Calzone: um nicho ainda pouco explorado

0

“O nicho de mercado de calzones ainda é pouco explorado pelos players, o que deixa uma grande oportunidade para quem busca inovar e criar novas experiências”, diz Bruno Jerke, CEO da Calzoon

O mercado de alimentação fora do lar oferece várias opções de produtos para os consumidores. Nesse cenário, há ainda itens pouco explorados pelo segmento, mas que são promissores e cheios de potencial. Um deles é o calzone.

O produto, de origem italiana, tem feito bastante sucesso e pode ser encontrado tanto em versões salgadas quanto doces. São diversos os sabores que têm cativado os consumidores.

Mercado

A Calzoon é uma das marcas que comercializam o calzone. A primeira loja da marca foi fundada em Joinville (SC), no ano de 1999. Posteriormente, tornou-se uma rede de franquias.

Atualmente, a empresa está presente em várias cidades e estados pelo País. No cardápio, há vários sabores salgados, como calabresa com requeijão, cinco queijos, filé com cheddar e vegetariano. Entre os doces, há sabores como brigadeiro, morango com chocolate e dois amores.

Bruno Jerke é CEO da Calzoon. Perguntado sobre como ele avalia o mercado do item no País, o profissional destaca que, aos olhos do mercado, o calzone ainda é um produto derivado da pizza.

Calzone: um nicho ainda pouco explorado
“Hoje nosso objetivo é ser visto pelo nosso público-alvo como uma marca jovem, amiga e fácil de compreender”, afirma Bruno Jerke, CEO da Calzoon

“Porém, isso tem mudado, assim como a Calzoon, existem outras marcas que trazem esse produto como carro-chefe no modelo de negócio das suas empresas, o que tem disseminado essa nova cultura de consumo na sociedade, de uma forma disruptiva. Hoje, já podemos perceber uma ótima aceitação do calzone como uma opção de refeição, nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Ceará e Paraíba, por exemplo. Essa aceitação vem do trabalho dessas empresas em apostarem no produto como uma novidade. Por ser um nicho que está começando no Brasil, o mercado dos calzones possui muitas oportunidades, já que é um produto saboroso, rápido e prático na hora do consumo, porém ainda precisa ser catequizado entre os consumidores, o que se torna um desafio para quem embarca neste nicho”, diz.

Acerca dos benefícios de investir nesse mercado, Jerke salienta que “o nicho de mercado de calzones ainda é pouco explorado pelos players, o que deixa uma grande oportunidade para quem busca inovar e criar novas experiências. O segmento de alimentação sempre foi e continua sendo um bom lugar investimento, já que a recorrência é praticamente garantida por se tratar de um produto essencial na vida das pessoas. Quem consegue inovar e construir uma nova forma de consumir o mesmo produto acaba criando uma nova tendência e se consolidando de forma rápida no mercado, como foi o caso da Calzoon, que cresceu 800%, em números de contratos no segundo semestre de 2019”, salienta ele.

Mas também existem os desafios encontrados nesse mercado. “Hoje no segmento alimentício, particularmente no nicho de fast-food, há uma concorrência muito grande no mercado, com preços e ofertas variadas. Em muitos casos, as ofertas dos grandes players são tão agressivas e desafiadoras, que o mercado acaba banalizando e limitando suas estratégias comerciais quase que exclusivamente em cima de preço e cupom de desconto.

Na Calzoon, por exemplo, oferecemos treinamento e assessoria para nossos franqueados para criar e responder essas estratégias do mercado. Assim, nessas horas, temos uma operação sólida e madura que se torna um diferencial para criar novas estratégias de vendas”, ressalta o CEO da Calzoon.

Sucesso

Perguntado sobre o porquê de o calzone fazer tanto sucesso, Jerke destaca alguns fatores, como a praticidade e o sabor.

“O calzone é uma comida rápida, barata e saborosa e por ser assado é considerado mais saudável e leve entre os consumidores. Assim, ele se torna uma ótima opção de refeição no dia a dia, sem cansar o paladar do consumidor”, destaca ele, que ainda fala acerca dos diferenciais da Calzoon. “Hoje nosso objetivo é ser visto pelo nosso público-alvo como uma marca jovem, amiga e fácil de compreender. Focada em oferecer uma experiência de consumo saborosa e agradável, com produtos leves, saudáveis, de rápido preparo e alta qualidade. Nos últimos anos, trabalhamos intensamente com nosso posicionamento de marca dentro das redes sociais para alcançar nosso objetivo. O crescimento da marca revela que já estamos colhendo alguns frutos desse investimento, mas ainda queremos que o calzone seja conhecido por todo o Brasil”, diz.

Planos

Calzone: um nicho ainda pouco explorado
“Hoje, já podemos perceber uma ótima aceitação do calzone como uma opção de refeição, nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Ceará e Paraíba, por exemplo”, diz Bruno Jerke, CEO da Calzoon

Quando o assunto são os planos da marca em médio e em longo prazo, Jerke ressalta como um deles a expansão. “Expandir ainda mais para aumentar nosso market share, liderar e se tornar referência neste nicho de mercado. Além disso, queremos atingir a expertise e know-how para desenvolver outros modelos de franquia. A previsão é que ainda no primeiro semestre de 2021 serão mais de 150 unidades Calzoon em 24 estados do Brasil, por isso, acreditamos que estamos no caminho certo”, diz ele, que também fala sobre como se destacar no mercado. “Para se destacar no mercado de calzones, é importante construir e manter a comunicação e o merchandising da rede sempre atual tem funcionado bem. Além disso, manter uma linguagem alinhada com seus clientes, seguindo tendências e oportunidades de mercado e o mais importante, sempre entregando valor de marca através de uma boa experiência de consumo”, pontua.

Uma boa gestão do negócio, por sua vez, é apontada pelo CEO como um dos fatores que devem ser priorizados para garantir a qualidade de um estabelecimento. “Para garantir a qualidade de um estabelecimento é imprescindível manter uma boa gestão do negócio no âmbito administrativo e financeiro, estabelecer de forma clara e objetiva as estratégias e metas de crescimento da empresa e colocar em prática as ações para alcançar esses objetivos. Na parte de atendimento, é importante prezar por uma boa relação com os clientes, seguir rigorosamente os processos estabelecidos e manter constantemente um padrão de qualidade dos produtos, organização e higiene do estabelecimento”, afirma.

“Investir em franquias pode se tornar um grande desafio quando o franqueado não quer vivenciar a experiência e oportunidade de mercado que a franqueadora está vendendo. Por outro lado, se o franqueado comprar a ideia e o valor que a marca quer entregar ao mercado, tudo acaba fluindo de forma mais fácil e tranquila no dia a dia dentro da operação”, finaliza.

Calzoon
www.calzoon.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 + 16 =