Consumo de espumantes nacionais ultrapassa vinhos

0

Os espumantes nacionais devem superar a venda de vinhos finos esse ano. Desde 2004 o consumo dessa bebida mais que triplicou. O motivo desse aumento está relacionado com relação preço-qualidade, a menor concorrência com espumantes importados e a multiplicação da oferta nacional. Enquanto isso, os vinhos devem fechar 2014 com o volume abaixo do registrado há dez anos.

De acordo com o vice presidente do conselho deliberativo do Instituto Brasileiro de Vinhos (Ibravin), Dirceu Scottá, disse que o motivo que tem levado ao aumento no consumo de espumantes é o padrão de qualidade elevado em todas as faixas de preço, mesmo com o aumento de rótulos, de dez para mais de 50 em 20 anos. “Isto ainda não aconteceu nos vinhos”, conta Scottá.

Outra diferença entre os vinhos nacionais e os espumantes é em comparação com o produto importando.Os espumantes brasileiros correspondem a 77% dos 14,6 milhões de litros consumidos no país entre janeiro e outubro, segundo a Associação Brasileira da Vitivinicultura (Uvibra). Já com os vinhos, a relação é inversa. No mesmo período 81% dos 80,3 milhões de litros de vinhos consumidos no país são de marcas estrangeiras, principalmente argentinas e chilenas.

Segundo a Ibravin, em 2004 as vinícolas brasileiras venderam 5,5 milhões de espumantes no país. Nesse ano, o consumo saltou para 15,8 milhões de litros. Os vinhos finos, no entanto, oscilaram entre 19,7 milhões de litros para 20,1 milhões de litros de 2004 a 2013. Esse ano as vendas recuaram 8,9% para 15,4 milhões de litros.

Fonte: Valor Nacional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 5 =