Crescimento expressivo

0
Crescimento expressivo

Itália no Box faturou R$ 18 milhões em 2020 e investe em expansão no Brasil e no exterior

Criada no ano de 2015, a Itália no Box, marca da holding GPA Franquias, apresentou um crescimento de 80% durante a pandemia, alcançando um faturamento de R$ 18 milhões no ano passado. São, atualmente, 40 unidades em 11 estados do Brasil. As expectativas da rede são de inaugurar, neste ano, mais de 60 unidades.

“Na Itália, a tradição que permeia as refeições vai muito além do momento em que os pratos são servidos. Cada família tem suas próprias receitas, que são passadas de geração para geração. Este é o caso da família Alberti, cujos netos e bisnetos que descendem de italianos foram os responsáveis por criar o Itália no Box. A rede de franquias Itália no Box foi criada em 2015, em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e em 2017, depois de tudo muito bem estruturado, demos início à expansão da marca”, conta Mário Pereira, diretor de expansão da Itália no Box.

Sobre o crescimento apresentado pela marca, Mário Pereira salienta a força do setor de alimentação e da culinária italiana no Brasil, além de destacar os diferenciais da rede.

“A franquia Itália no Box atua no setor de alimentação, setor muito blindado à crise e um dos que mais crescem todo ano. A culinária italiana é a segunda mais consumida no país, tornando o Brasil o terceiro maior consumidor de massas do mundo. O Itália no Box oferece um serviço rápido, prático, de extrema qualidade e eficiência, tanto pelo sistema de delivery quanto pelo atendimento no local. Mesmo tendo unidades com atendimento no local, sempre trabalhamos muito focados no delivery até para oferecermos essa comodidade e praticidade aos nossos clientes”, diz ele. “Um dos grandes diferenciais do Itália no Box é que possuímos fábrica própria, com isso conseguimos manter a padronização e qualidade de nossos produtos. Estávamos e estamos 100% preparados e, com muito trabalho e dedicação por parte de nossos colaborados e franqueados, a rede cresceu e muito nos últimos anos”, ressalta. O diretor de expansão da Itália no Box também conta que a marca está investindo em dois novos centros de distribuição e também em unidades próprias na Europa e nos Estados Unidos.

Mas a marca também enfrentou desafios. “Com certeza o ano de 2020 foi um ano a ser superado. Por mais que nossas unidades cresceram, tivemos que enfrentar a falta e aumento de alguns insumos, aumento dos custos em relação à logística de entrega etc”, conta Mário Pereira, que ainda relata como esses desafios foram superados. “Criamos novas dinâmicas, buscamos novos fornecedores/novos parceiros e flexibilizamos alguns processos de compra para os franqueados”, destaca ele.

Satisfação do cliente

Crescimento expressivo
“A culinária italiana é a segunda mais consumida no país, tornando o Brasil o terceiro maior consumidor de massas do mundo”, destaca Mário Pereira, diretor de expansão da Itália no Box.

A satisfação dos clientes, franqueados e colaboradores, segundo o diretor de expansão da Itália no Box, é a maior conquista da marca. “Nossa maior conquista é a satisfação de nossos clientes, franqueados e colaboradores. Sem eles não seríamos nada e preservamos muito os mesmos. Investimos muito no suporte/operacional da franqueadora para que nossos franqueados tenham sucesso na ponta. Sabemos o quanto é trabalhoso, mas quando vemos o resultado final, é muito gratificante. Estamos sempre em processo de evolução, sempre buscando melhorar em todos aspectos, desde nossos produtos sendo produzidos na fábrica até a entrega do box pronto para o cliente final. E olha que para isso existem muitos processos, mas estamos preparados para todos. A palavra ‘acomodado’ aqui não tem vez”, afirma ele.

De acordo com Mário Pereira, os bons resultados foram alcançados em equipe. “Sem o trabalho em conjunto (franqueadora e franqueados) nada aconteceria. Entendemos a situação, os franqueados travaram essa batalha com a gente e sem dúvida alguma superamos as expectativas”, diz ele.

Setor

Perguntado sobre as vantagens de atuar nesse segmento, Mário Pereira diz que “falar do setor de alimentação é muito fácil, setor blindado à crise e um dos que mais crescem no país todo santo ano. Fora isso, conforme mencionado anteriormente, é raro achar quem não gosta de uma boa comida italiana. Brasil é o terceiro maior consumidor de massas do mundo e a culinária italiana é a segunda mais consumida no país”, afirma.

No entanto, salienta ele, não se pode acomodar. “Apesar de ser um setor blindado à crise, não podemos nos acomodar. Como sempre fomos muito focados no delivery, em meio à pandemia por exemplo, não precisamos nos reinventar, nos reestruturar. Claro que criamos novas estratégias para algumas situações, sempre em busca de evoluir e melhorar a rede como um todo, focamos muito na qualificação e treinamento da nossa equipe, até para que nossos franqueados sempre estivessem muito bem respaldados, ainda nesse momento jamais vivido”, afirma ele.

Além disso, os clientes estão cada vez mais exigentes. “O cliente está cada vez mais exigente sim e tem que ser mesmo. Uma das coisas que o cliente sempre busca é qualidade do produto e o Itália no Box entrega um produto de excelente qualidade ao cliente final. Nos preocupamos tanto com isso que temos uma fábrica própria. Assim conseguimos manter o padrão e a qualidade de nossos produtos. Sabemos da correria do dia a dia e como atuamos muito forte com o delivery, fazemos um trabalho muito específico com nossos franqueados para que sempre cumpram com eficiência os prazos estipulados. Focamos muito a gestão de nossas unidades, é muito prática de conduzir, mas demanda uma atenção e seriedade sempre exigida”, diz ele, que destaca, ainda, que a culinária italiana é bem aceita em todo o mundo. “A culinária italiana é bem aceita em todo o mundo e vista como uma culinária requintada. Quando apostamos neste mercado, apostamos em algo consolidado”, afirma.

Mário Pereira também conta o porquê de a marca trabalhar com a comida no box. “A ideia era personalizar o marmitex e quando juntamos o padrão de produtos a uma embalagem personalizada, ganhamos confiança do cliente. É uma embalagem que agrada todo tipo de público”, afirma ele.

De acordo com o diretor de expansão da Itália no Box, o objetivo da marca é ter 100 unidades operando no país e 10 no exterior até o fim do ano que vem.


Itália no Box
www.italianobox.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 + doze =