minas Gerais

0

De norte a Sul de Minas Gerais, a culinária é um dos fatores mais marcantes na cultura. Profissões ligadas à culinária quase triplicaram nos últimos anos, deixando o mercado ainda mais aquecido. Para ter uma ideia, o setor movimenta anualmente cerca R$20 bilhões e pretende continuar crescendo com incrementos no setor.

A culinária mineira ganhou ainda mais reconhecimento ao ser elogiada, em 2013, no festival espanhol Madrid Fusion. Foi a partir desse momento que a culinária mineira ganhou impulso no mercado internacional. De acordo com a Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), naquele ano o Brasil tinha aproximadamente 1 milhão de estabelecimentos voltados para o setor. Destes, 105 mil empresas em Minas Gerais eram voltadas exclusivamente para o food service.

Só no estado mineiro, o setor movimenta 630 mil empregos. “Com a correria do dia a dia, a ausência da secretária do lar, as pessoas estão procurando esses locais próximos de casa para comer, tomar uma cerveja, e se divertir. Nos últimos dois anos, o segmento vem crescendo muito em Minas”, ressalta Mônica Alencar, analista do Sebrae Minas.

A analista conta que a culinária representa 40% do Produto Interno Bruto (PIB), no turismo nacional. Apenas em Belo Horizonte, esse setor possui 20 mil empresas e movimenta entre R$4 bilhões a R$5 bilhões por ano. “Começamos o ano com um projeto gastronômico da capital, e vamos virar o ano de 2015 com mais de 10. Estamos trabalhando nas cidades de Viçosa, Pirapora, Juíz de Fora, Formiga e Uberlândia”, aponta, dizendo que a atuação nesses locais é voltada para os empreendedores que querem estruturar seus negócios. “A procura por atendimento nessa área no Sebrae cresceu cerca de 500% nos últimos cinco anos. É uma tendência, já que ninguém para de comer”, conta.

Fonte: Estado de Minas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 − 9 =