Buon appetito

A Bruschetta, receita italiana, mostra sua força e potencial no Brasil

0

A Bruschetta, conhecida como um prato italiano de entrada, ganhou espaço dentro dos restaurantes brasileiros. A receita é formada por pão torrado, azeite e um recheio específico, que varia de acordo com cada receita. A palavra “bruscato” significa tostado. Já a bruschetta vem em referência à palavra, levando em consideração a torrada que dá origem ao prato.
Acredita-se que a bruschetta tenha surgido há tempos mais remotos, quando italianos criaram a receita para aproveitar o pão que seria jogado fora. O resultado foi uma bela quantia de pão rústico, coberto com uma camada de recheio – que se popularizou em todo o mundo, principalmente em países de influência italiana.

Embora não haja certeza sobre a origem desse produto, fato é que a bruschetta surgiu apenas para aproveitar um dos alimentos mais conhecidos ao redor do mundo: o pão. Com o toque de ingredientes italianos, a receita foi ganhando vida até chega ao patamar que conhecemos hoje.

Os tipos de recheios costumam variar, em decorrência das regiões onde estão sendo produzidas. Muitas pessoas comparam o prato com a pizza, já que suas receitas se assimilam.

Bruschetta Brasil

No Brasil, essa receita ganhou força, sobretudo em restaurantes italianos. A Bruschetta d’Italia, localizada no Paraná, é um dos exemplos de estabelecimentos que oferecem esse item.

Com um buffet apenas de bruschettas, o restaurante acredita no potencial desse prato para o crescimento da empresa. “A escolha por bruschettas foi pelo fato de ser uma comida prática, elegante e muito saborosa, que harmoniza bem com vinhos e cervejas artesanais e combina com o inverno. Além disso, verificamos que não havia empresa especializada em bruschettas em Curitiba, então decidimos inovar e trazer esse novo conceito gastronômico para a cidade. Um dos sócios da Bruschetta d’Italia é nascido em Roma, o que nos ajudou a entender e explorar a gastronomia italiana. Temos a bruschetta como carro-chefe, mas ainda oferecemos opções de salada, massas e doces italianos”, explica Cláudio Jucksch Costa, sócio do restaurante.

Por ser um dos únicos estabelecimentos especializados em bruschettas, o Bruschetta d’Italia faz bastante sucesso. De acordo com o sócio, a procura vem aumentando com o passar do tempo.

“A demanda é muito boa e crescente. Na realidade, muitas pessoas ainda não conhecem o produto, mas quem conhece ou experimenta gosta muito e sempre volta a consumir. A Bruschetta d’Italia busca difundir a cultura de comer bruschettas. Na Itália, em qualquer lugar que você vá, você encontrará o produto, que é um tradicional antipasto consumido no país desde a Antiguidade”, explica Cláudio.

bruschetta
Os sócios Claudio Jucksch Costa, Bernardo Santos Calle e Lorenzo Laurindo De Souza Netto resolveram homenagear a bruschetta, prato italiano, ao criarem o restaurante Bruschetta d’Italia

Diferenças

Assim como as pizzas, as bruschettas possuem sabores diferentes. “A diferença entre as bruschettas ofereceidas está no tipo do pão e no sabor do recheio. Os pães mais indicados são o tradicional italiano, o toscano, o pugliese, o ciabatta e algumas derivações destes. A qualidade do pão é determinante para se ter uma bruschetta de qualidade”, explica.

Outra grande diferença está no recheio. De acordo com Cláudio, a bruschetta tradicional leva molho pomodoro, com uma base de tomate, manjericão, alho e azeite de oliva. Ele explica que alguns podem ser servidos frios ou quentes, além de depender da criatividade de quem monta os pratos. Em alguns lugares, por exemplo, existem bruschettas com o recheio doce.

Cardápio

“Pelo fato de as bruschettas terem diversas opções de preparo, algum país ou região pode criar ou adaptar um sabor de acordo com os costumes e a cultura local, mas as receitas clássicas são genuinamente italianas. A Bruschetta d’Italia, por exemplo, criou uma bruschetta de abóbora com carne seca e cheiro verde inspirada na cultura brasileira”, explica Cláudio.

De acordo com o sócio, os cuidados acontecem também na hora de escolher os ingredientes usados na bruschetta. Alguns deles, como o azeite de oliva, presunto de parma e muçarela de búfala têm origem italiana. Ele explica que há produtos de excelente qualidade encontrados no Brasil, como os pães de São Paulo.

“Priorizamos os produtos orgânicos e regionais, porém, quando um produto local ou nacional não nos oferece a qualidade necessária, trabalhamos com produtos importados para garantir a melhor qualidade da bruschetta”, relata.

Público

O público-alvo desse restaurante inclui pessoas com idade entre 20 e 60 anos, de ambos os sexos, de classe média alta. De acordo com Cláudio, os clientes costumam se preocupar com a responsabilidade social e ambiental, o que vem sendo acompanhado pela empresa.
“Geralmente, são pessoas que possuem um paladar apurado e que apreciam uma boa bebida. Além disso, são pessoas que se preocupam com a sustentabilidade, que é uma característica marcante da Bruschetta d’Italia, que se inspira em conceitos como o Slow Food e Ecogastronomia”, explica.

Para acompanhar uma boa bruschetta, alguns clientes pedem bebidas para harmonizar com o sabor do prato. “A Bruschetta clássica não tem como não ser associada a um bom vinho.
Definitivamente, foram feitos um para o outro. O vinho é a bebida que melhor harmoniza com uma bruschetta. O tipo do vinho e da uva influencia diretamente na escolha do sabor da bruschetta, e vice-versa. Via de regra, sabores mais marcantes e acentuados exigem um vinho mais encorpado, e sabores mais leves pedem um vinho mais suave. As cervejas artesanais com diferentes corpos, sabores e características também casam muito bem com uma bruschetta”, explica Cláudio.

Opções

Localizado no Rio de Janeiro, o Prima Bruschetteria oferece algumas opções da gastronomia italiana. Assim como a tradicional bruschetta, o restaurante tem massas, doces, saladas e paninis para os clientes aproveitarem.

Para acompanhar os pratos italianos, o restaurante também oferece bebidas, como os tradicionais vinhos. Além de ir visitar o Prima, também é possível levar seus pratos até o evento que se está organizando. Isso porque o restaurante oferece o serviço, com as tradicionais ilhas de bruschettas ou jantares completos, conforme a encomenda.
De acordo com o site do restaurante, o Prima Bruschettaria surgiu como uma homenagem às bruschettas.

Piola

Outro restaurante, também de culinária italiana, que possui bruschettas, é o Piola. Presente em onze países, o restaurante foi fundado no ano de 1986, em Treviso. No Brasil, o Piola tem sede no Jardins, em São Paulo, com mais treze franquias nas cidades de Campinas, Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba, São Bernardo do Campo e Rio de Janeiro.

Entre as entradas mais pedidas no Piola, ganha-se destaque a Bruschetta e o Crostoni, uma torradinha de carpaccio, gorgonzola, salame picante italiano, queijo brie e muçarela de búfala com presunto cru italiano.

A casa também possui variações em sobremesas, além de receitas tradicionais da Itália, como o profiteroles e tiramisu. Outras opções de pratos também são oferecidos pelo Piola, seguindo o conceito da culinária italiana.

O cuidado com a sustentabilidade é um dos preceitos da empresa, que segue o Piola Green Revolution. Esse projeto faz com que o restaurante tenha mais cuidado na hora de escolher os fornecedores, priorizando produtos naturais e reciclados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

catorze − 2 =