Brasileiros abrem loja especializada em sanduíche de sorvete

0

Por Redação FSN – 1º de agosto de 2014

Após realizar uma viagem para os Estados Unidos, onde experimentaram – e gostaram – de uma combinação de sorvete com cookies, dois brasileiros resolveram apostar na ideia e abrir uma loja de sanduíche de sorvete no Brasil. Foi assim que surgiu a primeira unidade da Cookie’n Ice, que está localizada em São Paulo.

Segundo conta Giovani Georgetti, fundador da Cookie’n Ice, a aposta veio por acreditar que o alimento cairia no gosto dos brasileiros. “Em 2011 fiz uma viagem com o meu amigo Ricardo, que hojeé meu sócio, e experimentamos essa sobremesa na Califórnia, nos Estados Unidos, e gostamos muito. Achamos que tinha tudo a ver, os cookies estavam crescendo muito no Brasil, as pessoas estavam conhecendo mais os cookies, e pensamos que uma loja de sanduíche de sorvete no Brasil poderia dar certo. Levou uns 2, 3 anos até tomarmos a decisão de abrirmos a loja, então me juntei com outra sócia para criarmos a Cookie’n Ice”, relembra.

A loja vende sorvete e cookies, além da combinação de ambos. Ao todo, são 11 tipos de cookies e 12 sabores de sorvete, o que confere uma ampla possibilidade de combinações.

“O sanduíche é o que tem mais saída. O pessoal gosta muito de morder um pedaço de cookie com um pouco de sorvete, fica uma combinação muito gostosa e tem sido um sucesso. Acredito que mais para frente as pessoas passarão a conhecer mais ainda o sanduíche de sorvete”, afirma Georgetti.

O fundador da marca ainda conta que o investimento médio para abrir a primeira unidade da Cookie’n Ice foi de R$ 170 mil, e, em um final de semana, são comercializados cerca de 700 sanduíches. Para este ano, o trio espera passar a produzir o sorvete por conta própria e abrir sua segunda unidade.

Giovani Georgetti ainda aponta que a interatividade dos clientes por meio das redes sociais é um fator que auxilia na divulgação da marca. “Acredito que o fator mais importante é de que nas redes sociais as coisas se espalham com mais facilidade. As pessoas tiram fotos e postam a combinação que criaram para poder servir de exemplo para as próximas pessoas”, afirma.

O tíquete médio do local é R$ 15,00 e a Cookie’n Ice já recebeu 15 propostas para abrir franquias. Entretanto, os fundadores preferem manter a cautela. “Cada um de nos quer ter uma loja própria, mas precisamos nos adaptar para depois franquear”, garante Georgetti.

cookie2

Fonte: PEGN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × três =