Cafeterias esperam crescimento no próximo ano

Apesar do baixo desempenho da economia brasileira, as redes de cafeterias comemoram o bom resultado do setor esse ano e projetam alta de 15% para 2015.

0

Algumas empresas, como a Grão Espresso, preveem a internacionalização no próximo ano.”Tivemos um ano muito positivo. Em 2015 vamos abrir nossas primeiras operações na Europa e Estados Unidos”, conta o gerente da Grão Espresso, Bruno Boomerang.

O executivo conta que além de alguns países serem menos burocráticos em relação a impostos, tem mais demanda pelo segmento pela quantidade de turistas que recebe, como é o caso de Espanha e Portugal.São locais onde o consumo de café é muito forte. Além disso, o mercado está pouco consolidado”, afirma.

Outra marca que já começou o planejamento no próximo ano é a Master Blanders, detentora das marcas Café Pilão e Casa do Ponto. A empresa tem projeção de chegar a 250 lojas das duas redes em até quatro anos.”Temos ouvido que a indústria está se aproximado do varejo. Contudo, começamos a fazer isso em 1976 com a Café do Ponto”, destaca sócio diretor da Franpac, empresa que administra as franquias da rede, André Friedhein.

O diretor de marketing da Master Blenders,Ricardo Souza, conta que o bom desempenho das cafeterias está associado com o crescimento da alimentação fora do lar. De acordo com ele, a empresa já tem buscado lugares alternativos como livrarias,lojas de construção e universidades para comercializar seus produtos.

A rede Fran’s Café, com 150 lojas, a previsão de crescimento é acima de 10%, conforme o sócio diretor da rede, José Henrique Ramos Ribeiro.”Todos achavam que o Brasil iria parar na Copa, mas só entrou em crise quem apostava nisso”, conta.

A previsão para o próximo ano é abrir 30 novas lojas e, segundo o empresário, chegar a 200 unidades em 2016.

Fonte: Diário do Comercio e Indústria (DCI)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × 1 =